Gboard para iPhone: O teclado que você fala e ele escreve

Download

Homepage: Gboard
Preço: Gratuito


Destaques PPLWARE

26 Respostas

  1. Nope says:

    Bem, como diz no post, o teclado nativo do iOS 10 também converte voz em texto.
    Não havia era mais nenhum por impedimento da Apple. A Google com Gboard deu-lhe a volta.

    O Gboard é também “teclado swift” (deslizar os dedos pelas letras para escrever). Quer a voz para texto, quer o “swift”, achei-os impecáveis.
    P.S. Não são precisos segundos para ativar o Gboard – é pressionar e largar.

    • Nope says:

      P.S. Não são precisos segundos para ativar – a voz para texto – do Gboard – é pressionar e largar.

    • RuiZ says:

      Por impedimento da Apple, não, não havia era ninguém a fazer, a Google não deu volta nenhuma…

      • Pedro Pinto says:

        Então nao deu, repara que não é uma funcionalidade direta.

      • Guiomar says:

        O iOS não permite acesso ao microfone a partir de uma extensão, qualquer que seja o tipo: teclado, etc

      • Nope says:

        Eu explico. A “voz para texto” do Gboard não é feita através do teclado, porque a Apple não permite. Premindo a tecla “espaço” onde está o símbolo do microfone do Gboard (não é o símbolo “microfone”do teclado do iOS) abre-se a app Gboard para a qual se fala e que traduz para texto.
        A Gooogle deu a volta sim – não está disponível para terceiros a API do teclado nativo do iOS, com acesso ao microfone, que permite converter voz em texto – por isso o que faz o teclado Gboard é lançar a app Gboard que faz isso.
        Se for preciso faço um desenho 🙂

  2. Paulo Santos says:

    «…uma funcionalidade bastante interessante e que não está presente em muitos outros teclados por questões de restrições da própria Apple.»

    Apple no seu melhor.

  3. nuno says:

    a “escrita” por voz não funciona, ao selecionar esta opção, aparece um simbolo com microfone azul e ao falarmos para o telemóvel , simplesmente não aparece qualquer palavra dita ou outra , nada…

    • Nope says:

      Explica lá o que é que não funciona. Activaste o teclado Gboard: Geral > Teclado > Teclados > Adicionar teclado … Gboard
      Depois de instalado, começa a escrever por exemplo uma nota, prime a tecla “space” que é onde aparece o símbolo do microfone, fala para a app Gboard lançada pelo teclado e na nota vai aparecerce escrito o que disseste.
      P.S. Se nunca usaste um teclado “swift” desliza o dedo pelas letras. Com prática há quem o prefira em vez de teclar.

  4. Ruben says:

    O SwiftKey funciona por voz e muito bem. Apanha quase tudo o que digo e pouco se engana. Isto para Android.

    • Nope says:

      O teclado nativo do iOs faz isso (mas não faz swift). Mas no iOS o SwiftKey não “ouve e escreve” porque a Apple não permite. Foi a isso que o Gboard deu a volta.

  5. Zucked says:

    A Google vai adorar ouvir e ler as vossas conversas.

    • toni da adega says:

      Ao utilizar o teclado deles sim. Ao utilizar o teclado nativo é a Apple que vai ouvir as nossas conversas. É escolher qual dos 2 deve ter esse privilégio.

      • Nope says:

        É assim. No iOS as funcionalidades Siri e “Ditado” (“speech to text”, reconhecimento de voz, conversão de voz em texto) exige a utilização de servidores da Apple. Para as ativar aparece um aviso “A funcionalidade Ditado envia à Apple informação como dados da voz, contactos e localização para processar os seus pedidos”. Quem usa aceita que tais dados possam ser usados para permitir a utilização e melhorar o Siri e o Ditado – de acordo com a política de privacidade.

        As funcionalidades/serviços equivalente da Google (ou da Microsoft, ou da Amazon) também exige o envio de dados para os respetivos servidores.

        De modos que é assim, na questão da “voz” quer a Google (Gboard, Google Assistant e apps de terceiros que o usam), quer a Apple (teclado nativo, Siri e apps de terceiros que o usam, recebem dados adicionais. Do que lhe fazem, para além de permitir usar essas funcionalidades e permitir melhorias, depende da política de privacidade, se for totalmente transparente. Agora, não há dúvida que se atribui à Google, exageradamente ou não, que recolhe (e indexa/relaciona) toda a informação sobre os utilizadores.

        Para fins comerciais não tenho a mínima dúvida – se hoje fizer uma pesquisa no Google, sem ter feito logoff, por exemplo no Gmail, sobre um produto da Amazon, sé certo e sabido que se amanhã for a um site com espaço para publicidade da Google é certo e sabido que esse produto lá está destacado. A Google também não nega que “lê automaticamente” o conteúdo dos mails do Gmail para, segundo ela, oferecer melhor publicidade dirigida ao utilizador. Como a publicidade dirigida, não agressiva, não me incomoda, não me ralo. Mas fico sempre com a desconfiança: “Mas a Google já sabe tudo sobre mim ou falta-lhe alguma coisa”.

        Quanto à Apple, a fama de “big brother” não é tanta.

  6. Peixe na água says:

    no meu iPhone 7 já dei voltas ao Gboard… mas não consigo qeu apareça esse tal microfone na tecla de espaço… quando pressiono + 1 segundo fico com o teclado em branco para poder movimentar o cursor…
    Alguém me pode ajudar? Obrigado.

    • Nope says:

      O teclado em branco para movimentar o cursor é uma API do teclado nativo do iOS que o Gboard também utiliza. Podes manter pressionado em qualquer ponto do teclado que acontece o mesmo.

      São duas coisas distintas – instalar a app e ativar o teclado.
      Se, depois de instalar a app, não ativaste o teclado, é em: Geral > Teclado > Teclados > Adicionar teclado … Gboard

      Em qualquer dos teclados que se esteja a utilizar aparece o símbolo do globo para alternar entre os instalados (nativo do iOS, emojis, Gboard ,,,).
      Quando o Gboard está ativo vê-se bem porque aparece um G como atalho para a pesquisa Google e é swift (escreve deslizando o dedo pelas letras). O microfone do Gboard aparece na tecla space, basta pressionar lá e começar a falar.
      Ativa também o “Ditado” usando o teclado nativo do iOS e vê qual é melhor na “voz para texto”. Eu gostei do Gboard por também ser swift.

      • Nope says:

        … O microfone do Gboard aparece na tecla space, basta pressionar lá – largar (não é manter premido) para aparecer a janela da App Gboard – e começar a falar.

      • Peixe na água says:

        Obrigado pela ajuda. Eu não disse, mas o Gboard está instalado (e atualizado) e a funcionar com todas as features excepto o microfone. Nas definições do Gboard não me aparece a possibilidade de ligar/desligar micro. Uso o teclado mas não me aparece o tal microfone na tecla espaço… há mais alguma dica? obrigado.

  7. Nope says:

    Só vejo uma possibilidade – nas definições do Gboard “teclado” não está ativo “Entrada de texto por voz”.

    Desmarque no meu e foi-se o microfone

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.