Quantcast
PplWare Mobile

Firefox 21 está por horas e já se pode aceder no FTP da Mozilla

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Ricardo says:

    Adoro o FF. É o meu navegador de eleição. Mas já enjoa a nova política de actualizações…

    • Pedro Reis says:

      Qual é o problema? Nem notas que ele actualiza muitas das vezes. E se não fosse assim nunca conseguiria acompanhar o Chrome que tem vindo a evoluir bastante. O FF está a ir por um bom caminho e está cada vez melhor! Se o sync funcionasse tão bem como o do Chrome iria ser sem duvida o meu browser de eleição.

      Cumps

      • Carlos says:

        Desconfio que o problema é o mesmo que com o Chrome, há assim tantas diferenças entre o 20 e o 21 que justifiquem uma *nova* versão?

        • Pedro A. says:

          Qual a diferença de ser v20 e v21 ou v20.0 e v20.1 (por exemplo)?
          O Google faz o mesmo com o Chrome…

          • SexOnaSal says:

            a diferença que o melhor que tive da FF foi o ffv3

            e quanto mais afasta dele, pior é…

            A cada primeira utilizaçao (quando ligo pc) aquilo bloqueia sempre (SEMPRE!) Tenho mexido no Opera, e não acontece isso, tou a pensar mudar e usar chrome e opera..

            E a diferença de ser v20 e v21 ou v20.1 é a imagem que passam aos utilizadores… A que me passam é a que fazem à dúzia.. se me falassem que iam na v20.5 v20.6 etc e depois fossem para a v21 seria de esperar uma grande mudança, em melhoria, e diferenças do anterior..

            A mudar o número inteiro é como se mudar um “acento” numa palavra do menu fosse justificação para acrescentar uma nova versão..

        • asd says:

          Eu diria ao contrário: É assim tão incómodo instalar uma atualização que não justifica lançar algo que melhora o browser?

    • Brgg says:

      para velocidade e separadores não há como o Maxthon …

  2. Rui Brito says:

    Já é possível fazer atualização através do método normal em ambiente OSX

  3. Luiz says:

    Muito boa essa atualização 😀

  4. Luiz says:

    Eu fiz a atualização e já está disponilizado pelo browser.

  5. arkan says:

    ja esta aqui as 11:48 14/05/2013.
    Via atualizaçao….
    firefox 21

  6. Alucard says:

    Não vou perder muito tempo a criticar ponto por ponto o teu queixume, só digo uma coisa: O Firefox, ao contrário do que afirmas tem grupos de separadores, aliás ainda não vi um navegador implementar melhor esta função que o FF.

    O Firefox continua a ser o meu navegador de eleição desde a versão 2.0 e enquanto é verdade que a nova numeração e calendário de lançamentos seja uma colagem ao Chrome e a uma ideia um pouco idiota, não me parece causar transtorno nem aos utilizadores nem aos programadores. É falso que a esmagadora maioria das extensões tenha de ser reescrita a cada versão.

  7. Eu sou contra a politica de atualizações do Firefox

    Daqui a pouco tempo está na versão 5424

    Gostava mais da politica anterior de atualizações.

    Cumprimentos
    César Oliveira

    • Pedro A. says:

      Sim, sim, principalmente quando demoraram anos a lançar a versão 4 e saiu a bela mer** que se viu… Pelo menos agora têm evoluído muito mais rapidamente, e vão lançando as novidades quando estão prontas em vez de juntar muita coisa no mesmo saco mas demorarem muito tempo para lançar.

      • SexOnaSal says:

        E não podem actualizar e colocar um “.1”, v20.4 etc? é preciso ser um v21 ? é assim tão diferente do v20 ?

        são apenas exemplos..

        • Paulo Ramalho says:

          E qual é o problema de ser “21” e não “20.1”? Francamente… Está no sangue das pessoas reclamarem por tudo e por nada…

  8. Nosferatu Arucard says:

    Testado quer a versão Linux ou a versão Windows do Firefox 21 sobre o Wine (lol).
    Estou a usar os dois sistemas porque no Ubuntu optei por remover o Flash Player que já não será mais actualizado (salvo os patches de segurança) e mudei para o LightSpark/Gnash que são uma implementação open-source do Flash Player, e isto já resolve 90% dos casos, especialmente o Youtube que funciona bem em HTML5 ou o LightSpark para os vídeos em Flash.
    Apesar disso ainda tenho alguns casos dos quais a implementação do LightSpark não é suficiente para determinados sites, e passarei a usar o Firefox sobre o Wine (usando o PlayonLinux) para estes casos.

  9. jedi says:

    ja tou a sakar como o André Brito disse. espero que tenham resolvido o problema que existia com os player flash que falhava o som a meio da reprodução.

  10. Luís says:

    Não sei porquê mas antes sempre que fechava o firefox com mais que uma tab aberta, tinha o firefox configurado para perguntar se queria guardar as tabs para abrirem na próxima vez que usasse o firefox. Desde à uns tempos atrás essa mensagem deixou de aparecer e se eu fechar o firefox com mais que uma tab aberta não pergunta mas guarda as tabs pois elas aparecem quando volto a abrir o firefox. Houve alguma alteração do firefox que levou a esse comportamento ou é o meu firefox que se está a passar dos carretos?

    • Tripov says:

      Deve ser o teu que está “passadinho” 🙂

      Escreve about:config na barra de endereço e procura por

      browser.showQuitWarning

      Muda o valor para true

      • Luís says:

        Esse comando já conheço e já está como true. E mesmo em “safe mode” tem o mesmo comportamento. Um dia destes faço reset que ele vai logo ao sítio. Obrigado na mesma pela dica 😉

  11. andre says:

    Eu cá prefiro Chrome! Sabes xd

    Já tive a fazer um comparativo, e apenas uma aba do facebook aberta no google chrome gasta 160mb ram, e no firefox quase 200!

  12. Tripov says:

    Atualizado no meu Linux Mint 14. O Chrome é um browser bem bom (e continuo-o a utilizar por vezes nalgumas situações) e rápido, mas continuo adepto do Firefox (mas não fanboy).

  13. Rui Pereira says:

    Já não era sem tempo uma melhoria 🙂 melhor ainda para o linux

  14. fornost says:

    ainda prefiro o FF ao chrome (mas tenho os 2 no PC). Será que esse DNT funciona?? não entendi bem

  15. Uma questão para quem usa FF em linux (principalmente em portateis mais velhotes): o FF não está cada vez mais lento? ou será apenhas impreão?

  16. Paulo Ramalho says:

    Se atualizam os browsers, as pessoas reclamam por estarem sempre a atualizar. Se não atualizam reclamam por não atualizarem. As pessoas nunca estão satisfeitas com nada. Parecem do “contra”. Francamente… Acho muito bem que as aplicações sejam atualizadas com assiduidade. Melhorar a performance, estabilidade e segurança. Não custa nada. Não vejo onde esteja o problema, bem pelo contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.