Quantcast
PplWare Mobile

WD apresentou o disco rígido de 1TB mais fino do mundo

PUB

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. JPx says:

    SSD de 1 Tera a 139 dólares??? Não há engano?

  2. StormRider says:

    Alem disso isso e’ o preço recomendado (que normalmente se traduz diretamente para Euros infelizmente) mas vai ser possivel comprar mais barato online na Net em especial no estrangeiro.

  3. Carlos André says:

    Nesta altura do campeonato andar a inovar em discos mecânicos, não percebo bem a ideia, já que os ssd estão cada vez mais baratos.

    • Gerardo says:

      Pois estão, principalmente os de 1T, 2T ou superiores :facepalm

      Por agora, e durante ainda muito dtempo, os mecânicos vão andar por ai.

      SSD=performance=Disco para SO
      mecânico=storage=Disco para guardar grandes volumes de dados

  4. Vander says:

    Não me surpreendo com HDs cada vez mais finos… me surpreenderei com uma tecnologia capaz de mudar a forma como sao construidos… acabar com os discos, que sao mais seguros e tem vida util muito superior aos SSDs, e fazer algo sem partes moveis e com vida util beirando o infinito. o que esta bloqueando o desenvolvimento nesta area?

    os processadores estagnaram no mercado, agora eles so tem olhos para processamento de telefones.
    as memorias nao estao crescendo como antes, e as dos telefones estao cada vez maiores e mais rapidas.
    a unica coisa que ainda tem algumas novidades sao as placas de video, que ja tem DDR5, e processamento de ate 256Bits ou mais…

  5. Rui Costa says:

    Parece-me que me passou aqui algo ao lado ou este artigo está um bocado estranho, senão vejamos.

    Temos no primeiro parágrafo “A chegada dos discos SSD ao mercado…”.

    Temos no terceiro parágrafo “Este novo disco SSD é uma solução de armazenamento…”.

    E posteriormente temos
    “Funcionalidades dos discos WD Blue 7 mm incluem:

    Tolerância aos impactos – A tecnologia ShockGuard™ da WD protege a mecânica do disco e a superfície do disco interno contra impactos.

    Tolerância aos impactos – A tecnologia ShockGuard™ da WD protege a mecânica do disco e a superfície do disco interno contra impactos.

    Actuadores de duplo estágio…

    Fiabilidade – A tecnologia SecurePark™ da WD parqueia as cabeças de gravação…

    Mas afinal é um SSD ou um disco tradicional?
    Eu estava plenamente convencido de que o WD Blue era um disco tradicional – eventualmente híbrido, não me recordo – e de que os SSD não possuem partes móveis.

    Estou enganado ou há mesmo algo estranho neste artigo?

  6. pedro elias says:

    Ssd com partes mecânicas?

  7. Vítor Moreira says:

    Bem sei que costumo ler as notícias na diagonal mas este artigo exagerou uma beca!

  8. Diogo Ferreira says:

    As ligações são diferentes ou falta-lhe a placa impressa?

  9. helder says:

    A Pior assistência técnica do mundo, feita nos Estados Unidos
    Fujam dos HD da WD. Vejam nos foruns milhares de problemas que diversos modelos da WD teem

  10. Moi Meme says:

    Não consigo compreender porque é que fazem esta notícia e não apresentam múltiplas fotos relativamente à característica que é a razão desta notícia: a ESPESSURA DO DISCO!

    Não consigo mesmo perceber…é que em vez disso, apresentam uma foto com a parte frontal, a qual é igual aos demais HDDs de 2,5 polegadas(!).

    Mau jornalismo, meus caros.

    • Vítor M. says:

      Caro, se reparar com atenção (focar bem a lente), na galeria está lá pelo menos 1 foto onde é mostrada a espessura do disco.

      Depois, tem de compreender que estivemos in loco na apresentação e o acesso ao disco foi limitado (eram muitos os que queriam uns segundos com o disco).

      O disco em causa será com certeza emprestado para análise e aí iremos dar largas à nossa imaginação e fotografá-lo de todos os ângulos possíveis. E nunca é mau jornalismo, é de top, é muito bom 😉 acredite, eu sei o que lhe digo, ando aqui há muitos anos.

      Aquele abraço de.. moi même pour toi!

  11. ElectroescadaS says:

    E vale a pena ter um disco SSD?

    Não da WD como é lógico porque sou fiel à Seagate (discos comprados novos claro)…

  12. Fox says:

    Go Home Pedro Simões you are drunk 🙂

  13. Redin says:

    Qual é a principal diferença entre discos 3,5 e 2,5 com a mesma capacidade que não seja a velocidade de acesso aos dados?
    Poder-se-ia considerar usar estes discos em detrimento dos 3,5 porque alem de gastar menos energia, também ocupam sensivelmente um terço do espaço nas baías. (sem considerar obviamente a forma como serão “presos” ao chassis).

    • Jaime says:

      3.5 -> Desktop
      2.5 -> Laptop

      Por norma os primeiros são feitos a pensar em capacidade e rapidez, os segundos em eficiencia energetica e reduzido tamanho. O artigo refere a espessura, as outras medidas são as normais de um disco de 2.5”.

    • jorge santos says:

      Aqui está uma questão pertinente.
      Realmente, não vejo que haja alguma diferença de performance entre os 2 tipos de disco, à mesma velocidade de rotação dos discos.

    • Gerardo says:

      Também não sei se existe diferença (Googlar 🙂 ) Mas se chegarem à comclusão que não existe, não vão ter problema em usar estes discos num desktop. Ao contrario dos antigos IDE, as ligações SATA e de energia são iguais pelo que basta ligar os cabos. E se quiserem que fiquem bem arrumadinhos, não faltam adaptadores para por discos de 2.5 em baías de 3.5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.