Lembra-se da marca TSUNAMI? Vai voltar


Destaques PPLWARE

32 Respostas

  1. Diogo says:

    Lol a malta que fez o magalhães vai tentar aldrabar mais o povo e criar mais lixo electrónico, boa.

  2. Paco says:

    Tem graça que o tapete de rato que uso é o mesmo de há uns anos e é da TSUNAMI.
    Welcome back TSUNAMI.

    • borderline says:

      Ainda tenho um tsunami flyer a bombar… Ag pplware, isto da publicidade nativa é muita manhoso opá. O artigo é publicidade, não informação. Anunciem à partida a entidade! (JP)

  3. Wistfultale says:

    Para quê meter a cabeça na corda, tsunami?

  4. luis verdasca says:

    lembro-me que era uma boa porcaria, lembro.
    Às vezes lá iam buscar um Clevo porreiro e metiam o autocolante deles.

  5. Fernando Telmo Silva Santos says:

    Ainda tenho a mala de transporte de um portátil com marca Tsunami!

  6. ALC says:

    O mais importante: Onde estão os Preços???
    Nem no site deles…, aliás, nem os parceiros existem… Claro lançamento às mijinhas, em cima do joelho…

    A Tsunami teve o seu tempo, tinha produtos acima da média, mas com preços a condizer, e perdeu-se ao enfiar-se nos e-escola e Magalhães (mamou os subsídios que conseguiu, enquanto pôde) e agora que a vaca secou, quer “renascer”…, acho que não tem hipótese.
    O hoje tecnológico não tem nada a ver com 5 ou mais anos atrás… e a JP Sá Couto, agora a JP – Inspiring Knowledge, perdeu o comboio…

    • NCA says:

      Mesmo que não perdesse o comboio os “desktops” feitos por eles são uma piada.. onde usam GT e não GTX..

      E aqueles processador i7 com uma grafica de GT650? por exemplo.. E as motherboards super baratas, e a fonte de marca branca (muitas das vezes nem possui marca, e se possui são bem fracas)

      O Material feito por empresas portuguesas principalmente torres é de fugir.. torres monta-se por peças, não se compra prefeito é um erro enorme, alem disso nem falo na fonte de alimentação onde nem sempre possui certificados (é raro)

      Fora os componentes que metem la dentro uns mais altos que outros.. não sabem fazer um sistema “balanceado” em componentes..
      É só uma opinião, e não é só a Tsunami entre outras marcas, a INSYS é a mesma coisa.. só muda é o nome! Não é só marcas portuguesas outras internacionais também..

      É normal que o mercado dos “desktops” torre estejam a morrer, quando digo isto refiro-me as torres que vendem nas lojas prefeitos, porque os desktops são os mais vendidos.

      • INTERNETS says:

        são uma piada porque? o mercado profissional não precisa dessas graficas que falas, chega e sobra a Intel integrada, a malta do gaming sabe bem do que precisa e ataca as nVidia e AMD como suposto.
        Sobre Motherboards… é verdade que no passado já vi algumas mais manhosas (PCChips) mas já desde a altura dos Pentium3 que usavam motherboards da MSI, actualmente vejo mais usarem Asus e Gigabyte. Fontes sim, baratas, por norma a que vem incluida na caixa.

    • umx says:

      Perdeu o quê? Pesquisa um pouco sobre a jp-ik e vais ver quanto faturam por esse mundo fora….

    • dan says:

      Tsunami Magma (i7 4790-16GB-1TB-SSD120GB-Dvdrw-GTX970 4GBD5-W10Home)

      1300

  7. Guenade Silva says:

    Ainda tenho um fixo da tsunami de 2007 :0

  8. Rui Peixeiro says:

    Saudades dos tempos em que a Tsunami era sinónimo de bons equipamentos. Mesmo tratando-se em muitos casas de “rebranding” de portáteis Clevo, os mesmos tinham sempre especificações excelentes a preços imbatíveis.
    Ainda por cá andam arrumados dois Tsunamis, sendo em deles de mil novecentos e troca o passo, um P4 a 2GHz mas que já tinha um monitor com a excelente resolução 1600×1400, que ainda hoje envergonha a maioria dos portáteis, que apostam nos 1366×768!
    O meu cunhado tem um, que há uma porrada de anos (ainda no tempo do XP) já trazia duas gráficas comutáveis (uma intel e uma nVidea) e para não variar um monitor excelente…

  9. José Silva says:

    Depois do que levaram dos meus impostos no e-escola, a mim já não me levam nem mais 1 centimo!!!!!

    • ricardo says:

      se calhar foste uma das pessoas que aproveitou o e-escolas para ter um computador tu o milhares de portugueses e agora vens criticar uma campanha que para mim foi das melhores e mais revolucionarias que este pais teve, tu e todos esses anormais que estão aqui a criticar deviam era ter um pouco mais de orgulho sem ser português e apoiar tudo o que é nacional e que de trabalho as pessoas, se á produtos melhores no mercado isso depois o consumidor é que escolhe o que quer e o que pode comprar.

  10. L Vieira says:

    Esperava produtos com melhor design. Parece uma lojeka qualquer que monta pcs com peças manhosas e os nomes dos produtos foram escolhidos ao calhas.

  11. Modem says:

    Aquele AROA MDT parece bastante interessante. Resta é saber o preço.

  12. Miguel says:

    Nada com Linux?!

  13. zeze says:

    Ouve-se cada afirmação. Bem haja que ainda há alguém neste pais que pelo menos tenta, e ajuda a economia, criando emprego. Se os produtos são de primeira ou não é discutível, mas é sempre interessante saber que fui feito ou pelo menos montado cá em Portugal e que deu emprego. Continuem assim a apoiar apenas o que é chines, que vem com nomes chineses e vão ver onde vai parar este pais.

  14. Marco says:

    Aquele fortune mdt , parece ser engraçado

  15. Clixturbo says:

    Pois eu ainda tenho 2 portáteis Tsunami e quero-vos dizer que um deles anda a mudar constantemente de mãos e ainda funcionam muito bem.
    Welcome TSUNAMI

  16. VA says:

    Os TSUNAMI sempre foram carissimos pelo que ofereciam em termos de componentes internos……se estes forem iguais vão ter as mesma quantidade de vendas da ultima vez

  17. Manuel says:

    Algum destes produtos foi desenhado pela “TSUNAMI”? O redesign do logo podia se melhor, N está demasiado agressivo TSU (N) AMI e não transmite a sensação de produto tecnológico de qualidade. Logótipo impresso parece produtos chineses de baixa qualidade.

    • zombie says:

      Bom, entao estara no “bom” caminho ! Pq a “malta”, anda toda animada a mandar vir pela “net”, td que que é marca branca chinoca, desde que seja barato ! Nao importa quem constroi, se tem qualidade ou nao, se vem em chines, se nao tem garantia…é barato e “aparenta” ter umas “specs”, manda-se vir ( tipo smartwatchs a 30 eur, que dizem fazem o mm que os Gear, huawei, apple etc…).

  18. darth says:

    resuscitaram em 2016, o design esse mantem-se nmos 2000’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.