PplWare Mobile

Crie um logo Web 2.0 em 5 minutos


Autor: Ricardo Ferreira

Destaques PPLWARE

  1. António F. Cunha says:

    5*****, muito prático e eficaz!

  2. nrocha says:

    O que é que a construção de um banner tem a ver com web 2.0 ?!?!? :O
    Esse banner (tal como qualquer um for that matter) encaixa perfeitamente no contexto da chamada web 1.0… se quiser tambem o posso imprimir, etc etc.. isso não tem nada a ver com web 2.0..

    Peço desculpa mas vê-se que escolherem o titulo e a introdução apenas para estar na “crista da onda”, se me faço entender…

    CoolMaster

  3. Rhazahrd says:

    http://cow.neondragon.net/stuff/reflection/

    Nesse site ensina de um jeito muito mais simples a fazer esse tipo de reflexão com qualquer tipo de imagem, apenas inserindo class=”reflect” na tag img…
    Eu utilizava esse recurso, mas essa historinha de web 2.0 pra geek dormir é muita lenga-lenga pro meu gosto

  4. spsyagg says:

    @ m4n_in_bl4ck

    será que me podes dizer qual o tema que estas a usar? .. encontra-se no deviantart? 🙂

    Obrigado

  5. alexvf says:

    É costume mencionar os logos que têm os brilhos, espelhados e até o ‘beta’ como sendo logos para sites web 2.0. Embora o estilo dos logos para sites Web 2.0 possa ser o que cada um quiser, regra geral têm este aspecto.

    Relativamente ao tópico, lá venho eu com alguns links a propósito.
    Então quem quiser fazer um ‘logo web 2.0’ ainda mais rápido do que os 5 minutos anunciados neste post, pode usar um web 2.0 logo creator.
    Para além do logo, é sempre necessário ter um ‘badge’ a dizer ‘beta’,’alpha’ ou outra coisa qualquer. Este site permite que o façam nas calmas.
    Se curtes mais o ‘estilo Flikr’, usa antes este.
    Se já fizeste o logo e agora estás a pensar que gostavas de ter um background ao mais puro estilo web 2.0, usa este gerador de stripes (listas) para backgrounds.

    Abraço

  6. M. Monteiro says:

    Era de esperar comentários como o do CoolMaster, se não fosse ele, seria eu. A imagem acaba por sair interessante. Até para o trabalho que se tem a criar. Pecaram sim no titulo, que nada tem a ver.

  7. Carlos says:

    Web 2.0 não é tecnologia, não é padrão, não é livro de bolo. É pura e simplesmente marketing. Há anos a Web, dita 2.0, existe. O Gmail é prova viva. Acho infeliz a criação de um post tal mal informado buscando apenas atração.

  8. Covenant says:

    Também não percebi essa do Web 2.0 até estava a ver o que saia daqui mas…nada um simples texto com efeitos simples.

  9. m4n_in_bl4ck says:

    @spsyagg

    O tema chama-se VistyV2 😉

    Para todos os outros q criticaram o título escolhido para este post, devo dizer q a rotulação de Web 2.0 a este tipo de logos não é nova e muito menos foi inventada por nós. Citando o alexvf: É costume mencionar os logos que têm os brilhos, espelhados e até o ‘beta’ como sendo logos para sites web 2.0. Embora o estilo dos logos para sites Web 2.0 possa ser o que cada um quiser, regra geral têm este aspecto.

  10. Vítor M. says:

    nrocha não vejo como poderá o titulo estar desviado da realidade, tendo em conta, claro, que o autor do post apenas se concentra na imagem que escolheram para ilustrar os serviços Web 2.0.

    Mas já agora, caro amigo, (gosto de lhe fazer estes desafios), e se descrevesses, por tuas palavras, o que entendes por web 2.0? Aí sim queria ver o teu entendimento sobre o assunto, para poderes balizar conceitos e grafismos para o assunto em causa. 😉

    Agora é que são elas…

  11. nrocha says:

    @ Vítor M.

    Como ja se percebeu não fui o unico a não concordar com o titulo. Por isso não se porque te dirigiste só a mim.

