Quantcast
PplWare Mobile

Internet da Starlink deve sair da fase beta ainda este verão! O que muda?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Samuel MG says:

    Ainda estava em fase beta!! Então as mensalidades vão ser mais de 100 euros!!

    • Pedro says:

      Isto não é uma empresa Portuguesa!

    • José Fonseca Amadeu says:

      Por acaso tem previsão de descer o valor no futuro.
      Seja como for, se o serviço der o que promete não acho nada caro.
      Tomara eu já ter isto em todo o mundo, tenho escritorios remotos em marrocos que o 1 mbps é muita fartura e fica mais caro que os 99€.

      • TrincaEspinhas says:

        A sério tens escritórios em Marrocos ? Os camelos já utilizam net ou é só para diversão do camelo do dono dos escritórios ?

      • TrincaEspinhas says:

        Estás disposto a pagar 99€ pelo acesso mas não pagas isso de ordenado aos empregados dos ficticios escritorios marroquinos. Não é bandalho.

        • IonFan says:

          O José tem uma história apropriada a todas as ocasiões. Se estamos a falar de ordenados no USA atira que já lá trabalhou muitos anos. Se o assunto precisa de internet em locais remotos, lá aparece um escritório no norte de Africa. Extraordinário que tenha a bondade de nos brindar com um pouco do seu valioso tempo e comentar aqui os artigos do PplWare.

          • IonFan says:

            Mas fora isso tem razão. 99€ para quem precisa mesmo e não tem alternativa não um preço mau.

          • José Fonseca Amadeu says:

            Para quem já passou a casa dos 40, trabalhou e viveu em muitos países durante cerca de 15 anos e neste momento trabalha para uma multinacional com presença em 40 paises e com mais de 90 offices, é facil ter muitas histórias, algumas nem se podem contar por aqui 😀

          • IonFan says:

            Pois, mas há sempre uma história oportuna para o tema em discussão. Não é que seja impossível. É apenas… curioso 😉

            E já agora, a empresa onde trabalho tem escritórios em Marrocos e não consta que tenham problemas com a internet… devem estar do lado errado do Atlas.

    • Toni da Adega says:

      Para milhões é ter que escolher pagar isso ou ter Internet lenta, ou até mesmo nenhuma.

  2. ONUBB says:

    desculpem, mas algum me diz se vai valer a pena? quanto ao valor para montar o serviço e quanto e que se vai pagar por mês? e se posso ter ip fixo. já agora alguém sabe como crio um nome de domínio no win server não quero pagar domínio pois já pago um, queria saber como tenho um domínio mesmo meu se que me faço perceber.

    • Samuel MG says:

      “Na simulação que o SAPO TEK fez, o equipamento tinha um custo de 499 euros, acrescido de 61 euros para o transporte e uma subscrição mensal de 99 euros.”
      Isto tudo é 659 euros agora pode subir ou descer (como alguém disse) mas isto é Portugal, ou seja tudo sobe e quando desce é pouco ( entre 2 cents a 5 euros).

      • José Fonseca Amadeu says:

        É um serviço global, é diferente de ter uma operadora nacional. Para quem já teve serviços satélite sabe como é, os preços são definidos globalmente e para todo o mundo.

  3. Dmtg says:

    Portugal continental as ilhas não tem. Cobertura ainda

  4. SANDOKAN 1513 says:

    Com uma subscrição mensal de 99 euros fora o equipamento a rondar os 499 euros é muito caro !! Mesmo quem vive em lugares onde a fibra não chega nem mesmo o ADSL hão-de haver soluções mais baratas do que esta.

  5. Joao Ptt says:

    Acho que a Starlink vai ter de aumentar e muito os preços.

    Apesar de não se saber qual o custo dos equipamentos para a Starlink estima-se que deve andar em redor dos 1000 a 2000 dólares e estão a cobrar apenas 499 dólares aos clientes finais… quando deveriam estar a cobrar aos clientes finais mais do que aquilo que lhes custa a eles, para ganhar dinheiro… e ainda precisam de pagar os satélites, estações terrestres, suporte, e tudo o resto!

    Eles estão certamente a apostar no modelo de subscrição e duvido que não venham a obrigar a contratos longos e os habituais limites de dados que todos os outros operadores de Internet via satélite têm para os seus clientes, sejam explícitos, seja implícitos com truques do género mudarem os clientes de satélite para um sobrecarregado com aqueles que ultrapassaram os limites.

    • TrincaEspinhas says:

      Não te preocupes, isto é uma empresa do Musk, não precisa dar lucro, só prometer que vai dar lucro lá para 2100 que os investidores degladiam-se para por lá o guito.

      • goncalo says:

        A SpaceX é provada e sempre.deu lucros assim como a Tesla já teve um ano completo de lucros tens de te atualizar

        • TrincaEspinhas says:

          A única coisa que lhe deu lucro foi quando comprou BC e o anunciou na net. Os evangelizados foram logo comprar moeda e quando subiu ele vendeu tudo. A Tesla não dá lucro nenhum, os foguetes da space estão sempre a explodir, milhoes e milhões queimados e os investidores sempre a por o guito no buraco sem fundo. Se não se poe a pau tanto escava o buraco que ele vai desembucar na China e depois o moska será apelidade de Madoff II, os reis da tragédia.

  6. Tó Canelas says:

    Latência de 20 a 40 ms ainda é pior que a NOS…

    • Samuel Pires says:

      Só se for mesmo na tua terra, eu so tenho 3G na minha zona com a NOS e tenho 60ms de ping. Espero e quero ter este serviço o mais rápido possivel, é impossivel fazer tele trabalho com a NOS.

  7. alex says:

    uma ligação starlink e um mesh wifi para distribuir o sinal por uma área alargada: solução perfeita para onde não há ligações de fibra, seja em aldeias, parques de campismo, aldeamentos turísticos, estaleiros de obra, condomínios, etc. Basta olhar para isto como um ponto de acesso onde não há fibra, que pode ser partilhado por vários domicílios/utentes e passa a fazer todo o sentido. Os 99€ são uma pechincha 🙂

  8. alexba says:

    Só 99 euros!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.