Quantcast
PplWare Mobile

Apresentado Metabones Speed Booster Canon EF para M4/3

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Modem says:

    Eu fiquei na mesma…
    Dado que este blog não é um blog de fotografia, podiam ao menos dar uma breve explicação de alguns dos conceitos aqui introduzidos, como speed booster, stop de luz e crop factor.

    • Tobias says:

      Penso exactamente como tu, mas já estou a ver a resposta de alguns espertinhos: “se não sabes o que é, é porque não precisas”!

    • Rui says:

      O crop factor tem a ver com o seguinte:
      A medida padrão na fotografia são os 35mm (CF=diag35mm / diagsensor), que é a medida padrão utilizada na fotografia. Actualmente as máquinas fotográficas de 35mm chamamos de Full Frame, mas a maioria das máquinas são cropadas, ou seja, têem um sensor mais pequeno que uma Full Frame, porque têem um sensor mais pequeno que uma Full Frame.
      Vê o exemplo: http://digital-photography-school.com/full-frame-sensor-vs-crop-sensor-which-is-right-for-you/
      Uma Full Frame tem um campo de visão muito maior, a cropada por sua vez amplia as fotos na razão inversa do seu sensor. Full Frame de 100mm => Temos 100 x 1 = 100mm
      Cropada em x1,6 => Temos 100 x 1,6 = 160mm
      Resumindo, uma cropada amplia uma imagem automaticamente, utilizando a mesma objectiva em comparação com a Full Frame.

      • Pedro Fonseca says:

        Gostaria de acrescentar que as dimensões diagonais do Full Frame (36x24mm) é de 43,3mm. Mas como este valor também varia de fabricante para fabricante, se quiser-mos ser exactos temos que saber as medidas exactas do sensor da câmara em questão. No caso da Canon todas as suas FF actuais têm L36xA24mm a Nikon também mas há umas com irrelevantes variações (Ex.: 4Ds tem 36×23,9mm a D810 tem 35,9x24mm a Df 36×23,9mm, etc…). No caso da Sony são todos da mesma dimensão (Ex.: A7, A99, RX1, etc… têm 35,8×23,9mm.) Pormenores. 😀

    • Rui says:

      Stop de luz tem a ver com a abertura do diafragma da máquina, quanto mais baixo o valor mais luz deixa entrar, quanto mais alto, menos luz deixa entrar.
      http://en.wikipedia.org/wiki/Diaphragm_%28optics%29

      Exemplos de aberturas:
      http://www.thewebfoto.com/2-hacer-fotos/202-apertura-de-diafragma

    • Marisa Pinto says:

      Não é um blog de fotografia em específico, é um site de tecnologia no geral 🙂

      Penso que, quem tem interesse nestes equipamentos tem esse conhecimento, mas o que não percebeste em concreto para que te possamos explicar?

      Cumps,

    • JOAO ALVES says:

      basicamente e o seguinte, o que da mais valor a uma lente e os stop’s, uma lente com 1.8 pode custar ai uns 200 ou mais € dependendo da da distancia que pode focar ou zoom…. uma lente com o spot a 1.4 custa 1000€ ou mais…
      logo em certos casos compensa comprar este assesorio….

    • Pedro Fonseca says:

      Modem, tudo o que o foi dito pelo Rui era o que eu poderia dizer. (Agradecido, Rui.) Ainda te resta alguma dúvida?
      Eu conto abordar estes e outros temas sobre fotografia, duma forma algo leve, para o público em geral, e só para dar as noções básicas. Cabe a cada um, caso tenha interesse no tema, pesquisar e aprofundar sobre cada tema que tenha dúvidas/curiosidade. O PPLWARE ainda não tem muita informação sobre fotografia mas já tem alguns temas abordados. Podes começar por aqui: https://pplware.sapo.pt/category/multimedia-2/imagem/fotografia/

    • Pedro Fonseca says:

      Já agora, faltou falar o que é o “Speed Booster”.
      A função dum Speed Booster é, com uma lente, concentrar a luz numa área menor. Usando o exemplo do artigo, as objectivas EF foram desenhadas para uso em sensores Full Frame (36x24mm) e ao concentrar a luz numa área menor, conseguimos obter mais luz, neste caso mais 1 stop de luz, num sensor de dimensões menores. No caso dos 4/3 ( é 2x menor em diagonal que o Full Frame.
      O termo Speed está relacionado com a luz, pois ao teres mais luz precisas de menos tempo de exposição para uma exposição correcta, podendo usar velocidades de obturador mais rápido que por sua vez ajuda a congelar melhor a acção.

