Quantcast
PplWare Mobile

Apple: aplicação Encontrar iPhone tem falha bizarra

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Andreia de Almeida


  1. Mota says:

    “The missing phones don’t seem to have anything in common. Some are iPhones. Some are Androids. “

    • Vítor M. says:

      Sim, de facto é estranho, quer dizer, é estranho o facto, não é estranho ser em vários sistema sendo há há tecnologias em comum. Contudo, é mais frequente o uso desta app e tecnologia por parte dos utilizadores iOS. Mas mesmo assim, é estranho! 🙂

        • JBM says:

          Andr8,
          A Google não usa essa base de dados e a Apple há já algum tempo que tem a sua base de dados embora não se exclua que ainda possa negociar com a Skyhook.

      • JBM says:

        Agora a justificação é a frequência? Nem sequer sabes se isso é verdade ou não.
        Se são sistemas diferentes e operadoras diferentes, há muito pouco em comum. Os serviços dos SO usam bases de dados diferentes para pontos WiFi, as operadoras têm antenas diferentes (o que daria triangulações diferentes), etc.

        • Vítor M. says:

          JBM 🙂 Não te estou a justificar nada. Achei curiosa a tua dúvida. O que é que não sei se é verdade? Estamos todos baseados nos factos que estão na fonte, repara no que é dito e penso que é aqui que pode estar a explicação:

          “…geolocation tech like this usually looks first to the phone’s GPS information (which relies on satellites), then to the cell towers to which it was recently connected, then WiFi fingerprints based on maps of WiFi networks created by companies…”

          Não tenhas medo de trocar ideias jovem, 😉 podemos dessa forma até chegar a mais detalhes, a Internet é vasta.

          • JBM says:

            Vítor M.
            O que tu não sabes é se as pessoas com iPhones usam isso com + freq. (tal coisa é até completamente irrelevante para o assunto), nem sabes se este caso envolveu + iPhones do que outras marcas pois não dão tal informação.
            E não andes às voltas, não enterres a cabeça na areia, não cites coisas que são ditas como informação genérica sobre funcionamento de serviços de localização, como se tal fosse a explicação dada pela pessoa para o fenómeno.
            “The missing phones don’t seem to have anything in common. Some are iPhones. Some are Androids. They’re on different carriers: AT&T, Verizon, T-Mobile, Sprint, Boost Mobile”
            O facto é que ninguém tem uma explicação para o que está a acontecer.

          • Vítor M. says:

            JBM, Não vás por aí 😀 olha bem o texto e diz-me que aplicação/sistema é referido 😉 Mas que outras marcas é que têm esse sistema, conta lá e há quantos anos e em que sistemas operativos (versões), vá diz-me?

            Ok, ficamos por aqui que não é mais útil este diálogo. Eu só pretendia saber se havia mais informação sobre o assunto.

          • JBM says:

            nenhuma aplicação específica é referida para este acontecimento.
            Mencionam que aconteceu com aparelhos Android e iPhones, e falam de apps de forma genérica:
            ” find-my-phone apps “, repara que não é Find my iPhone

          • luislelis says:

            Critica sem solucao tem algum valor?

          • Artur says:

            E para WP acontece o mesmo?

          • JBM says:

            há tão poucos WP nos Estados Unidos que a probabilidade de aparecer alguém naquela casa por causa dum WP roubado é diminuta

        • luislelis says:

          Nao estara na hora de ofereceres a tua solucao aos gajos?

      • Frederico Ventura says:

        Não vejo nenhum mistério nisto, quando todos nós assinamos contratos da Meo e outros operadores têm lá um vistozinho se o cliente permite a Geo localização, se puser que sim sempre que estiver ligado á sua rede wi-fi de casa e não tiver gps essa informação vai ser disponibilizada a aplicação para dar a localização exacta da pessoa.

        O que acontece em muitos casos e a mim já aconteceu é passar o serviço que tinha para outra morada e sempre que usava a aplicação amigos ou a encontrar do ios dava a localização da antiga casa em vez de dar da nova casa, não me perguntei pk mas suspeito que por vezes a operadora não deve de actualizar certas informações do cliente no processo de migração.

        O que posso constatar é que passado 1 a 2 meses já dava a localização certa através de wifi na minha nova habitação em vez de antiga.

        • JBM says:

          Frederico Ventura,
          quer a Apple quer a Google usam bases de dados distintas para o WiFi, e vão construindo essas bases de dados com os endereços MAC dos routers WiFi que os aparelhos com os seus sistemas vão recolhendo associando às outras formas de localização, como o GPS.
          O que está a acontecer aqui já acontece há quase 1 ano, numa casa que já pertencia à família. Por isso não há muita forma de ambas terem a mesma informação por desactualização.

