PplWare Mobile

Java é a linguagem número um! A “culpa” é do Android


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. jedi says:

    Claro que o android ajudou á festa para o Java. Ja utilizei tanto C, JAVA, C# . Neste momento mais a fundo com javascript.

  2. knom says:

    mas não é só por causa do android… a maioria das apps agora é web based, c#, c++, etc…

    mas eu percebi o que voces queriam dizer =DD

  3. lage says:

    Python a mais utilizada em 2011? Duvido muito!
    Até no gráfico que mostram dá para ver que pyton nunca chegou perto dos 10%…

  4. Solarix says:

    Gostei da imagem inicial. Ainda tem o logo da SUN 🙂
    Saudades….

  5. Filipe says:

    C ainda é a segunda? Pensava que já não se usasse com a capacidade de processamento dos processadores atuais 😮

    • YaBa says:

      E o que tem uma coisa a ver com a outra!?
      **facepalm** é com cada um.
      🙂 🙂 🙂

      • Filipe says:

        Não percebo quem se digna a escrever em C ainda… Não sei se sabes, mas no mundo empresarial tempo é dinheiro. C demora tempo a programar e a ter as coisas feitas, C++ já demoras menos e tens mais bases (libs). C era bom quando os processadores trabalhavam na ordem dos kHz ou poucos MHz, não na ordem dos GHz… é simplesmente perda de tempo para ganhos de performance irrisórios…

        • YaBa says:

          NVidia, AMD, Microsoft, Linus Torvalds
          Só para te enriquecer com conhecimentos novos.
          Esses “coitaditos” ainda programam em C, já viste?!
          Nem sei porque é que não optam pelo .Net para drivers, sistemas operativos, firmwares e etc…não sei mesmo 😉 😉 😉

          /ironic off

        • lmx says:

          Bom,
          nem sei o que dizer… LOL
          O que sei é que há empresas.. que com microprocessadores de alguns euros…teem products que são melhores que a maioria que hoje usa esses processadores top, mas na qual o preço do software + Hardware e brutalmente superior…

          As graphics e um exemplo disso, com processadores mais fracos conseguem ter níveis de performance superiores a se tivessem processadores mais poderosos e usassem linguagens mais lentas… ou seja… você disse e bem… tempo e dinheiro…

          Você investe no tempo gasto na produção de software profissional… é depois ganha o mercado com produtos que oferecem uma performance incomparavelmente superior a um preço muito menor do que se usasse linguagens mais pesadas…é exactamente por isso é que se usa C… para haver eficiência.. gasta-se no software tempo a desenvolver e depois ganha se vendendo os produtos.. com. specs mais baixas e melhores performances que outros…

          exemplos
          iphone,Blackberry, amd,nvidea, empresas que precisam de processamento a sério.. etc

        • scratred says:

          Acho que você não entendeu, mais esse ganho de “performance irrisório” que você cita é justamente o grande diferencial do c, e com profissional, arisco dizer que essa linguagem ainda reinará na sua área enquanto processadores de silício for a maioria.
          No mundo empresarial, principalmente no mercado financeiro, se ganha dinheiro nos milissegundos, muitas vezes um sistema tem que operar milhões de transações entre vários nós, avaliar flutuações no mercado, filtrar GBs de dados e tomar decisões no menor tempo possível. Se poder ser feito em menor tempo, com certeza o procissional que sabe C estará empregado.

  6. mzzr says:

    “e tal sucesso deve-se, em grande parte, à plataforma Android da Google”

  7. PSL says:

    C++ acima de C# e JavaScript?

    LOL!

    Não, não é…

  8. Xoxota says:

    Só se for pelo Android porque de resto…:/

    • eleck says:

      se tu soubesses que nao é pelo android mas sim pois é a linguagem mais usada de backend do mundo para aplicaçoes web nao dizias isso.
      pois la por pensares que c#, c++, php,etc, são boas linguagens tens que ver que a quantidade de api’s que saiem para integrarem com java é enorme, e que o java abrange quase todo o tipo de plataformas, até cartoes de banda magnetica, sms, mail, etc. Hoje em dia tu não vez um site que altamente concorrencial (sites com elevado numero de acessos), com backend em c#, ou c++,vez os site feito em java, e depois no frontend aplicam o que quiserem

  9. YaBa says:

    oh Pedro, lá vem mais uma guerra santa 😉 😉

  10. Nunes says:

    Como é que sabem que a culpa é do Android!?
    Olhando para o gráfico a tendência que se vê é que desde a introdução do Android o JAVA tem continuado a cair no índice, enquanto a linguagem C até subiu!

