Quantcast
PplWare Mobile

Configure facilmente o seu Ubuntu 12.04 com o Unsettings

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Miguel says:

    coriscos safados

  2. Serva says:

    Essa paga direitos de autor ao capitão haddock .

    Cumprimentos

    Serva

  3. Jysk says:

    Muito boa…. a dica.

  4. Linuxiano says:

    Para quem se andava sempre a lamentar da falta de personalização da interface Unity do Ubuntu, eis que não faltam ferramentas para isso 😛

  5. Serva says:

    O problema é que elas não funcionam como deviam caro Linuxiano , eu estou com a interface KDE e se não fosse esta escolheria a XFCE que é também a eleita pelo Linus Torvalds , infelizmente a Gnome também seguiu um caminho muito estranho como o Ubuntu com a Unity , sabes que quando estou a trabalhar nessa interface gráfica sinto-me constrangido é algo que não te sei bem explicar , mas aquela barra dá-me cabo da cabeça , eu que até a 10,04 tinha a minha dock Cairo e o Gnome 2.3 conseguia tirar uma produtividade elevada e com uma experiência muito agradável , hoje quando volto a esta distro já sinto o peso dos anos o Linux move-se mesmo muito rápido .

    Depois que me iniciei no KDE 4 , a minha curiosidade levou-me a experimentar o KDE 3 e 2 anos no Linux fazem bem a diferença esta interface está também muito envelhecida , não sei se tiveste oportunidade de ver um vídeo da Linux Foundation que eu postei a dias , este vídeo é bem esclarecedor da velocidade que o Linux imprime aos seus projectos , pelo sim pelo não fica aqui o link para consultares .

    Este é o da comemoração dos 20 anos do Linux

    https://www.youtube.com/watch?v=5ocq6_3-nEw

    Este demonstra como o SO é construído , sendo este que te falava só por si impressionante .

    https://www.youtube.com/watch?v=yVpbFMhOAwE

    Abraço

    Serva

    • Linuxiano says:

      Eu compreendo a tua frustração com a barra do Unity, na versão 11.10 era o que mais me irritava no Ubuntu e agora na 12.04 ainda não a consegui configurar do modo ideal. A função de arrastar não está a funcionar da melhor forma. Na verdade eu sempre conheci o Ubuntu com Unity pois iniciei-me em Linux com Ubuntu 11.04, a mim talvez não me faça tanta impressão. Eu pessoalmente acho que o Ubuntu consome um pouco mais de recursos do computador do que eu gostaria e sou mais adepto de outro tipo de interface, por tudo, isso no meu desktop antigo voltei-me para o Lubuntu com LXDE e a sua simplicidade e funcionalidade bem como baixo consumo encantaram-me.

      Por acaso ainda não tinha visto qualquer dos vídeos, o segundo mostra o Linux em números que até eu ainda não tinha verdadeira noção, obrigado por partilhares 😉

  6. Serva says:

    Boa noite , se tiveres paciência pensa em instalar o Kubuntu ou o Big Linux ou o Chakra ou o Netruner ou mesmo o fedora 17 que ainda está fase beta mas que me surpreendeu pela sua estabilidade , claro que todos estes na versão KDE .

    O LXDE é de facto um SO muito leve e tão ou mais potente que o Ubuntu , também foi uma das minhas hipóteses quando comecei a tentar encontrar um substituto para o Ubuntu 10,04 .

    O Kde com a versão actual do plasma a 4.8.2 , está absolutamente fantástica , nada a dizer até hoje e suponho que já te apercebeste que sou exigente e não tenho qualquer problema em criticar , desde que seja de uma forma positiva , o Ubuntu a continuar assim vai mal e isso é uma pena porque o Mundo Linux deve muito a Canonical que com a sua visão tem vindo a tornar o Linux muito fácil de usar .

    Os problemas que sinto com o Kde só se manifestam em portáteis a gestão de energia embora esteja bem melhor , mas infelizmente ainda não chegou ao nível da Microsoft , tinha esperanças que este novo Kernel optimizasse mais o consumo energético isso só aconteceu em parte , mas o problema subsiste .

    Aceita os meus sinceros cumprimentos

    Serva

    • Linuxiano says:

      Eu concordo contigo em relação ao Ubuntu, sempre fui um utilizador Windows até há 1 ou 2 anos atrás e o Ubuntu foi a porta de entrada para o mundo Linux, pela sua facilidade de uso habituei-me a ele em questão de poucos dias, mas às vezes apetece-me mudar para um outro tipo de distribuição porque sinceramente entre estar no Windows 7 ou no actual Ubuntu acabo por ficar a maior parte do tempo no 7. Eu já experimentei o Fedora numa pen e gostei do “look and feel”, mas não adoptei porque não é da família .deb e fiquei com um certo receio de não haver a mesma diversidade de aplicações e também para não ficar excluído da enorme comunidade de suporte do Ubuntu. No meu desktop vou mesmo ficar pelo Lubuntu porque ele já tem para cima de 5 anos e o Lubuntu assenta na perfeição naquelas configurações mas no portátil estou cada vez mais tentado a mudar de distribuição.

