Quantcast
PplWare Mobile

Nova Apple TV poderá ser concorrente do Google Home?

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. James says:

    Foram precisos 5 gerações para a Apple copiar a Google home

    • Antwin says:

      o Google Home ainda nem sequer está à venda, mais depressa se falaria do Amazon Echo.
      Está também longe de ser certo que a solução da Apple seja uma nova Apple TV, outros rumores falam noutro tipo de hardware e na possibilidade de câmera para reconhecimento das pessoas. Seria igualmente estranho criar uma nova Apple TV para isto, já que a AppleTV normalmente fica um pouco escondida, num mau sítio para captar a voz das pessoas.

      • James says:

        É preciso estar ah venda para copiar?

        • Antwin says:

          se ainda não está à venda e se já há outro produto doutra empresa, achas que seria o produto da Google a ser copiado, especialmente quando o mais importante está no software?
          Para além disto o que os rumores falam é que a solução da Apple está associada a um novo SDK para o Siri que deve ser apresentado em breve para todos os sistemas da Apple, algo em desenvolvimento há bastante tempo, não propriamente uma coisa que se faz em poucas semanas.

          • James says:

            Ahhh,o síri outra inovação, seja Google Amazon ou fraldas dodot ,e a Apple sempre atrás das marcas,andaram 4 gerações sem se mexer e quando alguma marca lança um produto inovador lá vem a Apple atrás,se não fosse a Google ou amazon nem vias esta notícia da apple,e ainda bem que eles vão dando alguma utilidade ao síri já que ninguém olha para isso

          • Antwin says:

            A AppleTV já tem Siri e o HomeKit da Apple faz uso do Siri, algo que se pode dizer que apareceu antes da solução da Google.

          • Nathan says:

            @James não tens nada senão ignorância.

            A Siri saiu bem antes do Google Now.

            A Apple TV já permite controlo por voz.

            A Apple TV já controla a automação em casa com HomeKit.

            A Google ainda não tem uma plataforma, e a treta deles só funciona com os produtos de marca Google (Nest), e isto, se funcionar…

            Na realidade, vai ser mais um flop. Quando sair o preço e não for de borla, acaba-se o interesse.

      • David says:

        @Antwin E pq nao usar o comendo para essas tarefas? por exemplo!

        • antwin says:

          o comando da Apple TV actual já tem microfone, mas o interessante da solução da Amazon é a pessoa só ter que falar sem necessidade de botões e puder ser usado quase que em qualquer lugar da casa, sem depender da TV.

  2. judas iscariotes says:

    no copiar e esta o ganho

    • Henrique says:

      A Google é que copiou a Siri da Apple, e vêm com insinuações…

    • Nathan says:

      Nem por isso, a Google tem copiado a Siri e a AppleTv, mais o CarPlay e o iPhone, e não sei que mais, mas 89% dos seus míseros 20 milhões ainda vêm da publicidade.

    • Portimão says:

      Siri, a primeira assistente pessoal a surgir das 3 e a primeira a ser implementada em smartphones, tablets, Watch…
      Os haters começam a ficar ridículos (mais do que antes).

  3. Nathan says:

    Mais uma vitoria para a Apple!

    A da Google não tem a mínima hipótese, por isso já que eles nem anunciaram o preço…

  4. Site says:

    Vai surgir no mercado uma box com o nome TBee, que tem todas estas funcionalidades, com controlo de voz e gestos.

  5. gg says:

    e colocarem um disco rigido e suporte 4k e com opcao para descarregar na store o plex xbmc ai vendiam milhoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.