    Quanto ao desafio a minha resposta é a seguinte:
    Eu não concordo com muita coisa e critico muita coisa e não é por isso que vou passar a fazer algo sem defeitos.
    Passo a explicar com exemplos reais, mas sem explicar a razão que não vem para o caso:
    – Não concordo que se vendam animais nas lojas, isto não faz com que eu tenha uma loja de animais onde não se vendam esses mesmos animais.;
    – Não concordo que a comida que comi ontem não tenha sal, não é por isso que vou escrever a receita e da-la ao cozinheiro, ou então que vá eu substituir o cozinheiro e cozinhar como deve ser;
    – Não concordo que não existam mais transportes publicos, já que os que existem estão lotados… não faz com que escreva um draft a explicar as como maximizar os horarios, o dinheiro e o número de autocarros…. e nem sequer vou comprar eu 50 autocarros para fornecer a companhia;
    – Não concordo com o desrespeito que os condutores têm para os peões, no entanto não vou escrever manuais de civismo basico;

    A lista podia continuar infinitamente, mas acho que fiz entender o meu ponto.
    O facto de não concordar com algo não faz com que as pessoas me exijam provas do meu eventual conhecimento sobre a materia, ainda para mais colocadas dessa forma, dou especial relevo ao “Agora é que são elas…”, como quem pensa “este incapaz, fala fala mas não sabe o que diz e agora não vai”…

    A verdade é que eu não preciso de provar nada a ninguem. Se não gostas de comentários a criticar algo mais vale não deixar que se comente! Já sabes como eu sou, gosto de dar criticas aparentemente de bota abaixo mas na verdade o seu sentido é construtivo.. é a minha maneira de me expressar.

    Enfim…

    CoolMaster

  12. Vítor M. says:

    Ó, pensei que ias dar uma contribuição aqui ao Pplware mas afinal mandaste uma resposta… ok obrigado na mesma. Não foi essa a minha intenção mas ok.

  13. apoc says:

    “Web 2.0 não é tecnologia, não é padrão, não é livro de bolo. É pura e simplesmente marketing. Há anos a Web, dita 2.0, existe. O Gmail é prova viva. Acho infeliz a criação de um post tal mal informado buscando apenas atração.”

    lol, dude, toda a gente usa a buzzword “web 2” mas n faz puta ideia do que é, dizer que é apenas marketing é uma ofensa, web 777 como prefiro chamar é um conjunto de ideias, básicamente, é dar poder aos utilizadores para criar o content, utilizar a inteligência colectiva, usar a web como plataforma de distribuição do serviço, criar aplicações web em que o conteúdo é o motor da mesma(youtubes/myspace/tretas assim não existiam sem os users que criam o content), utilizar standarts na criação das aplicações, facilitar o acesso aos dados da aplicação para que não fiquem presos apenas na aplicação original e criar mashups com essa informação, mashups é novo conteúdo criado a partir de outro já existente, cena típica seria usar o google maps com um overlay contendo a posição dos utilizadores deste blog.

    Há muita coisa a dizer, mas web2 não é apenas marketing nem o visual acima, a nível visual o mais importante é a simplicidade e facilidade de utilização, pensem Apple. Agora é uma quetão de se actualizarem uma beca e começar a lêr sobre o que vem a seguir a web2.

    btw, o ‘alpha’ ‘beta’ wtv faz parte da estratégia de desenvolvimento das aplicações web2, não é um enfeite, significa que a aplicação está em constante desenvolvimento, de preferência com base nos dados recebidos dos users, que seja pela simples utilização ou feedback fornecido.

  14. S. Costa says:

    Afinal alguém me pode dizer qual/quais a(s) diferença(s) entre um logo Web 1.0 e outro logo Web 2.0??? Porque sinceramente pensava que o logo aqui apresentado enquadrava-se nos logo Web 2.0.
    Assim peço, a quem saiba dar uma resposta clara e objectiva, que o faça!!!
    Um muito obrigado…

  15. Vítor M. says:

    apoc hoje já aprendi mais qualquer coisa 😉
    Bem sem duvida que está a fazer falta um post completo sobre o que é de facto a WEB 2.0, quais os serviços que alberga o “conten” que o apoc citou.

    Que tal juntar esforços e construírem para um trabalho aqui para o pplware sobre WEB 2.0?

    apoc, mais e melhor informação sobre essa tua visão da web2.0 aqui no PW, pode ser?

    vitorm.peopleware@gmail.com

  16. nrocha says:

    @ S. Costa

    Não existem diferenças, porque um logo é um logo! Eu posso ter esse logo numa página completamente estatica com meia duzia de palavras e fundo branco! Do genero “ola eu sou o nrocha” e colocar o logo… essa página não se encaixa no conceito de web 2.0…

    Que acontece se imprimires esse logo? A folha passa a ser web 2.0?

    CoolMaster

  17. knozer says:

    lolque discussao e assim o logo nao tem obrigatoriamente a haver com web2.0 mas e o tipo de logos que a web2.0 usa como foi dito cheio de luzes e essas pandeleirisse todas.