  2. JBM says:

    Mas como será possível que continuem com o mesmo título e teor do texto?

    • Vítor M. says:

      Qual é a dúvida sobre o assunto do texto? Mesmo não sendo exclusivo é maioritariamente esta app que tem estado em causa neste enigma.

      • JBM says:

        Como é que podes dizer tal coisa quando envolve aparelhos com diferentes sistemas, e mesmo assim mantêm o título e basicamente todo o texto que acusava os aparelhos e serviço da Apple. E se envolve sistemas diferentes não será certamente por erro duma aplicação específica. Aliás nem sequer se sabe se há algum erro pois ninguém descobriu o que se passa; não fica posta de parte a hipótese de alguém estar propositadamente a usar aparelhos roubados junto a esta casa.

        • Vítor M. says:

          Vou-te voltar a dizer o que disse no outro: “…geolocation tech like this usually looks first to the phone’s GPS information (which relies on satellites), then to the cell towers to which it was recently connected, then WiFi fingerprints based on maps of WiFi networks created by companies…”

          Há tecnologias que são comuns, mais não seja o dados GPS que são obtidos. Não sejas teimoso.

          • JBM says:

            Explica como é que tendo escrito um artigo onde responsabilizam unica e exclusivamente à Apple, como é que depois de saberem que essa informação está errada mantêm tudo o que foi escrito e o título?
            Isto acontece com operadoras diferentes e que usam antenas diferentes; os sistemas operativos usam serviços com bases de dados diferentes para os pontos WiFi. Por isso, a não ser que defendas um erro nos satélites de GPS (numa faixa reduzida da Terra), não há pontos comuns na tecnologia de localização.

          • Vítor M. says:

            Se reparares no artigo em que se baseia o nosso a preponderância são os dispositivos Apple ( e lê tudo que não responsabiliza nada só a Apple ora lê sff), e se pensares um pouco até porque é um sistema bastante usado nos Estados Unidos, o Find My iPhone, é a app que está em causa neste bizarro cenário, neste problema especifico, depois no artigo explica que embora seja este o sistema predominante, há alguns outros que também acontece, mas como sabes, nem todos os outros SOs têm nativamente este sistema, não podes generalizar porque somente os smartphones (todos) da Apple trazem esta app, este serviço.

            Por isso o título e o texto que é fiel ao original em que se baseia o nosso, tal como assinalado. E mais, podes mesmo procurar este erro e assunto no Twitter e vês quase a 100% o problema relatado nos iPhones.

            Depois e graças ao teu comentário, que fiz questão de esclarecer contigo, apareceram logo os trolls. Que não sabem conversar, trocar ideias e são estão bem a trollar. Por isso e porque parece-me que consegues perceber, estou a trocar estas informações contigo e não estou a justificar nada, com esperança que até possas ler algo e trazer ao assunto novidades.

            Quando às operadoras, lê o parágrafo que deixei, há pontos de base para lá das operadoras e mesmo sendo operadoras diferentes, há tecnologias idênticas 😉 com as mesmas especificações técnicas, como tu sabes. Por vezes com as mesmas marcas de antenas, frequências…. etc…

          • JBM says:

            que artigo é esse em que se baseia o vosso?
            Eu leio o artigo original e lá não há qualquer preponderância da Apple, falam em iPhones, Androids, Google, Apple, operadoras, etc.

            E no artigo original não apontam nenhuma app em particular para este fenómeno bizarro, exactamente porque verificam que acontece com diferentes aparelhos e com diferentes operadoras. Consultaram algumas pessoas para perceber o que poderia estar a suceder, uma delas era perito em segurança de iPhones, mas até ele fala em aplicações de localização no geral:
            ” find-my-phone apps ” não diz “find-my- iPhone app”

            Agora é o Twitter a fonte?
            Eu vi notícias a fazer a referência correcta find-my-phone, e depois começaram a dizer find-my-iPhone

            As operadoras usam antenas diferentes – elas estão em pontos diferentes, células diferentes… – por isso não podem dar a mesma localização pois a triangulação é outra.

          • Vítor M. says:

            Mas diz-me, que aplicações conheces nativas find-my-phone foi isso que te perguntei.

          • Vítor M. says:

            🙂 JBM és teimoso 🙂

            Olha lá no texto: The couple, who are in their 20s, she a journalist and he an engineer, worry the police will kick down their door one day, a scenario that has happened before based on faulty Find-My-iPhone tracking.

