Quantcast
PplWare Mobile

Tags: inteligência artificial

Inteligência Artificial poderá ser a solução para o carregamento de milhões de elétricos

Um dos desafios que ainda se impõe à adoção integral de carros elétricos é a forma de carregamento. Ou seja, para já, é insustentável pensar em estações de carregamento preparadas para carregar toda uma frota de veículos.

Ora, a solução poderá estar num sistema de Inteligência Artificial.

Carregamento de elétricos


Intel desenvolve uma mochila para ajudar os cegos a caminhar com segurança pelas cidades

Há um empenho crescente no mercado no que toca a produtos tecnológicos dedicados às pessoas com alguma deficiência. Já vimos a Google e a Apple, por exemplo, com novidades nesta área, e agora a Intel quer também mostrar um produto inovador. A empresa americana apresentou esta semana uma mochila equipada com inteligência artificial ativada por voz.

Conforme podemos ver no vídeo de explicação, esta tecnologia é capaz de ajudar deficientes visuais a identificar obstáculos e situações normais que qualquer pessoa enfrenta fora de portas.

Imagem de mochila com tecnologia Intel para IA ajudar os cegos


NVIDIA e Harvard usam Inteligência Artificial para análises de genoma rápidas e baratas

Direcionar a tecnologia para a medicina permite que ela, de braço dado com a ciência, melhore significativamente o modo de atuação em alguns campos. Conforme temos visto, nos últimos anos têm acontecido vários avanços tecnológicos que representam claras vantagens na saúde e na melhoria da qualidade de vida das pessoas, especialmente envolvendo Inteligência Artificial (IA). Então, investigadores de Harvard e da NVIDIA perceberam que utilizar IA torna a análise do genoma mais rápida e mais barata.

A união destas investigações poderá trazer, em breve, tecnologias de deteção precoce de doenças atualmente críticas para a humanidade.

Ilustração de Inteligência Artificial para análises ao genoma humano


Inteligência Artificial ressuscita voz de cantor falecido há mais de 20 anos

Conforme lhe mostramos aqui, Elon Musk afirmou que as pessoas que acham que a Inteligência Artificial não pode tornar-se mais inteligente do que elas são “mais burras do que pensam”. Neste caso, e apesar de ter sido treinado, o sistema de IA foi capaz de algo nada menos do que curioso.

Ou seja, um sistema de Inteligência Artificial ressuscitou a voz de um cantor falecido há mais de 20 anos.

IA


Cientistas provam que detetores de deepfakes podem ser manipulados

E porque não só de coisas positivas se pauta a tecnologia, várias universidades, organizações e gigantes tecnológicos têm trabalhado para mitigar um problema chamado deepfake. Isto é, manipulação de imagens através de Inteligência Artificial, de modo a concretizar fotografias e vídeos altamente credíveis.

Apesar das tentativas, um grupo de cientistas provou que os detetores de deepfake podem ser enganados.

Deepfakes