Quantcast
PplWare Mobile

Tags: inteligência artificial

Inteligência Artificial ressuscita voz de cantor falecido há mais de 20 anos

Conforme lhe mostramos aqui, Elon Musk afirmou que as pessoas que acham que a Inteligência Artificial não pode tornar-se mais inteligente do que elas são “mais burras do que pensam”. Neste caso, e apesar de ter sido treinado, o sistema de IA foi capaz de algo nada menos do que curioso.

Ou seja, um sistema de Inteligência Artificial ressuscitou a voz de um cantor falecido há mais de 20 anos.

IA


Cientistas provam que detetores de deepfakes podem ser manipulados

E porque não só de coisas positivas se pauta a tecnologia, várias universidades, organizações e gigantes tecnológicos têm trabalhado para mitigar um problema chamado deepfake. Isto é, manipulação de imagens através de Inteligência Artificial, de modo a concretizar fotografias e vídeos altamente credíveis.

Apesar das tentativas, um grupo de cientistas provou que os detetores de deepfake podem ser enganados.

Deepfakes


Homem controla braços robóticos através da mente (vídeo)

O avanço tecnológico já devolveu várias vezes a qualidade de vida, bem como a vontade de viver, a pessoas a quem esta foi retirada. Assim, além de ser importante noutras áreas, é, como já vimos, um trunfo quando associado à saúde e bem-estar dos indivíduos.

De forma incrível, no vídeo abaixo é possível ver um homem tetraplégico a comer um bolo, recorrendo a braços robóticos controlados pela sua mente.

Braços robóticos controlados pela mente de Robert Chmielewski


Minicarro elétrico da Hyundai ajuda nas emoções das crianças hospitalizadas

Apesar do dia de Natal já ter passado, o espírito ainda prevalece e, como a altura exige, é nos outros que devemos pensar mais. Aliás, quando esses outros são crianças e estão, ainda por cima, fechados num hospital, tendo como, devemos tentar ajudar.

Foi nisso que pensou a Hyundai, concretizando um minicarro elétrico projetado para confortar os mais novos hospitalizados.

Hyundai 45.


AI: Solo de baixo sem fim transmitido no YouTube

Nos filmes, 2020 seria o ano dos carros voadores e dos avanços tecnológicos mais impensáveis. Chegado o ano, eles, de facto, já existem. No entanto, há coisas mais simples que podem ser igualmente inovadoras e efetivamente diferentes.

Assim, dizemos-lhe que está disponível no YouTube um solo infinito de baixo, alimentado por um sistema de Inteligência Artificial.

Baixo