Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Hulk

Análise Deadpool (Playstation 3)

Com quase 100 anos de existência, a Marvel é uma das marcas mais antigas de banda desenhada apresentando alguns dos super-heróis mais conhecidos e preferidos, de muitos de nós.

Basta mencionar Wolverine, Captain America, Hulk ou Spiderman para compreender a dimensão da marca Marvel e suas personagens.

No entanto, existem outros heróis, muitas vezes escondidos nas sombras que também merecem o seu lugar de destaque, e recentemente foi lançado um jogo a homenagear precisamente um desses personagens Marvel, Deadpool.

O Pplware já jogou com este pouco convencional super-herói e, de uma forma completamente insana … gostou.

DEADPOOL1


Análise Marvel 3versus Capcom (Playstation 3)

O Universo fantástico da banda desenhada está connosco já há muitos anos e pode-se dizer que tem papel importante do desenvolvimento das sociedades. Ao acompanhar o desenvolvimento da sociedade muitos foram os aparecimentos e desaparecimentos de heróis e vilões mas há sempre aqueles, como por exemplo Homem-Aranha ou Hulk que se recusam a desaparecer e que inclusive recebem recargas de poder com o seu aparecimento noutros suportes (cinema, videojogos…).

Na sua grande generalidade as suas histórias centram-se nos inevitáveis confrontos do Bem contra o Mal, temática que o ser humano tanto precisa ou gosta.

Mais tarde que a banda desenhada apareceram os primeiros heróis digitais. Devo dizer que sinto-me um privilegiado, certamente á semelhança de muitos de vós, por pertencer à geração que viu aparecer as primeiras máquinas de jogos, numa altura em que os Spectruns ZX 48K, os 128K e os Amiga reinavam. Com elas apareceram alguns dos heróis para computador mais fixes da história, como por exemplo Ryu ou Chun Li.

O final do ano passado viu aparecer o terceiro capítulo do título Marvel versus Capcom que de certa forma tenta juntar ambos os heróis e vilões destes dois universos distintos.