      • Serva says:

        Instala o Big Linux , não te vais arrepender , está melhor que o Kubuntu , estas versões LTS da Canonical estão pouco amadurecidas , não sei se foi por alterarem o cronograma habitual , sendo que foi suprimida a RC e uma versão Alpha , espero que corrijam esta situação rapidamente mesmo no Kubuntu apesar de não existirem erros grosseiros ou bugs de maior , mas para te dar um exemplo a minha gráfica uma Nvidia 450 GT sempre foi reconhecida por todas as distros Linux , com o Kubuntu também foi , mas para activar a aceleração 3D acabei por ter de recorrer a drives externas da distro , penso que isto é inaceitável numa LTS , algo anda mal para os lados da Canonical .

        Cumprimentos

        Serva

  7. Serva says:

    esculpa queria dizer o LXDE é uma interface muito leve , as minhas desculpas .

    Serva

    • Jysk says:

      Instalei o Kubuntu quando o Ubuntu se mudou para o Unity mas depois de usar durante algumas semanas nao consegui gostar da Interface. Uma coisa e certa e concordo quando dizes que e mais leve. Pelo menos na minha maquina antiga ate mesmo o live CD funciona sem problemas. O CD do Ubuntu demora a carregar e quando carrega nem sempre dava para instalar a versao mais recente do LTS. Tive de recorrer a versao 10.04 para ver se conseguia instalar o Ubuntu. La consegui e depois fiz o upgrade. Para quem usa MAC o Unity e uma especie de copia.

  8. Reis says:

    Boas pessoal!
    Para esta ultima versão do ubuntu eu estava muito animado para ver com ficaria. Acontece que afinal é a unica que me crasha o computador… Será que é só comigo ou acontece com algum de voces?
    Cumprimentos,
    Reis

  9. serva says:

    Bom dia caro João Reis , no meu P4 instalou lado a lado com o Kubuntu 12.04 sem problemas , o que noto verdadeiramente é que esta LTS do Ubuntu irá ficar para a historia como a pior das LTS produzidas pela Canonical pelo menos desde a 6,04 que foi quando comecei a usar de uma forma frequente e sem interrupções o Linux e nessa altura já o Ubuntu rivalizava com o Windows XP .

    Já uso Linux vai para 8 anos e esperava mais desta LTS de aonde estou a escrever , vou tentar a dica do @Pedro Pinto , sei que normalmente as versões LTS trazem poucas novidades , mas primam pela estabilidade coisas que esta não faz em condições tal como um simples auto hide da barra lateral , os utilizadores desta interface também vão encontrar poucos temas para esta nova versão do Unity , como já disse pode ser que com mais tempo possam amadurecer esta interface tornando-a mais flexível .

    Cumprimentos

    Serva

  10. Arlindo Pereira says:

    Ao pessoal que ñ gosta do unity… Têm a opção de escolher vários ambientes gráficos.
    Eu iniciei-me no mundo linux há pouco tempo, comecei na versão 11.04 do ubuntu. Neste momento tenho a versão 12.04 e vários ambientes gráficos instalados. Do unity só tenho a barra lateral, uma vez que este pc ñ o suporta. Ao iniciar o grub escolho o que pretendo. Posso escolher: Ubuntu com a barra unity, mas o ambiente gráfico é o gnome, kde e xfce. Cada um deles com suas particularidades… Vou testando cada um deles para conhecimento e dp escolher o que + gosto. Ou até, quem sabe, manter todos… Até ao momento qualquer um deles me parece estável.

    • Serva says:

      Arlindo Pereira ,

      Boa tarde , eu prefiro não ter vários ambientes gráficos instalados na mesma distro , cada um tem as suas particularidades o ambiente clássico também para mim já não é opção nota-se o peso dos anos desta interface Gnome .

      Eu de facto gostaria que tanto a Canonical como a Gnome tivessem sido mais assertivos nas escolhas das suas novas interfaces , começo pelo cuidado do look das aplicações , coisas tão simples como a mensagem de quando encerras o pc , este rectângulo que te surge teria certamente de ser mais cuidado e não seriam necessárias assim tantas linhas de código quanto isso .

      Depois da estabilidade que o Linux atingiu é tempo de cuidar do look , em tempos pensei que o problema era derivado do controlador gráfico ”X” , mas hoje chego a conclusão que este controlador não é assim tão culpado , existe outras distros que sabem cuidar desse look e usam exactamente o mesmo controlador .