          • JBM says:

            Vítor M.
            1º perguntaste? onde? ou é + outra tentativa de criar uma distracção para desviar a conversa.
            2º o sistema Android tem há muito tempo nativamente um serviço idêntico ao da Apple, usando uma conta da Google. Isto sem falar de outros serviços parecidos que muitas marcas integram nos seus aparelhos.
            3º onde é que estão as tuas respostas às minhas perguntas, bem identificáveis?

          • Vítor M. says:

            JBM já estás a andar á volta da mesa. Esquece. Já vi que não sabes. Deixa estar. Ficamos por aqui.

          • JBM says:

            Vítor M.,
            1 pouco + de honestidade se faz favor.
            Essa citação é para referir um outro caso já com 4 anos para falar dos problemas que os serviços de localização podem levantar.

          • Vítor M. says:

            Isso não te diz que esse serviço desde há muito tempo tem destas falhas? Tenho de fazer um desenho?

            Tirando o pray, quem mais existia, já nem falo nativamente?

          • JBM says:

            vitor,
            uau, isso é problema de olhos ou compreensão. O sistema Android tem um serviço nativo desde 2013 para versões desde 2.2, via actualização do Play Services, logo basicamente todos os aparelhos activos.
            Diz que em 2012 a polícia numa única ocorrência fez mau trabalho de investigação e não pagou pelos estragos. Não diz que em 2015 vários aparelhos Android e iPhones deram as mesmas informações erradas por causa do serviço da Apple.

          • Vítor M. says:

            Logo vi que tu não sabes contas, faz as contas de hoje há 4 anos para trás. Logo vi. Não temos mais nada a falar.

          • JBM says:

            será que viste alguma coisa? Até aqui mostraste não ver ou não querer ver nada.

          • Vítor M. says:

            Sim ok. Ficamos assim. Já dei para esse peditório.

    • Marcio Soares says:

      Mas como é possível ainda haver fanboys como tu?
      Vai ver se chove lá pros lados da marca da maçã….

  3. Necroman says:

    Ohhhhhhhhh mas a Apple não é perfeita, muito segura, com aplicações e dispositivos perfeitos? Afinal é o que os utilizadores que pagam elevados preços esperam… No entanto não é essa a realidade. Quando é que será que om pano cai definitivamente?

  4. Andr8 says:

    Já se sabe que a pplware é muito anti-Apple…

    Por exemplo, com o assunto de impostos da Apple em Itália, noticiaram logo, com a Google no Reino Unido, nada.

    http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-01-22/google-agrees-to-pay-185-million-in-u-k-tax-settlement

    • luislelis says:

      sao uns malandros. lol

    • zombie says:

      Disso, certamente nunca poderão acusar !
      Mas, já que tás tão interessado, aqui fica mais uma…da apple, e de uma putativa dívida que até poderá atingir 7mil milhoes euros…e obviamente que não seroa os unicos…https://pplware.sapo.pt/apple/ios-app-encontrar-iphone-tem-falha-bizarra/

    • Marcio Soares says:

      Como é que podes afirmar que o pplware é anti Apple, se o Vítor M é um intensivo user de Apple devices. Isto mostra a sua imparcialidade pois usa e abusa dos idevices e ainda consegue diferenciar o que estes tem de bom e de mau. O facto de haver tanta gente a criticar o que aqui se escreve sobre os idevices, mista o quão frágil é a confiança dos mesmos nos ditos gadgets, pois sabem que qualquer rumor pode acabar com o que outrora foi considerado perfeito. Nuns tópicos acima o Vítor M em discissão com o outro user diz que a apple não é perfeita e que espera que nunca o seja, sabes porquê? Porque não sendo perfeita, está à procura da perfeição e isso só beneficia o end user que é desta forma brindado com a evolução do SO. Eu sei que isto é um pouco difícil de compreender para o comum dos mortais, mas não te aborreças que eu não conto a ninguém que a tua falta de intelectualidade te leva a comentários deploráveis como o que acabamos de ler.

      • Vítor M. says:

        Márcio, de facto sou um utilizador de dispositivos Apple, mas também uso dispositivos Android. Mas a área onde mais me debruço é nos dispositivos Apple, analisando tudo praticamente que a empresa de Cupertino lançou no mercado desde pelo menos 6 anos para cá. Contudo, sou utilizador de muitas outras tecnologias e maioritariamente os editores no pplware não usam Apple, usam Android e Windows e Linux. Vá-se lá compreender 😉 (joking) mas é verdade.

