PplWare Mobile

Apple: Que novidades se esperam?


Autor: Tiago Dias


  1. RicardoResende says:

    Aquela de Transformar um ipod no iPhone é uma treta, pelos os vistos não funciona.
    As vezes não se recebe chamadas/mensagens como algumas nunca são entregues.

    • Tiago Dias says:

      Acho que a maior vantagem da “transformação” não seria transformar o iPod Touch num telemóvel, mas sim num aparelho com acesso à internet em todo o lado, por 3G. As chamadas/mensagens ficam para um telemóvel “a sério”.

      • Luis says:

        Oh, mas ter 3G e não dar para fazer chamadas é mesmo -.-

        • Tiago Dias says:

          Uma pequena correcção na tua frase:

          “Oh, ter 3G, mesmo sem dar para fazer chamadas, é mesmo BOM”

          Para mim ter internet no iPod em todo o lado é mesmo a única coisa que falta a este dispositivo. Acho mais importante até que tirar fotos e fazer videochamadas pelo FaceTime.

          Em casa é um autêntico computador, na rua só lhe falta a net!

          Quem quer 3G no iPod para fazer chamadas é apenas para ter um iPhone mais barato. E isso a Apple nunca vai permitir..

        • glink says:

          mas agora tudo o que tem 3g tem que fazer chamadas?

          quero fazer chamadas também com a minha pen USB de Internet que ela também tem 3G!!!

          • Rui Costa says:

            Ora bem,

            Compro um iphone que dá para ter acesso à internet, efectuar/receber chamadas telefónicas, tirar fotos, ouvir música, ver vídeos e tem touchscreen.

            É um telemóvel.

            Compro um Ipad, que dá para jogar, aceder à internet, com monitor touchscreen, ouvir música mas não dá para fazer telefonemas. Que pena! É uma pena não dar para fazer telefonemas. Só falta isso. Seria tão agradável poder ligar do Ipad.

            Agora compro um Ipod, que dá para ouvir música, ver vídeos, aceder à internet com monitor touchscreen mas não dá para fazer telefonemas. Também faz falta o telefonemazeco.

            Ou seja, se eu pretendesse comprar estes 3 aparelhos totalmente distintos (sim, não tem características comuns) trabalhava só para pagar as contas de internet e se todos dessem para fazer telefonemas, tinha de comprar um atrelado só para andar com isso no carro. 3 Para o pai, 3 para a mãe, 3 para 3 filhos….

            Nada como um nokia e um portátil.

          • aver says:

            Com o Skype fazem-se chamadas para telefones com o iPod Touch muito facilmente. Basta ter um microfone, geralmente headphones com microfone. O que se faz por Wi-Fi também se pode fazer por 3G.

    • Lourenço says:

      ficas a saber que: o ipod touche com ligação wifi, dá para fazer chamadas e mandar msg, através do voip do skype..

      tanto dá, que o meu irmão faz isso..

      problema nº1: tem de estar ligado por wifi, nem sempre as condições dão para isso

      resolução desse problema: 3G

      fim.

  2. RicardoResende says:

    Esqueci-me de acrescentar.
    Se novo ipod tivere as features do novo iPhone.
    Algumas vão tar cortadas na versão 8Gb é o mais certo.
    Só versões 16Gb e 32(?) é que terão disponíveis.
    Aposto que uma delas vai ser o A4.

  3. Tagus says:

    Gostaria de ver era novidades sobre os macbook pro… :s Acho que já era altura de termos novidades sobre isso, quero comprar 1 mas estou à espera do novo segmento.

  4. Joao Bruno says:

    Algumas novidades interessantes, no entanto gostaria de saber se algum tem conhecimento se os macBooks Pro, irão sofrer upgrade’s num futuro próximo.

  5. Courela says:

    No fundo o que me parece (e que o Vítor referiu para um dos gadjets) é que todos os gadjets estão a convergir para um só. Se vamos pôr 3G no iPod, com mais um microfone e coluna ficamos com iPhone. iPad basta fazer chamadas, basicamente ficará tudo um iPhone com tamanhos diferentes. Sempre achei que o lançamento de novos gadjets e nomenclaturas diferentes por parte da Apple mais uma manobra comercial do que propriamente a de introduzir novidades concretas.

