Tags: inteligência artificial

Inteligência Artificial: Microsoft na pegada da Google e Deep Mind

A Inteligência Artificial revolucionará a forma como vivemos, a forma como nos relacionamos com as pessoas e com tudo o que nos rodeia. Já existem tecnologias que utilizamos no dia-a-dia que foram pensadas recorrendo à IA, mas ainda estamos longe da chamada revolução nessa área. Contudo, empresas como a Google ou a Deep Mind, apostam desde há vários anos nesse futuro.

A juntar-se a essas empresas, a Microsoft anunciou a criação de um laboratório de investigação dedicado à Inteligência Artificial.

Microsoft cria laboratório de Inteligência Artificial


Veículos Autónomos conseguirão tomar decisões?

Os carros autónomos estão prestes a chegar aos mercados em força e, embora seja uma tecnologia confiável, permanece sempre a questão: como reagirá um carro autónomo quando necessitar de tomar uma decisão ética?

Esta é de facto uma questão pertinente que muitos céticos levantam. Como reagirá o veículo autónomo quando, num caso extremo, tiver de tomar a decisão de poupar os passageiros ou poupar os peões?


Apple prepara um processador dedicado à Inteligência Artificial

O Siri é uma das muitas funcionalidades do iOS que tornam a vida dos utilizadores mais simples, ajudando-os em muitas tarefas e em muitos processos. Esta inteligência artificial faz parte de um plano maior da Apple, que em breve vai ser colocado em prática.

Para conseguir focar os seus equipamentos nesta nova área, a Apple estará a preparar um processador dedicado para a inteligência artificial, dando-lhe a capacidade de processamento que precisa.

Processador Apple


AI poderá prever ataques cardíacos melhor que médicos

Todos os anos, estima-se que morram 20 milhões de pessoas devido a doenças cardiovasculares, mas este é mais um número que, graças à tecnologia, poderá diminuir.

No Reino Unido está a ser desenvolvido um algoritmo baseado em inteligência artificial capaz de prever de forma mais eficaz que os métodos atuais a probabilidade de uma pessoa ter um ataque cardíaco ou um derrame.


Google: Inteligência artificial deteta cancro melhor que os médicos

A Google, ao longo dos anos, tem apostado em projetos de Inteligência Artificial de ‘deep learning’ e os resultados hoje permitem que, a sua tecnologia, consiga acertar no tipo de cancro num paciente com uma taxa de sucesso na ordem dos 89%.

Pese o facto de, em muitos casos, a identificação do cancro ser muito complicada, a Google está já no caminho certo para resolver este grave problema.