PplWare Mobile

Linux: Como aumentar a velocidade de acesso à Internet?


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Lucas says:

    Basta escrever o endereço …..

  2. PFerreira98 says:

    Alguém sabe dizer mais ou menos as diferenças de velocidade utilizando endereços openDNS e endereços google?

  3. Rui says:

    Não sei porque sugerem alterar os servidores de DNS para os do Google.
    Os fornecidos pelos ISPs nacionais são consideravelmente mais rápidos..

  4. irlm says:

    Podem dizer como alterar funções avançadas about:config do firefox.

  5. Manuel Silva says:

    Linux? Porquê Linux? Isso não é exclusivo do Linux… No Windows também é possível fazer essas alterações! Mesmo o MTU pode ser alterado com o TCP Optimizer. http://www.speedguide.net/downloads.php

    Talvez usar o Google: linux sysctl tcp tuning

    Nota: Com máquinas virtuais semelhantes nunca consegui que o Ubuntu fosse mais rápido que o OSX em comunicações de rede com IPv4… Fica o desafio…

    • Toto magnifico says:

      Tu querias que o tutorial fosse para as duas distros, Linux e Windows?
      Como irias digitar comando para terminal num CMD?

      • Manuel Silva says:

        Tens razão… Se calhar não olhei para o título… “Linux…” (leia-se Ubuntu e semelhantes…)

        No Windows também se encontra o MTU ideal com:

        ping pplware.com -f -l 1472
        netsh ipv4 ser subinterface “Ethernet” mtu=1500 store=persistent

        Ao MTU encontrado deve ser adicionado 28 bytes (packet header).

        Os nomes das interfaces de rede e MTU vêem-se com:

        netsh interface ipv4 show subinterfaces

        Para alterar o MTU nas interfaces IPv6 é só trocar nos 2 comandos o “ipv4” por “ipv6”.

        Mas tens razão… O artigo era sobre Ubuntu.

        Os buffers também ajudam muito no linux…

        • Manuel Silva says:

          A correção ortográfica alterou: “netsh interface ipv4 set interface…” para “netsh interface ipv4 SER interface…”

          SER ou não SER… Não! É mesmo “set” 😉

  6. nope says:

    Por momentos pensei que iam alterar e recompilar o módulo da placa de rede …

    • YaBa says:

      É a vantagem. Imagina que o driver tem um bug, em sistemas fechados aguentas a bronca e esperas que se dignem a mandar para fora uma correcção, em sistemas abertos, ou corriges tu, ou provavelmente já alguém deu pelo erro e corrige.

  7. David.pt says:

    Thanks pplware

  8. sakura says:

    em windows 10 ……. ja agora pq o meu trafego vai para ai………
    あbigreply.gen6.tecnico.ulisboa.pt timed out after none of the configured DNS servers responded.あ (event sys win10.) , como no Linux nao faco monitiriczao nao tenho ideia, de todas as formas a velocidade da minha net esta OK.

  9. Paulo says:

    O método de determinar o MTU está errado. No ping põe-se o tamanho dos dados no pacote ICMP. Depois é preciso acrescentar o cabeçalho ICMP e o IP. O cabeçalho IP são 20 bytes. O cabeçalho ICMP são 8 bytes em Windows ou 16 bytes em Linux. O MTU é na camada 2 e para Ethernet são 1500 bytes. 1500-20-8=1472.

  10. Paulo Henrique says:

    Ë recomendável NUNCA usar os DNS americanos, depois que a NSA começou a ser divulgada a espionagem.

    Sempre recomendo o uso de DNS brasileiros, como o terra: 200.176.2.10 e 200.176.2.12, por exemplo.

    Fica a dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.