Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Hoshido

Análise Fire Emblem Fates (Nintendo 3DS)

Fire Emblem é um daqueles casos de jogos que, apesar de terem a sua origem localizada no Extremo Oriente, conseguiram ultrapassar a barreira do espaço e invadir (pacificamente) os mercados ocidentais. Trata-se de um JRPG (Japanese Role Playing Game) e que representa uma série já com mais de 20 anos de existência.

É também um dos grandes RPG de aventura com a chancela Nintendo, e em 2016 regressa à nossa companhia, com Fire Emblem Fates. Aliás, em abono da verdade, Fire Emblem regressa mas com 3 novos títulos (veremos melhor este aspecto mais adiante).

O Pplware já experimentou Fire Emblem Fate e sentiu o pulso ao poder deste RPG à moda antiga.

FEF


Fire Emblem: Fates e a escolha é sua

Os fãs portugueses de jogos de estratégia estão prestes a enfrentar uma escolha difícil: lutar pela família que os criou em Fire Emblem Fates: Conquest ou lutar pela terra natal em Fire Emblem Fates: Birthright.

Este é o lema para dois novos títulos RPG (Role Playing Games) que foram lançados ontem em exclusivo para a família de consolas Nintendo 3DS.

FireEmblemFates