      Como utilizador diário de Linux , gostaria de ver colocado em marcha o projecto Wayland qu iria permitir uma pequena grande revolução neste SO no que ao grafismo toca , esperemos que a Canonical perceba o desagrado dos seus fieis utilizadores e que de alguma forma possa tornar a experiência de usabilidade ser melhor da que existe nesse momento , a comunidade Linux deve muito a Canonical que com a sua visão tornou o Linux mais fácil de usar e criou uma comunidade a sua volta muito interessante , eu até considero que a Canonical potenciou o uso e divulgação do Linux .

      Eu apesar de ter iniciado o meu percurso no Open Suse , rapidamente mudei para Ubuntu quando eles estava ainda na versão 5,10 , e depois de uma forma definitiva com a 6,04 LTS .

      Por nostalgia instalei estas distros aonde me iniciei e foi com agrado que vi mesmo na minha maquina nova com um processador Intel I5 todo o hardware ser reconhecido .

      Aceitem os meus sinceros cumprimentos

      Serva

  11. serva says:

    João Reis ,

    Bom dia , fica atento a este link que aqui te deixo , pode ser que dentro de uma semana já possas ter alguma versão melhorada , hoje tinha 54 actualizações para fazer , mas atenção eu activei já diversas fontes e respectivos repositórios , curiosamente a maior parte destas actualizações foram para o controlador gráfico X e para drives novas da Nvidia e AMD .

    Aqui fica o Link

    http://cdimage.ubuntu.com/daily-live/current/

    Cumprimentos

    Serva

    • João Reis says:

      Boa noite, Serva! Obrigado foram as actualizações para o Xorg que resolveram o meu problema! Finalmente! Agora já só falta alguém fazer um script que funcione bem para o dodge window… não sei o que passou na cabeça da canonical para remover essa opção…

      Com os melhores cumprimentos,
      Reis

  12. Paulo says:

    Pois eu continuo a não gostar do unity, e uso a gnome shell no desktop e no portátil, pois acho que está exelente, quando combinado com a cairo dock.. no netbook uso o lxde, mas o cinnamon tb não é pesado..

  13. Serva says:

    Paulo ,

    Boa tarde , eu da primeira versão da Gnome Shell não gostei nada , mas confesso que me sinto tentado em experimentar esta interface , a Gnome tem para mim um simbolismo de qualidade , queria só saber se foi no Ubuntu que instalaste a Gnome Shell ou se optas-te por instalar uma distro com esta interface , se sim diz-me qual sff .

    Cumprimentos

    Serva

  14. Castro says:

    Já alguém falou aqui no Lubuntu com interface LXDE, eu também fiquei bastante satisfeito com ele e recomendo a qualquer pessoa, ele foi desenhado para computadores antigos na gama do Pentium II a IV, mas reconheceu na perfeição todos os dispositivos do meu portátil com cerca de 1 ano. Eu sou da franja anti-Unity e procurei por alternativas. O Lubuntu permite desfrutar de todas as vantagens de ser da família debian/ubuntu ao mesmo tempo que tem uma grande economia de recursos, rapidez e é muito prático. A questão da simplicidade acaba por ser um gosto pessoal, mas até vou partilhar convosco umas screenshots do meu Lubuntu personalizado:
    http://dl.dropbox.com/u/74272967/2012-05-01-145309_1280x720_scrot.png
    http://dl.dropbox.com/u/74272967/2012-05-01-145044_1280x720_scrot.png

    Como defeitos, aponto alguma instabilidade, com alguns crashes de janelas e processos de vez em quando, mas que tem acontecido sobretudo depois que actualizei para a 12.04, se calhar deveria ter instalado de raíz :/

    • Castro says:

      Esqueci-me de referir que a partir da versão 12.04, o Lubuntu conta agora com a sua própria central de programas, na minha opinião um reforço de peso para os seus utilizadores, embora o Synaptics não deixasse nada a desejar.

  15. Arlindo Pereira says:

    Atenção ao ambiente gráfico FXCE no ubuntu. há 2 dias que estava a testá-lo e começou a dar problemas, as janelas ficaram sem os botões: fechar, maximizar e minimizar. Ao usar o browser rekonq tb fechava inesperadamente. Não sei se é por usa-lo com os outros ambientes na mesma distro ou ñ.

  16. Arlindo Pereira says:

    O Rekonq tb fecha inesperadamente no KDE e Gnome, sendo assim, o problema é do browser…

  17. Opteron says:

    Obrigado pela dica!!!

  18. Serva says:

    Como disse péssimo trabalho da Canonical pelos visto em toda a sua gama de interfaces .

    Cumprimentos

    Serva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.