Quantcast
PplWare Mobile

Tags: olfato

Estudo mostra que cães podem detetar com precisão cancro no sangue

A tecnologia já desenvolve sensores que permitem analisar diversos fatores outrora impossíveis de validar. Contudo, há sensores naturais que podem ter uma serventia incrível. Os cães têm recetores olfativos 10.000 vezes mais precisos que os humanos, tornando-os altamente sensíveis a odores que não sentimos. Agora, um novo estudo mostrou que os cães podem usar o seu olfato altamente evoluído para recolher amostras de sangue de pessoas com cancro.

Este novo método tem tudo para ser barato, acessível e eficaz.

Imagem beagle a detetar cancro em sangue de paciente