PplWare Mobile

Terminal Linux no Windows – Cygwin 1.5.25-14


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Daniel Esgaio says:

    excelente post… isto vai dar a conhecer sem grandes stresses as potencialidades do Linux/Unix aos mais distraídos 🙂

  2. ozie says:

    viva

    tinha uma pergunta

    é possivel ter uma rede linux/windows no mesmo pc? e a entrada da net vir pelo linux ( modo firewall) depois passar para a rede windows?

    abraços

  3. fernando martini says:

    realmente bem util p\ novatos comecarem a ter umn contato c\ a parte grafica e o terminal do linux

  4. Pedro Pinto says:

    ozie,

    Sim é possivel. Podes até fazer de um Linux um autêntico router 🙂

    Pedro Pinto

  5. VitorMartins says:

    OFFTOPIC: So para avisar que a ati lançou uma nova versão de drivers para windows e Linux.

    ATI Catalyst™ 8.7

    http://ati.amd.com/support/driver.html

  6. Nuno José says:

    Já agora para quem não sabe, a maioria dos router actuais são autênticos PC mais poderosos que os 1ºs pentium e adivinhem o que correm??? Linux (eu disse maioria não disse todos antes de criticarem)

    A asus até já tem um que faz de servidor ao mesmo tempo e tudo.

  7. Canha says:

    tenho uma pergunta pedro

    eu ja conhecia esta aplicaçao.. mas é possivel usar algum editor de texto em k se possa editar e ver o ficheiro?!

    brigado e continuaçao de um bom trabalho pessoal.. 😉

  8. Para quem quer apenas um terminal em Windows ou Pocket PC aconselho vivamente o Putty ou PocketPutty.

    Para quem quer trocar ficheiros facilmente entre Windows e Linux, aconselho o WinSCP.

    Cumprimentos

  9. Dark says:

    Eu nao aconselho ter um PC a servir de router… estão a gastar energia que tão cara é…

    comprem um router, modem adsl, firewall, vpn, wifi, etc etc etc.. tem tudo em 1 e usa ou linux, ou freebsd, ou algo do genero.

    Por exemplo, eu tenho um Siemens SX763 e aquilo é uma maravilha. tenho ADSL 16/1, e pelo menos 2 Pc’s fixos e uns 6 portateis, pelo menos 2 jogam WOW online, 2 usam Torrents, 2 usam VOIP.

    tudo isto ao mesmo tempo e a unica coisa que as vezes fica curto é nas virtual hosts, mas para quem usa aplicaçoes com UPNP nao ha problema!

    força… e poupem na electricidade.

    pois ter um PC velho pouco eficiente energeticamente so para servir de router com um linux… nao eh boa opção

  10. Miguel Rodrigues says:

    De referir que o cygwin é bastante giloso em termos de recursos da máquina.

  11. Malta, um verdadeiro comentário ao post:

    Sim senhor, bem caçado, mas (ai ai, o que é que virá aí?) eu acho que um live CD faria melhor figura.. Talvez o utilizador necessite de algo mais do que apenas ver uma linha de comandos e testar alguns.
    Tá engraçado, mas … Live CD –the real Distro–

    THE POWA OF UBUNTU!!!

    http://www.penguincommunity.wordpress.com

    (precisava de um slogan para a comunidade, LOL) 🙂

  12. Kayn says:

    @Canha: Podes. Experimenta o VIM. Embora seja mais que um editor de texto (podes programar nele), tambem funciona como tal.

    Eu, basicamente, aprendi a programar C com o VIM em ambiente cygwin. Bons tempos em que nos obrigavam a fazer tudo a mao…

    É bom ver que o cygwin nao ta parado e continua em desenvolvimento.

  13. @Kayn e @Canha: secalhar é melhor usar o NANO, o VIM pode ser complicado para um utilizador novo porque tem os seus comandos e tens de andar a ver pelo manual, o NANO mostra-te os comandos essenciais e escreves tipo notepad nele, ao contrário do VIM, que tens de clicar no INSERT para escrever ou usar outros comandos para substituir palavras, etc.

    considero o VIM melhor, mas mais complicado para um utilizador novo no linux

  14. Nuno says:

    Viva,

    Sera que esse terminal permite usar o gedit, gcc … ou seja dá possibilidade de programar como se estivesse no linux e construir uma aplicação client/server multithreding… etc

  15. @Nuno

    Não sei se permite, mas provavelmente se precisas de usar tanta coisa de linux mais vale instalar ou correr um live cd como já sugeriram, não?

    O terminal é ideal para fazer manutenção e trabalhos “pequenos”, mais do que isso já compensa provavelmente uma instalação ou live cd.

  16. José Fonseca says:

    Parabéns por mais este excelente post.
    Já agora, uma das grandes utilizades do Gygwin é, no entanto, a possibilidade de se programar em windows usando as funcionalidades do Linux, nomeadamente em termos de processos e rede.

  17. Nuno says:

    @Bruno.
    és capaz de ter razão! a questão é que tenho 2 boots esta escolha foi pk como alternativa tinha de instalar o VMWARE, o que me iria tornar o sistema mais lento.
    Estava a espera que esta solução me permitisse um pouco mais de comodismo.

    A ver se instalo … estou curioso será que é mais leve do que o VMWARE ?

  18. @Nuno

    É consideravelmente mais leve que o VMWare dado que não está a emular uma máquina virtual, mas tens de compreender que são coisas diferentes.

    Dual boot é o mais indicado normalmente, tens de rever melhor as tuas necessidades, porque duvido que seja mesmo necessário “andar de boot em boot”

  19. Canha says:

    pois..eu cmo tou na faculdade..nos usamos o vi cmo editor de texto..mas cmo tenho muitas cenas no windows..nao me da jeito tar sempre a mudar para o ubunto..entao econtrei o Cygwin aki no pplware e ate axei fixe..mas nunca consegui usar nenhum editor nem de fazer o download dos packages..mas ja ta la..

    thanks Kayn e Bruno Bernardino

    cumps

  20. Lenfexs says:

    gente,é possível programar em C ANSI usando o Cygwin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.