    Nao concordam com o titulo? é so pra chamar atençao?

    bem qual e o objectivo de um artigo, nao chamar a atençao?

  18. S. Costa says:

    @ nrocha
    Não estou aqui para criticar o trabalho de alguém, muito menos para julgar quem quer que seja, mas acho que entraste em em contradição. Senão vejamos, inicialmente disseste que o logo era um banner e que não era 2.0 mas sim 1.0, e agora dizes-me que não existem diferenças porque um logo é um logo. Digo isto, porque tinha a convicção que o tipo de logo/banner como o m4n_in_bl4ck fez enquadrava-se nos logos web 2.0.
    Assim ainda fiquei com duvidas acerca deste assunto!!!

  19. nrocha says:

    @ S. Costa

    Deves ter entendido mal o paragrafo que passo a transcrever:

    Esse banner (tal como qualquer um for that matter) encaixa perfeitamente no contexto da chamada web 1.0… se quiser tambem o posso imprimir, etc etc.. isso não tem nada a ver com web 2.0..”

    O que eu quis dizer é que este logo encaixa na web 1.0 como na web 2.0, como numa folha impressa, como num editor de imagem… o que eu quis dizer é que um logo é um logo e não pode ser associado a um contexto de web 2.0 se pode tambem ser usado num contexto de web 1.0, como num contexto de impressão, pdf, etc.

    🙂

    Eu ainda é que não consigui entender como é que um logo se encaixa num conceito como o da web 2.0… a questão é a do costume, para muita gente o que interessa é o visual e não entende o que esta por detrás das tecnologias, das formas de implementação e dos proprios conceitos, web 2.0 não esta ligada directamente ao aspecto… até porque uma das grandes razões de existir web 2.0 (o AJAX) não tem nada a ver com design.. e quem vier dizer o contrário é porque não sabe o que é AJAX…

    CoolMaster

  20. knozer says:

    sim o grande impulsionadro do web 2.0 foi o ajax pois permite aplicaçoes web mt dinamicas, e nao os logos mas nao creio que seja razao pra arranjar uma discussao meu deus…

    o titulo e masi rpa chamar a atençao mas e esse o objectivo como ja disse de um artigo, agora nao vamos andar todos a bulha por causa do simples titulo :S, quando que o fez simplesmente queria dizer um logo ao estilo actual como vemos os sites a mudar de estilo pra este e deixar de ser tao simples como era 😉

    Stay cool

  21. S. Costa says:

    Aqui somos todos civilizados e não andamos à bulha, o que se pretende é discutir, de forma saudável, os diversos temas aqui publicados.
    Eu sei que a web 2.0 tem haver com AJAX, mas como já vi em milhentos sites e blogs que também se designa por web 2.0 este tipo de logos; banners; icons, etc… também pensei ser a designação correcta para este tipo de grafismo. Por isso se me perguntarem se o logo que o m4n_in_bl4ck criou é estilo web 1.0 ou 2.0 continuarei a dizer que é 2.0.

    S. Costa

  22. Vasco says:

    Era porreiro era se fosse um tutorial numa ferramenta gratuita.
    Nem toda a gente tem 300€ para gastar num programa de edição de imagem, e há muita gente que não usa software pirata:/

  23. muito legal, já fiz a minha, valeuuu !

  24. m4n_in_bl4ck says:

    @Vasco

    No GIMP tens todo o material necessário para reproduzires este tutorial… 😉

    Quanto ao artigo q pedem sobre a Web 2.0, basta usarem a ferramenta de pesquisa do Pplware. Quanto a mim isto chega:

    https://pplware.sapo.pt/?p=4340

  25. Miguel Jeri says:

    Afinal alguém me diz o que é a web 2.0? lol é sem sarcasmo, já ouvi falar por essa net fora, mas sem nenhuma explicação concreta. Alguém mo pode resumir num par de linhas?

    PS – Concordo com o nrocha, fazer uma crítica a um post não nos obriga moralmente a fazer um substituto. Tomem-no como uma sugestão.

  26. Paulo Ferreira says:

    Bem espero que as pessoas que não são técnicos é queiras saber um bocado do que pode trazer web 2.0 fiquem esclarecidas com este excelente trabalho a url para o site é a seguinte http://www.slideshare.net/diegomont/web-20-75356 . Claro que é um trabalho que não tenciona abordar os termos técnicos do que vais mudar com as normas que iram ser abordadas no futuro, mas sim demonstrar como iremos no futuro interagir com a Internet e vice-versa. é também verdade que a web 2.0 é puro marketing, mas nos dias de hoje não é tudo?? Espero que o meu comentário traga algum contributo para todos, obrigado.