  2. Filipe Pereira says:

    “Imagine poder usufruir de uma Canon EF 200-400mm f/4L IS USM Extender 1.4x , ficaria com uma objectiva equivalente a 35mm, com 560-1120mm f/2.8 (crop factor de 2x + 1.4x do extensor da objectiva + -1 stop de luz).”
    Enganaram-se nas contas: crop factor de 2x + 1.4x do extensor da objectiva + 0.71x do speedbooster – 1 stop de luz = 397.6-795.2mm f/2.8
    😉

    • Pedro Fonseca says:

      Ups… Tens toda a razão, as contas estão mal porque me esqueci de colocar o “wide” que a lente provoca (0,71x).

      • Pedro Fonseca says:

        Mesmo assim, o exemplo que dei não é o melhor pois essa objectiva não consta da lista de objectivas testadas pela Metabones. Mas também não quer dizer que não funcione. Vou tentar estar mais atento para os próximos artigos.

  3. srmartinho says:

    Mounted between a mirrorless camera and a SLR lens, Speed Booster® increases maximum aperture by 1 stop (hence its name), increases MTF and makes lens wider by a factor of 0.71x. Optics designed by Caldwell Photographic in the USA (patent pending).

  4. Miguel says:

    Por acaso do que li desse adaptador, tinha ficado com a ideia que reduzia o crop de 2x para 1.4x, logo a Canon EF 200-400 seria equivalente em formato 35mm a uma 280-560mm. Vou investigar isso 🙂

  5. Blasterjack says:

    Por esse preço não se ficava a ganhar mais com a objectiva equivalente?

    • Pedro Fonseca says:

      Boa pergunta Blasterjack. A questão é que, devido à conversão, nunca ficas com valores comparáveis. É por isso que este tipo de lente, mesmo custando $600 pode interessar para algumas pessoas.
      Posso dar um exemplo. Imagina que compras uma Canon EF 50mm f/1.8 (94€) fazendo as contas de conversão ficavas com uma 35,5mm f/1.3. Ora, nem há objectivas com 35,5mm muito menos com f/1.3. Agora, se procurasses uma objectiva com um “field of view” perto dos 35mm e procuras um Bokeh suave, pode ser que o preço do Speed Booster da Metabones se justifique.

  6. JoseM says:

    Muito interessante.
    Tenho uma DMC-G3 e uso outros “adaptadores” para lentes da Nikon e Canon, mas o preço é muito menor, também porque todos os ajustes na camera são manuais.

    • Pedro Fonseca says:

      O que o JoseM tem é, corrija-me se eu estiver enganado, um adaptador só, é por isso mesmo que é bem mais mais barato que este adaptador com SpeedBooster da Metabones. Normalmente este tipo de adaptadores simples rondam os 35 a 50€. Eu também tenho uns quantos adaptadores que só fazem a ligação mecânica das objectivas ao corpo, não havendo nenhuma electrónica entre objectiva e corpo. O que nos obriga a ter que trabalhar com a câmara (no meu caso a OM-D E-M5) totalmente em modo Manual, e se a objectiva não tiver opção manual de controlo de diafragma, somos obrigados a trabalhar com o diafragma todo aberto. No caso da Metabones eles têm adaptador com electrónica preparada para usar-mos as objectivas no seu todo, com AF e controlo de abertura de diagragma, etc. O adaptador que se fala no artigo é a versão adatador com AF + Speedbooster… o que a torna ainda mais caro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.