Quantcast
PplWare Mobile

Tags: dádiva

Sangue artificial em ensaios clínicos já em 2017

Pelo quarto ano consecutivo, regista-se em Portugal uma quebra nas dádivas de sangue. As razões apontadas pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação indicam a isenção nas taxas moderadoras reduzida, a crise e a emigração, como principais factores.

No entanto, este não é um problema que afecta só o nosso país e é necessário encontrar soluções urgentes. Uma delas pode passar pelo sangue sintético ou artificial, que há muito que está a ser desenvolvido e que dentro de apenas dois anos, começará a ser testado em humanos.

sangue artificial