Afinal o Xiaomi Mi A1 tem um rádio FM, saiba como usá-lo


Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. Lisbon Lover says:

    Os iPhones têm o mesmo método?

  2. Miguel Nóbrega says:

    E o Samsung Galaxy S7?

  3. jona says:

    tem dois anos de garantia pelo preço aqui apresentado?

  4. Miguel says:

    Esse site é de confiança?? Quantos dias demoram até chegar?

  5. Renato Nismo says:

    acho que não custar ter uma app da Xiaomi para ligar FM Radio.
    só de pensar que uma parte de público desistiu do A1 por causa da falta do FM que afinal tinha.
    a Xiaomi fica a perder.

  6. JP says:

    O melhor Android nesta faixa de preço!
    Recomendo.

  7. RL says:

    Qual aplicação / widget que tem no ecrã para mostrar os resultados dos jogos e futuros jogos?

  8. Mário says:

    Se tiverem root podem usar esta app para o rádio sem problema
    https://forum.xda-developers.com/showpost.php?p=74300150&postcount=25

    • Joao says:

      Só não percebo como quase em 2018 ainda se ouve rádio na sua forma tradicional…existem países a pensar desligar as antenas…e uns a quer ouvir a bola? Já não oiço rádio há mais de 5 anos e não sinto falta nenhuma.

      • José Antunes says:

        É a sua opinião, não merece comentário… O que eu não percebo é como pode afirmar que não se percebe como “ainda se ouve rádio na sua forma tradicional…”
        Posso lembrar-me de algumas jrazões:
        – a maioria dos carros ainda não está tão avançada como o caro amigo João parece estar
        – nem toda a gente está ligado à internet 24h por dia
        – não devemos excluir da informação/entretenimento ainda mais pessoas do que aquelas que o foram aquando da adopção em exclusivo da TV digital
        – porque parece ser a solução que melhor continua a responder de forma adequada em determinadas situações de emergência
        -…

        • jona says:

          1. o que o carro tem a ver com o telemovel XA1 é um grande ponto..este nem comento.
          2. mas que tas a ouvir radio 24horas? ja ouviste falar em musica offline?
          3. informacao/entretenimento tens mais rapido da net…90% das noticias que vejo na tv ja as vi no dia anterior na net. o 10% espacou-me da net….e nao pq apareceu primeiro na tv. (que mais uma vez nao percebo o que tem a ver com o xiaomi A1). se falas de ouvir uns senhores de manha a mandar umas piadas ja que de musica percebem pouco e metem sempre as mesmas durante anos…esse tipo de entretenimento dispenso. arranjo melhor na net..e pelo menos é escolhido por mim.
          4. deve ser o unico ponto valido mas quem é que ainda nao tem radios em casa ou no carro? nem que seja aquele despertador de mesa que esta arrumado nao sei aonde…se pode estar no aparelho? pode….se é preciso? nem por isso…

          • Napoléon Bonaparte says:

            És um adiantado, Jona. Os meus parabéns!
            Agora vai ver quantos catrros não têm rádio de origem. Vai ver quantas horas o comum dos portugueses passa por mês ao volante.
            Não queiras transformar a realidade real numa realidade imaginada e projetada à luz daquilo que te vai na cabeça, como alguns dos nossos governantes. É mal que te faz!

          • José Antunes says:

            Vou tentar clarificar:
            1- estávamos a falar sobre “ouvir rádio na sua forma tradicional” e não do Mi A1. O que é que se ouve na esmagadora maioria dos automóveis? Deve ser streaming, deve… Grande ponto… nem dá mesmo para comentar!
            2- uma grande percentagem da população portuguesa está offline desde que nasceu… como se ouve rádio sem ser na forma tradicional? É que a música offline tem preço… ou exige ter estado online… O que tem a ver com o Mi A1? Também nada! É sobre rádio, também.
            3- O que tem informação e entretenimento a ver com o Mi A1? Nada. Era sobre rádio, onde há isso e muito mais. E quando não se gosta do que se está a ouvir? É só carregar num botão ou rodar o sintonizador, conforme o caso. Olha, há mais qualquer coisa do que piadas e má música! Mas isso deve ser antiquado de mais para a malta do streaming… Vai perguntar à vizinha se ela sabe o que é streaming… Vai ouvir streaming durante uma viagem ao interior do país, aos locais onde nem há rede de telemóvel… Se ouvisses mais rádio, boa rádio, talvez conhecesses melhor o teu país!
            4- Vá lá que concordamos em algo. Mas então se temos os aparelhos e a rádio até é útil e funciona quando o resto não o faz, para quê acabar com a rádio? Só para justificar que o Mi A1 não tenha aplicação de rádio nativa?
            Bom, que sejamos todos felizes… com o rádio, ou com o streaming

      • Técnico Meo says:

        Nos Estados Unidos e no bloco da América Central , fustigada por tempestades e furacões, já existem pressões nos fabricantes para terem o fm activo nos smartphones em casos de desastres. É muito mais rápido e simpes repor emissões de rádio do que a www. E não fazer ou escutar rádio não é sinónimo de antiguidade ou ignorância tecnologia… Quanto muito é o seu contrário, é uma valiosa ferramenta. O telemóvel que tens nas mãos, para além do sistema operativo, é um verdadeiro emissor e receptor de ondas de rádio, do 2g ao 4g, do wifi, nfc ao Bluetooth.

