PplWare Mobile

AutoCAD, Sketchbook e 3DS Max gratuitos para estudantes


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Rocha says:

    Não percebi bem esta noticia.
    O software da autodesk já está disponível gratuitamente há anos para estudantes.
    Aliás na impressão aparece um carimbo a referir a versão educação.
    Mudou alguma coisa?

  2. Diogo says:

    Qual é a diferença que há no formato desta oferta relativamente ao formato anterior?

  3. db says:

    Qual a diferença com o antigo autodesk for education? É que eu já tenho esses produtos gratuitos há muito tempo.

  4. RM says:

    Acabei de pedir a minha, é pareceu ser tudo grátis 😀

  5. Checosta says:

    Não existem almoços grátis 😉 esta é uma dos formas de as empresas como a Autodesk entrarem nas redes entre as quais das empresas e verificar se existem licenças ativas e quais?! mas muito bom para quem realmente é estudante.. ficam sem desculpa para usar pirata 😉

    • Gonçalves says:

      E tu achas que mesmo que eles precisam de lançar versões gratuitas para entrar nas redes e verificar licenças???
      Actualmente, quase todo o software envia dados para a empresa-mãe.
      Arrisco mesmo dizer que qualquer empresa que tenha software ilegal, mais cedo ou mais tarde recebe uma visita… Então se tiver domínio de rede…

      • Tomás S. says:

        Se usares o Eset Smart Security, só acedem à net os programas que tu permitires passarem pela firewall.

      • CheCosta says:

        Ois sei bem disso.. mas como já foi falado tb dá para bloquear algumas dessas comunicações?! E depois lá se liga um pc com um destes softwares ou outro e o report sai por ali e lá se foi todo o trabalho de bloquear..
        E sim para mim estes “free” são a porta de entrada para muitas empresas basculharem a rede, saber o que usam como usam, necessidades, licenças etc..

  6. Joao says:

    Sim já existe há anos com o carimbo educacional. E dava para remover também com alguns truques.

  7. Luís costa says:

    Licença de 3 anos

  8. Ruben says:

    Alguém sabe-me dizer se eles também têm versão do Autodesk Robot Structural Analysis ??….não encontrei no link

  9. donkeykid says:

    Nem só Autodesk faz isto. Existem mais empresas a fazer assim, talvez não tenham um nome tão conhecido no mercado, mesmo até em licenças nas universidades. Por exemplo Archicad…
    Aconselho a procurarem pela parte educacional de SolidWorks… muito mais potente.

    Abraço.

  10. Ricardo Cruz says:

    Há varios anos que a Bricsys ( Bricscad – http://WWW.bricsys.pt ) tem um programa academico e que oferece o software a estudantes e professores.

  11. m4x says:

    Sinceramente mesmo depois de ler os comentários não entendo a noticia…

    Não por vossa culpa atenção porque é claro que quem está a dar a noticia são eles proprios mas o que está a ser falado já é possivel há muito tempo, bastava ir ao site da autocad, tem uma área de estudantes/professores, depois escolhiam se são estudantes ou professores e aquilo tem um registo onde metem a escola etc (que já agora podiam meter fosse o que fosse e dava na mesma) e pronto, recebiam uma key no mail, faziam download metiam a key e puff fez-se o chocapic.

    Fiz isso várias vezes pelo menos nos últimos 3 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.