Quantcast
PplWare Mobile

Como têm as novas tecnologias ajudado o Setor Hoteleiro?

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Nuno Rodrigues says:

    Boa tarde.

    Esperava mais algum ‘sumo’ desta entrevista, pelo que li pareceu-me algo vago.

    A minha parte de profissional em IT e de utilizador de relativamente frequente de hotéis, não concordo com o ponto de vista do entrevistado no ponto 4. Após uma consulta ao Hotel visado, vejo que o custo de acesso à Internet é de 9€/dia.

    Considerando que:
    1 – provavelmente haverá limites de tráfego associado, não referidos no site;
    2 – As velocidades são regra geral sofríveis;
    3 – O preço cobrado é, salvo indicação em contrário, por equipamento! Significando que se eu e a minha mulher quisermos ligar o smartphone são 18€ e se ainda precisar de ligar o PC por alguma razão 27€.

    Posto isto, acho que é uma vergonha os preços praticados pela hotelaria para acesso a Internet, e para mim um acesso gratuito tem tanto impacto na escolha de um hotel como por exemplo o facto de ter pequeno almoço.

    Para quem viaja deixo o meu conselho: arranjem um hotspot, e comprem um cartão local com acesso à Internet. Da minha experiência em 4 continentes e vários países, é 90% das vezes a opção mais barata.

    Obrigado

    • Emanuel Barros says:

      Concordo.
      Para mim é tão parvo cobrar pela internet como cobrarem pelas toalhas!
      Compreendo perfeitamente que é caro implementar Wifi por todo o lado.
      Mas ao menos que a cobertura seja decente e com boa velocidade nos espaços comuns.
      Num hotel acima dos 100€ por noite nem se compreende porque cobram pelo Wi-Fi.
      Nem acima dos 50€ se admite…
      Até no BUS há Wi-Fi!

  2. Joao says:

    Para mim na escolha de hotel, wifi gratis é factor eleminatório…

  3. Webdouro says:

    Acho muito positivo todos os operadores turísticos que tem apostado na internet, que cada vez mais se expande e trás os seus benefícios para as unidades hoteleiras.
    O que devemos nós como portugueses após em plataformas web para o turismo pois e o futuro, e cada vez mais portugal está dependente do sector hoteleiro.

  4. Luis Gonçalves says:

    O preço de um café é 60 cêntimos. Por que razão hei-de pagar 65 só porque o estabelecimento dispõe de internet? Quem a usa que pague. É injusto eu pagar 65 se tomo o café e venho embora. O principio do utilisador-pagador.
    Já agora: Antes desta evolução, pagava-se 70 ou 80 escudos por uma chamada nacional e mais de 100 escudos por uma chamada internacional (20 escudos cada impulso de 7 segundos). Agora, pela internet fazem-se chamadas gratis para qualquer parte do globo.
    É indecente eu pagar 70 ou 80 Euros num 2 ou 3 estreas só porque disponibiliza Wi-FI. Quem a utilisar que pague.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.