        Não imaginas como a rádio continua a ser usada nos dias de hoje na sua forma mais simples 🙂

        • jona says:

          mas alguém disse que era ignorancia usar ainda radio? com tanto site de streaming que ouves o que tu queres e nao o que te impingem, com tanta rede wifi gratis por ai. no carro mp3 all the way….continuo sem perceber como ha povo que ainda ouve radio…metade do tempo é pub…a outra metade é uns senhores a mandar umas piadas já que de musica nao percebem muito….pior é que repetem as mesmas musicas durante anos seguidos ate gostarem delas…continuem a ser ovelhas que há que nao queira…

          • Técnico Meo says:

            Eu percebo o teu ponto de vista na questão da selecção. Eu falo de rádio no seu geral, a onda hertziana em si, a simplicidade e capacidade. Para streaming eu tenho de ter net, pacotes, dinheiro, rede, etc. Para rádio, é muito mais simples, só precisas de ter uma coisa chamada propagação e escutar rádios a centenas, milhares de km. Agora rádio cmercial FM, Jonas, só mesmo M80 heheheheeh

          • jona says:

            Técnico Meo, falas na simplicidade da onda hertziana, mas nao falas dos problemas que tambem tem. cortes, perda de sinais, ruidos de fundo (comuns nas radios) fraca qualidade do sinal, publicidade, lixo repetido a toda a hora, etc…resumindo a mediocre qualidade dos conteudos e do servico para os meus interesses nao justificam a “simplicidade” do sistema. cada um escolhe o que quer…

          • Técnico Meo says:

            Sim Jonas, claro que sim. Mas o serviço tem de ser mantido, por questões até de utilidade pública. Podes ver ter pouco sinal ou ruído, mas tens lá sempre qualquer coisa, basta de mudar se posição. O radio é estupidamente simples, e por ser simples deve ter carácter público. Eu também para música só uso o meo music, mas não te posso negar nos sítios onde não tenho net ou rede suficiente ou saldo de net a quantidade de vezes que uso o radio do telemóvel ou noutro equipamento receptor de rádio para escutar a M80, que para mim passa som que tem muito a ver com a minha fantástica juventude. Por exemplo, agora nos desastres de furacões nos usa e México, Honduras, etc, o serviço de rádio comercial ajudou muito as populações, uma vez que foi rápido a restabelecer as emissões, precisando só de baterias, geradores, etc reduzindo a potência dos emissores. O estabelecimento de Internet em sítios de desastre só vem muitos meses depois, se vier. Daí que no teu post inicial falas da unitilidade do serviço, mas é muito útil e não deve ou devia desaparecer. Nalguns países também desligaram o fm para emitir em da 2, em frequência mais alta. É um duplo erro, porque equipamento dab só vem nalguns carros, comprar receptores dab não estou a ver o pessoal a fazer isso e porque frequências mais altas , mais baixa propagação de sinal. Se é para manter a rádio como utilidade e algum lazer, então deixem ficar como está, porque toda gente ainda tem algures em casa um receptor de fm, ou no telemóvel. Dito isto também não vivo sem o meo music 🙂

          • carlitos says:

            Obrigada Joana pela tua opinião e contribuição para o debate. As pessoas não são só tu ou eu, o país não é só Lisboa, e o mundo não é só Portugal. Da mesma forma que ando sempre com um smartphone e muitas vezes fez-me falta uma caneta para escrever. Não sejas tão rigída assim… 😉

          • carlitos says:

            Obrigada Joana pela tua opinião e contribuição para o debate. As pessoas não são só tu ou eu, o país não é só Lisboa, e o mundo não é só Portugal. Da mesma forma que ando sempre com um smartphone e muitas vezes fez-me falta uma caneta para escrever. Não sejas tão rigída assim… 😉

    • Subtil says:

      Olá , Mário. Não tenho root no meu A1. E não se como fazê-lo nem o que isso provoca no equipamento. Podes ajudar-me. Obg Pedro

  9. falcaobranco says:

    Fora isso…só com aplicação?

    • Mário says:

      Como é que querias ouvir rádio sem aplicação e sem este método obscuro do artigo?

      Mas mais uma vez, vejam o meu post acima. Quem tiver root pode usar o rádio sem problemas!

  10. Filipe says:

    “Afinal” o xiaomi mi a1 tem rádio… claro que tem e não tem nada a ver com o afinal.
    O telemóvel é o xiaomi mi 5x que é simplesmente a versão deste telemóvel com miui, Derrota o propósito de ter o Mi A1 mas podem simplesmente por o miui do 5x nele e vão ter a possibilidade de usar o rádio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.