        Mas abrangemos todas as áreas, cada um na sua especialidade e por isso digo que a Apple não é perfeita e espero que nunca seja, tal como referes, para nós, end users tirarmos proveito.

        Agora, não é de todo como o Andr8 fala nem ao contrario, digo o que tenho a dizer quer a favor quer sem ser a favor, desde que seja informação. Não é um clube a Apple, é apenas umas marca que me tem de servir e não eu a ela. É apenas uma empresa que produz as minhas ferramentas de trabalho.

        Mas quando as pessoas tomam as marcas como equipas de futebol 😀 não sabem diferenciar os lados e fazem comentários sem sentido.

      • Andr8 says:

        “O facto de haver tanta gente a criticar o que aqui se escreve sobre os idevices, mista o quão frágil é a confiança dos mesmos nos ditos gadgets”

        Eu acho que é mais frágil a confiança dos Androidanos nos seus Androids, senão não precisavam de mandar bocas, não precisavam de fazer comentários falsos do tipo “comprei um iPhone, grande $%&#@, não sei quê, não sei que mais”!

        “pois sabem que qualquer rumor pode acabar com o que outrora foi considerado perfeito”

        Outrora? Sempre, mas mesmo sempre houve criticas, grande parte das vezes sem razão contra a Apple por toda a gente, especialmente dos media.

        E vão-se a ver os resultados? Sempre melhores que o muito bom!

        Quem tem, farta-se das mentiras, e desliga do resto.

        Quem não tem, como tu, a surpresa será ainda maior!

  5. Alex M. says:

    JBM
    Não te vou dar nem te tirar a razão que na verdade pouco me importa mas gostava de te ver a debater com essa mesma convicção assuntos do tipo eleições presidenciais e outros, agora tanta convicção a defender o bom nome de uma marca “seja ela qual for” que nada de bom traz para a nossa vida acho um pouco estúpido,sem ofensa.

    • JBM says:

      não é uma questão de defender a Apple pois nem sequer haveria nada para defender, é uma questão de este artigo aqui ser + 1 exemplo flagrante de péssimo serviço de informação incapaz de assumir os erros de recolha de factos.

  6. fl says:

    Cá para mim estamos perante um caso de ladrões de smartphones de alto calibre, pertencentes à máfia italiana 😉
    Ironias à parte, espero que se resolva este problema antes que o casal tenha problemas sérios!

  7. piri_vm says:

    Tenho uma pergunta, onde diz e quem diz que por ser de operadoras diferentes têm que usar antenas diferentes?

    • JBM says:

      A notícia fala em 5 operadoras diferentes (4 são grandes operadoras), na existência de 3 torres perto da casa numa zona suburbana e identifica uma delas como sendo de 1 operadora específica. A notícia diz também que não parece haver nada em comum nas ocorrências.
      As grandes operadoras não partilham torres em zonas destas de menor densidade, cada uma constrói as suas próprias células de cobertura.

    • JBM says:

      A notícia fala em 5 operadoras diferentes (4 são grandes operadoras), em haver 3 torres perto da casa numa zona suburbana e identifica 1 delas como sendo de 1 operadora específica. A notícia diz também que não parece haver nada em comum nas ocorrências.
      As grandes operadoras não partilham torres em zonas destas de menor densidade, cada uma constrói as suas próprias células de cobertura.

  8. Marcelo Casto says:

    Realmente em termos práticos, quem se houve dizer que usa mais este aplicativo são os utilizadores iPhone. Aliás, este tipo de aplicativo ganhou popularidade graças aos muitos casos de sucesso na recuperação dos iphones. Quem não associa de imediato estas informações ao encontrar iPhone?

    De certeza que quem tem android nem sabe quem tem esta função dentro do telefone, enquanto quem tem iPhone é obrigado a activar na activação do mesmo. Por isso o Vitorm tem muita razão a meu ver.

    • JBM says:

      ninguém que tem iPhone é obrigado a activar isto, e tu associares a função ao iPhone não torna o iPhone o aparelho que neste momento + usa este tipo de funcionalidade. Nem sequer isso é relevante para este caso pois não fazes ideia se envolveu + iPhones do que Androids, e certamente que não é a “aplicação” da Apple a funcionar nos Androids das pessoas que por lá apareceram.

  9. orenkomp.ru says:

    Os ultimos meses tem sido fortes em rumores relativamente ao novo iPhone. Depois do iPhone 7 e iPhone 6c, afinal parece que a Apple vai lancar o iPhone 5se.

  10. Tuxer says:

    Fui eu que plantei um capturador de identificadores de telemóveis naquela casa.
    Não digam nada à NSA. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.