PplWare Mobile

Já pode solicitar o subsídio de parentalidade online


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Hugo Nabais says:

    Há aqui algum equívoco pois isto Não é nenhuma novidade! Fiz isso há quase 3 anos para mim e para minha esposa.
    Tratei de tudo pelo portal da segurança social e obtive os subsídios sem qualquer deslocação física.

    • BrunoM says:

      Pois, a minha mais velha tem 7 anos e já dava na altura para fazer apesar de ter feito fisicamente, a noticia devia ser sim que é preferivel fazer online pois é mais rápido todo o processo com a mais nova que tem três anos fiz fisicamente depois de quase dois meses sem noticias foi na próprias SS recomendaram fazer online e foi logo tudo rapidissimo.

    • Rui Santos says:

      O mesmo por aqui, daqui a pouco vai o miúdo para a escola…

      Descobertas/Novidades pplolware

  2. Mike says:

    Quem ler o título até pensa que é algo de novo.
    Já se consegue fazer isso há pelo menos 5 anos (falo por experiência própria)

  3. pp24x7 says:

    Idem!
    Está notícia está pelo menos 3 anos atrasada

  4. Pedro Santos says:

    Eu não sabia, obrigado pela dica!!

  5. Rui says:

    O pior mesmo é o valor que se recebe. Para apurar o valor usam 180 dias e depois só se recebe em relação aos dias úteis!

    • Woot! says:

      Acho que estás a fazer uma grande confusão.

      Não percebi a lógica. O valor que recebes é sempre superior ao teu ordenado normal de quando trabalhas. É pior em que?

      Os 180 dias é que não são pagos a 100%, isso deve ser o que te estás a referir. Mas isso está escrito em todo o lado, quer tenhas escolhido essa modalidade por necessidade ou por que quiseste, teoricamente, à partida já sabias que não te iam pagar a totalidade.

      Eu e a minha esposa tiramos 120+30 e recebemos a 100% (convem dizer que quase o dobro do que recebia enquanto trabalhava). Em nada foi pior.

  6. Hugo Ferreira says:

    Isto realmente não é novidade nenhuma, MAS…

    Vale a pena salientar que o pedido deverá ser feito 1º para a mãe e só depois para o pai. Caso contrário, o sistema não reconhece nada e têm de se deslocar e fazer tudo de novo. (Experiência própria).

  7. Ricardo Rodrigues says:

    Já o fiz há seis anos atrás…

  8. Rui Daniro says:

    PPLWARE vcs tem estado fortes nos tiros ao lado.
    VPN para o mundial de rugby, subsidio de parentalidade da SS….estão fortes!!

  9. Woot! says:

    6 anos atrasada esta notícia…pelo menos!!!!
    Qual foi a ideia???

  10. Rosa Maria says:

    Boas tardes, venho a informar que efetivamente já dava para fazer o registo no site. No entanto, foi feita uma nova versão, mais intutitiva e simples 🙂

  11. JM says:

    tudo bem é uma novidade velha ou uma velha novidade mas no entanto nao é como esta escrito e dito, a teoria e o pensamento esta la e muito bem, na realidade ha um procedimento que tem de ser feito caso contrario teram de conviver com umas idas a SS e esperar para receber.

    1º a mae da criança terá de tratar de todo o seu processo ! ^
    2º Verificar que o da mae da criança esta submetido
    3º tratar do proceço do Pai

    Caso nao siga estre tramitos tera de ir a SS dar entrada dos papeis da mae com a data inicial e data final e teram de ser aceites pela SS, se a pessoa for atenciosa tratara dos dados do pai no memo tempo se nao terá de voltar posteriormente para tratar dos dados do pai, todo este processo podera demorar cerca de 1 mes porque vai ser submetido para os serviços regioanis , será recebido uma carta na morada a dizer que os tempos do pai nao foram aprovados posteriormente a isso sera sumetido do pai, e sera recebida uma carta com a aprovaçao e depois passado alguns dias poderá receber no proximo dia 15 do mes seguinte o valor.

    portanto é uma evoluçao sem duvida mas como qualquer jogo tem as suas regras escondidas tipo o UNO.

    • Woot! says:

      Não é possível fazer o do pai sem fazer o da mãe, da erro.
      Mas acho que faz todo o sentido fazer o da mãe primeiro, a licença é partilhada sendo que a mãe é que é a beneficiária e o pai leva o “bonus”.

      • JM says:

        nao nao da erro! eu fiz sem problemas!

        Sao filtros independentes e se pensarmos em logica de programaçao será muito dificil mas será um grande passo

        Cada um tem a autonimia para indicar o que quer ficará é por validar pelos serviços da SS, erro nao pode dar quando é submetido tem de avançar !

        Numa questao de maior inteligencia seria no ato perfilaçao no hospital/registo quando o pai e a mae dao o nome que vai fazer desputar um evento de registo de uma pessoa que fica adjacente a duas pessoas automaticamente deveria aparecer como dependente direto na SS de cada um e assim ja poderia ser submetido uma previsao dos dias pelo pai e posteriormente pela mae com um processo de marge, por exemplo

        isto seria uma otima idea e aplicar a muitos mais serviços o cruzamento de dado que ja existe simplificava e agelizava

        • Woot! says:

          Caro JM se eu disse que deu erro é porque cai na mesma asneira o ano passado e tentei submeter primeiro o meu e não conseguia fazê-lo.

          Não me lembro do erro específico em termos de texto mas indicava que tinha de iniciar o da mãe primeiro porque não havia nenhuma licença aberta para a progenitora.

          Eu entendi a mensagem e fiz a submissão com o dela primeiro e depois já consegui fazer o meu. Por isso sim. DA ERRO!

          Se quando fizeste não deu erro ou foi bug ou eu fiz numa altura posterior a ti na qual o erro já era validado.

          • JM says:

            fiz faz segunda feira 3 mese e nao me deu nenhum erro so informa que esta a ser analisado, mas nao vou mais teimar com isso a mim nao deu a si deu é como tudo na vida o sol quando nasce nao é para todos porque no hemisferio norte é de uma maneira no hemisferio sul é outra e toda a ramboia no equador.

        • Woot! says:

          Olha, então não sei…é daquelas coisas informáticas 🙂

          A mim de facto não me deixou avançar e ainda bem.

  12. Eu says:

    Pois, pois… Grande novidade 😀
    Desde o nascimento do meu primeiro filho em 2007 que sempre usei a Segurança Social Directa (online) para tratar de todos esses assuntos! Nunca lá fui fisicamente aos serviços.
    A novidade será a forma mais simples de o fazer, mas tudo isso já era possível fazer nessa altura.
    Poderia ser outro o método, com upload de ficheiros, mas funcionava e isso é que vale.

  13. Ricardo says:

    Boa noite e se o pai estiver desempregado?

    • Woot! says:

      Não tem qualquer problema, tem o mesmo direito. A única diferença é que o pagamento do subsidio de desemprego suspende-se durante o periodo de licença e passas a receber o valor da licença em vez do valor do susbidio de desemprego.

    • JM says:

      e desde que cumpra o procedimento como eu digo em cima nao ha problema

  14. Ricardo says:

    No meu caso desempregado como fazem as estimativas de quando vou receber? Como é que são feitas essas contas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.