  27. Miguel,

    Já foi tudo dito aqui.

    Como referiu o apoc (comentário 13), Web 2.0 são todos os sites (ou ferramentas) cujo funcionamento depende directamente do vulgar utilizador. Embora o YouTube costume ser considerado o expoente máximo deste conceito, aquele que se costuma considerar como a origem da geração Web 2.0 é o del.icio.us.

    Repara nos dois sites que referi. Se não fosses tu, eu, o apoc, o m4n_in_bl4ck e todos os outros utilizadores do YouTube, o YouTube não era nada. Embora lá esteja um site, com todo um motor por trás, só funciona se tiver utilizadores a inserir vídeos, a ver vídeos, a comentar vídeos, a classificar vídeos, etc. Chama-se a video sharing (partilha de vídeos) e é um dos ramos do Web 2.0.
    Já o del.icio.us é a mesma coisa. Para que é que serve um site de bookmarks (favoritos) se ninguém lá adicionar nenhum link? Para nada. O conceito de social bookmarking é mais um dos ramos do Web 2.0.

    É esta a razão pela qual a Time escolheu como personalidade do ano 2007 (julgo que foi já de 2007) ‘TU’, ou seja, toda a gente que ‘faz’ esta nova geração de sites – todos nós – os motores do Web 2.0.

    Se reparares, é exactamente o que está no excelente vídeo cujo link foi colocado aqui pelo m4n_in_bl4ck no comentário 24 (obrigado pelo link, o vídeo é simplesmente espectacular!).

    Outros sites conhecidos que fazem parte desta nova geração são, por exemplo, o Digg.com (e todos os sites de filtração de notícias pelo utilizador), o Hi5, MySpace, Facebook (e todas as comunidades sociais online), e muitos, muitos outros.

    Uma coisa que foi referida aqui, pelo menos por duas pessoas, é o uso do AJAX. O uso do AJAX não está directamente ligado ao conceito de Web 2.0 mas é verdade que, por força da adaptação às novas tecnologias, o AJAX é quase obrigatório neste tipo de sites. Um site que precisa de utilizadores para funcionar não se pode dar ao luxo de ficar para trás tecnologicamente, porque senão, os utilizadores fogem para a concorrência. Como o AJAX permite que as funcionalidades dos sites se tornem muito mais rápidas (visto que permite alterações a blocos das páginas sem ter que as refrescar por inteiro) os utilizadores preferem-nos. Não há nada como navegar confortavelmente num site rápido.

    Um abraço.

  28. Miguel Jeri says:

    @Paulo
    A apresentação está bem porreira 😉

    @Alexandre
    Claríssimo. Obrigado aos dois

    Cumps a todos

  29. Pamps says:

    Infelizmente não existem exemplos .pt ou lingua portuguesa a dar.

    Se pedirem a uma entidade financeira para € 1.000.000 para uma excelente ideia Web2.0… hummm; vão perguntar se o site tem 2 ou 3 colunas e se tem zona de membros reservada e tem form web to mail.

    Temos, em lingua portuguesa, alguns excelentes esforços em aplicar algumas das tecnologias referidas mas sempre por iniciatica própria e com orçamentos limitadissimos. Ou utilização de scripts opensource como mundopt tags… ou pligg em alguns websites.

    O plano tecnológico deste país é ter computadores e ADSL espalhados pelo território sem qualquer estratégia incluida

    Acredito que temos excelentes coders e ideias mas enquanto a mentalidade instalada se mantiver teremos de nos dedicar a outros temas.

    cumprimentos

  30. nuno neves says:

    eh pá tanta gente a falar da web 2.0…

    é melhor virem aqui:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Web_2#Defining_Web_2.0

  31. ositaka says:

    Logos web 2.0? Será que posso mudar o W por um V?

    Logotipos sao logotipos… Não há logotipos para a web 1, 2, 3, etc…
    Pode haver logotipos para multimedia, com volumes, brilhos etc; e logos para impressão com cores mais simples, tendo em conta que o suporte é o papel.

    Agora logotipos web 2.0? Por amor de Deus…

    Este pplware vai de mal a pior.

  32. m4n_in_bl4ck says:

    @ositaka

    O Pplware e todos os outros 27.000 (aproximadamente) sites que também utilizam essa designação…

    http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=%22logo+web+2.0%22

  33. Muito interessante o artigo .
    Parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.