PplWare Mobile

GitHub passa a oferecer repositórios ilimitados para contas gratuitas


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Crow- says:

    Aí está. Tanto se falou mal da Microsoft por ter comprado a Github, e na sua primeira ação de 2019 temos, finalmente !!, free private repos.
    Posso agora, finalmente, usar o Github para os meus projetos privados em vez do Bitbucket.

    • Vitor says:

      Amigo…tornou-se um hábito e até uma “moda” falar mal e criticar tudo que a Microsoft faz. Felizmente isso só acontece em sites abertos a “pseudo-especialistas” que pouco mais sabem fazer num PC do que apertar o botão para o ligar…e desligam no mesmo botão porque até desconhecem que deve ser o própria SO a encerrar as aplicações e processos abertos antes de encerrar. Claro que quem tem algumas “luzes” do mundo tecnológico não pensa da mesma forma…por alguma razão a Microsoft regressou ao “topo” das empresas tecnológicas mais valiosas.

  2. João Luís says:

    Veremos o que vai fazer a santa Micro$oft com esses dados todos no futuro.
    São como tantos outros … se gastaram tanto de alguma maneira o vão recuperar.
    O meu receio é que estamos a falar de código.
    Se os dados hoje é o ouro negro tbm será ouro a maneira de os ler e analisar.

    • Crow- says:

      Que garantias de privacidade e segurança dos teus dados é que a Github te dava no passado?
      É como digo, as pessoas continuam a falar por falar. Toda a gente usava o Github sem fazer este tipo de perguntas, sem qualquer tipo de conhecimento do uso que a própria Github poderia estar a fazer dos nossos dados. Mas só porque agora é detida pela Microsoft é que o problema passa a existir?

  3. Santos says:

    Há muito, venho utilizando o GitLab como alternativa ao Github.

  4. FugaparaVigo says:

    Aqueles que criticam a Microsoft são os que mais inveja e dor de cotovelo têm por saberem que aquela outra empresa que eles tanto adoram passa o dia a extorquir-lhes dinheiro por coisas básicas

  5. Anónimo says:

    github vs gitlab? para além da popularidade que o github tem, qual é a vantagem que este têm em relação ao gitlab?

    • Gonçalo says:

      o gitlab é espetacular, mas no meu ponto de vista em termos de partilha de código, explorar projectos da comunidade, o github está muito à frente…
      visualmente também gosto mais

  6. Hugo says:

    Finalmente !
    O botão de private repository já está disponível.
    Vou fazer um bom uso.

  7. Pedro says:

    Os repositórios privados eram o principal motivo – senão mesmo o único – pelo qual ainda utilizava o GitLab, mas sendo assim é hora de fazer a troca 😛

    Isto vai ajudar imenso a comunidade, não só por causa das funcionalidades e integrações que o GitHub já possui quando comparado com a concorrência, mas também porque mais depressa se encontra e ganha visibilidade com um projecto no GitHub do que nos restantes 😉

    Como mais valia também joga o facto de que grande parte das interfaces gráficas para Git (Tower, GitKraken, Fork, etc.) trazem sempre os mecanismos para gerir repositórios no GitHub, enquanto que às vezes é preciso esperar que estes mesmos programas ganhem suporte aos repositórios do GitLab ou do Bitbucket :/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.