    Não posso falar em relação ao sofware de cada um porque só conheço o do iPod clássico, talvez seja esse o ponto que os distinga mais.

    • Courela says:

      Já agora em relação ao iPad e MacBook, se o MacBook ficar mais pequeno basicamente fica um iPad, só é preciso adicionar um touchscreen. Fica a minha ideia …

      • Tiago Dias says:

        Mas no MacBook temos o Mac OSx, que faz toda a diferença.

        Podem ter semelhanças no tamanho, mas continuam a ser produtos completamente diferentes.

    • RicardoResende says:

      “No fundo o que me parece (e que o Vítor referiu para um dos gadjets) é que todos os gadjets estão a convergir para um só. Se vamos pôr 3G no iPod, com mais um microfone e coluna ficamos com iPhone.”

      Isto nunca vai acontecer.
      E porque? A Apple sabe muito bem como a comunicação tá evoluir.
      Porque pagar chamadas, quando podemos falar livremente através do Google Talk, Fringe ou Skype?
      Para que mensagens quando tempos Msn, ou Skype, mail, gmail?

      Se a apple mete 3G no ipod, arrisca-se a ficar com bastantes iphones na mão para nada, só se baixarem o preço.
      De 600€ para 300€

      Reduzir quase metade.

      É que um ipod por 200€ com 3G é muita fruta.

      O Conceito de iWatch, só será bom, se tiver audio por wifi ou algo semelhante, ninguem vai andar com um fio pelo o braço acima.

      O MacBook air deve continuar o mesmo tamanho, mesmo que não continue, uma redução de preço será muito difícil.
      Pois é um equipamento de Luxo, não pelo o seu hardware, mas sim pelo o seu tamanho, espessura etc.
      Até prevejo que metam é 3G no Macbook air tal como fizeram no iPhone, Wifi e 3g nas “bordas” ((não me recordo do nome), num portátil não seria problemático.

  6. Podia vir um iPad A3 que seria bastante interessante. E claro um iPhone 4 a funcionar correctamente =P

  7. Cagamelo Voador says:

    O iWatch só tem um problema….. só dá horas quando está inclinado a 45º e virado para Norte 🙂

  8. michi says:

    As novidades resumem-se apenas aos produtos iphone / ipod?

  9. Machadix says:

    não acredito numa introdução no shuffle pois a principal vantagem na minha opinião é a robustez do equipamento. tenho um da 2ª geração e tem aguentado treinos no ginásio, mini-maratonas, chuva, quedas e sempre operacional, ou seja algo que não ousaria fazer com um nano ou muito menos com um touch. ao colocar um ecrã táctil, torná-lo-ia mais frágil

    • Tiago Dias says:

      Sim, tens razão nesse sentido. O shuffle é quase uma máquina de guerra, também tive um durante uns tempos.

      Mas com um ecrã touch muito pequeno, devidamente protegido para manter a resistência do iPod, continuaria com as mesmas características. No entanto o shuffle de 3ª Geração tem um problema: o facto de o controlo ser feito apenas pelos phones, que são sempre frágeis e facilmente se estragam.

      Também podiam aumentar a capacidade do actual shuffle e apostar num novo com o touch. Mas assim também já começam a ser aparelhos a mais a fazer a mesma coisa, duvido que entrem por aí…

      • Machadix says:

        julgo que o shuffle está desenhado para essa utilização mais “xtreme”, imagina-te a correr e a quereres passar uma música com um touch… tens de parar para o fazer! o shuffle deverá continuar a ser o mais simples e funcional possível. talvez haja um novo design e aumento da capacidade mas julgo não passar daí.

        ficando as maiores actualizações tecnológicas para o nano e o touch.

        (digo eu shuffle-fan lol)

        • Tiago Dias says:

          Sim, completamente de acordo.