    • Pedro Pinto says:

      Tens essa info no artigo original.

      • Nunes says:

        No texto original tb não explicam, apenas lançam a hipótese! O facto é que o Indice tem imensas oscilações ao longo do ano, mas mantém a tendência de queda… explicar mais uma oscilação meramente mencionando o Android não é muito convincente

    • LP says:

      Que linguagem usas mais?

      • Nunes says:

        O que é que isso tem a ver com a questão!??
        Para além disso este Indice não pretende revelar qual a linguagem mais usada mas sim um determinado nível de interesse.

        • LP says:

          Mera curiosidade de saber que linguagem um bioquímico (se não me engano) utilizaria…
          Pela resposta depreendo que seja Java.

          • Nunes says:

            mas que pancada que deves ter!

          • LP says:

            ?!
            presumo que onde se lê “deves” se se deve ler “devo”.

          • Nunes says:

            não precisavas de dar mais provas, o teu outro comentário já tinha sido suficiente para se depreender a pancada que tens!

          • LP says:

            Começar frases com minúscula é algo que não encaixa no “Nunes” perfeccionista, pelo que penso estar a falar com um “Nunes 2”, sendo uma explicação mais plausível que a , no entanto possível, hipótese de uma regressão que levou a tal manifestação de imaturidade, falta de lógica/argumentação e de tantas outras coisas a que não estou habituado vindo do “Nunes”.

  11. Eros Loeps says:

    Uso ASP

  12. ZiLOG says:

    Alguém me sabe explicar o motivo de o browser Google Chrome ter desactivado os plugins de Java e Silverlight da sua versão 42?

    • PHRF says:

      Sim. A Google decidiu fazer das delas e retirou o suporte ao Npapi. Podes voltar a activar em chrome://flags pesquisando por npapi, mas eles vão acabar com o suporte definitivamente lá mais para a frente.

  13. Dr1v3r says:

    Pronto acho que vou ser o único a responder à questão lançada.

    Sou programador e trabalho com COBOL.

  14. int3 says:

    A culpa não é nada do android. nem de perto. Antes do android já havia o Java . Não sei se estão a par mas há muitas aplicações para android que são programadas em C++ por causa do performance. O framework chama-se NDK. Por isso o android não é a principal causa da tendência. Vemos JS Java e tanta coisa que envolve java em todo o lado até em sistemas de SMS e entre outros, até os próprios cartões SIM’S dos telemóveis são escritos em Java.

    • Programmer says:

      Bem o NDK do android tem uma grande desvantagem de ter o overhead do java… Aliás todas as chamadas entre o C++ e o Java (as bibliotecas do android são java) e vice-versa tem um overhead enorme que muitas vezes acabar por tirar a vantagem de performance que o pode C++ oferecer.

      Por esta razão muitas das vezes é preferível programar só em java nessa plataforma. Aliás se não fosse necessário essa camada de java para chamar o C++ as aplicações em C++ para android seriam executadas instantaneamente tal como a maioria das aplicações no iphone.

    • Gonçalo says:

      Mesmo hj em dia carros, frigorificos, televisoes usam Java.
      C tb é usado C# tb n cresce mt pk so cria apps para desktop.

  15. FXX says:

    É estrnho o Visual Basic estar à frente do Visual Basic .NET e não haverem dados de 2014 sobre Visual Basic uma vez que é mais antigo que o VB.NET…

  16. João says:

    Já agora, um pouco off topic mas não deixa de ser uma leitura interessante http://sebastiansylvan.com/2015/04/13/why-most-high-level-languages-are-slow/

    E já agora a linguagem que uso mais é o c++, e a seguir javascript

  17. dmtg says:

    Isto e tudo muito bonito mas a partir da versao 45 do chrome deixara de suporta java. Atualmente a versão 42 ja vem o java desactivo

  18. Luís Ferreira says:

    Aproveito para desejar os parabéns ao pplware pelos 10 anos de qualidade 😉 . Como linguagem utilizo mais a VB.NET mas estou a começar a utilizar C e vou passar a substituir o VB.NET por C#. Uma pergunta qual acham a mais eficiente c# ou vb.net? Thx

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.