          Capacidade é quase certo que aumentam. Quanto a design, já pouco há a fazer, a não ser voltar a colocar os botões de controlo no próprio iPod, porque nunca gostei muito da ideia de ser exclusivamente pelos phones, que são muito caros! Há sempre o eBay, mas duvido até que ponto os phones de lá funcionam exactamente da forma que é suposto..

        • Ana Narciso says:

          Também tenho um Shuffle da última geração, com o controlo exclusivamente pelos auriculares.
          Tinha um Creative Zen com ecrã de 3.2” todo xpto na altura, mas acabei por me viciar no Shuffle pela sua simplicidade e o Voice Over.

          Mesmo que o novo Shuffle seja dotado de controlos no ecrã touchscreen, não acredito que a Apple retire o controlo das músicas pelos auriculares… logo essa situação não se verifica.

      • Rui Costa says:

        Ligação 3G com acesso à net, fazer e receber telefonemas, 64GB… Só falta isso

  10. Rui Costa says:

    Se virem a analogia dos nomes:

    Ipod – > Iphone
    Ipad – > Iphane ?

    Será um Iphone do tamanho de um Ipad para poder fazer teleconferência com um monitor para míopes (como eu). Dava jeito…Ir no meio da rua, ligar o chefe a questionar-me sobre isto ou aquilo, e enquanto ia a praticar jogging às 5.00 da matina, podia ao mesmo tempo conversar, vê-lo (lindo como o sol num dia de tempestade) e entretanto ouvir música, ou ver um episódiao do Dr. House. Nada mais prático que isto….

    • Hildeberto Coelho says:

      Bem, em primeiro lugar comprei um iPad em londres esta semana e estou surpreendido pela positiva:)

      Comprei com 3G incorporado que e o melter que se pode fazer:):) Internet em todo o lado.

      Acho que a apple vai sempre fazer dispositivos “incompletos”, isto porque se fizer tudo no mesmo dispositivo vai vender menos nos outros dispositivos e isso eles nao querem…

      Ja agora quero emperar pelo iWatch 😉

      Desculpem os erros mas o iPad nao tem teclado nem dicionario portugues.

  11. Ana Narciso says:

    Muito bom artigo, Tiago!

  12. J0n says:

    E a bicicleta aple lol, Bicicletas redesenhadas >>> mais uma re…

  13. The Duke says:

    Killer Graphics!

  14. mmick says:

    Um iWatch sincronizável com o PC por WIFI/BT e com uma app para contar os batimentos cardíacos, A2DP (Stereo por BT) é que era! 🙂 Ahh e que desse horas LOL

    E como estou sempre a viajar que tenha vários fusos horários disponíveis ao mesmo tempo 🙂

  15. Pedro says:

    A Apple apesar de tanta popularidade continua a ser uma marca bastante elitista com um público alvo pouco abrangente, são mais as pessoas que gostavam de ter algo da Apple do que propriamente aquelas que realmente têm um produto da Apple, sinceramente se eu tivesse vida para isso comprava um macbook pro um iphone e um ipod, não só em termos monetários mas também no que toca ao lazer,

    belo artigo 🙂

  16. mmick says:

    Death Grip (leiam a parte principalmente da influencia na navegaçao de internet)

    http://www.smh.com.au/digital-life/computers/blogs/gadgets-on-the-go/iphone-4-death-grip/20100811-11yqc.html

    Resultado:
    – baixa consideravelmente a velocidade de internet, a ponto de ficar em velocidade de Dial-up (64kbps +-)
    – baixa a qualidade da chamada e cobertura mas dificilmente cai uma chamada

  17. fran says:

    o iwatch era DEMAIS!

    nunca perdia uma chamada, porque sentia a vibrar no pulso!
    podia ter as informações mais importantes à distancia de um gesto! sem ter que retirar o iphone do bolso!

    conceito fabuloso! eu comprava de certeza.

    dupla imbatível: iphone4+iwatch

    • fran says:

      muitas vezes perco um evento que tenho marcado no calendario do iphone porque tá no bolso e tenho de andar a tira-lo para ver se há algum evento!

      com o iwatch, tudo me vinha ter à mão (ou ao pulso, neste caso) com a sincronização por bluetooth entre os dois aparelhos (iphone e iwatch)! fabuloso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.