Quantcast
PplWare Mobile

WhatsApp tem mais uma novidade a caminho, agora para as mensagens de voz

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. António Coutinho says:

    Nem com novidades quase diárias a whatsapp irá lá. A desconfiança é tanta que nunca mais alguém acreditará na sua honestidadde e perdedrá tempo com ela. A estupidez paga-se sempre muito caro. A whatsapp é a prova disso. A whatsapp já morreu. Haverá sempre alguém que até gostará da “coisa” mas será residual. Já nem conta.

  2. Di says:

    A verdade é que a maioria das pessoas que usavam o whatsapp nem tinha noção que este era mais um facebook. Agora que tiveram esta noção, apesar que gostem do aplicativo e até que o usem, jamais irão confiar nele da mesma maneira que confiavam.
    Só agora é que a maioria dos mortais teve noção que o whatsapp é mais um facebook e facebook não é confiável.

    • A.M. says:

      Tens razão!! Só que o problema é que a maioria dessas pessoas que falas até mudava de app. Só que, como sabes, para mudar têm de ter a certeza que a maioria dos seus contactos habituais também mudava, o que pode não acontecer!! E depois, existem aquelas situações em que te desligas do facebook, mas passados uns tempos regressas. Conheço muita gente assim. ( eu desliguei e não mais liguei).É ema espécie de “vício do tabaco”. Até estás a deixar de fumar há uns dias, mas ao teu lado aparece um dia um grupo de amigos teus, todos a fumar…!!! Aqui tinha de ser massivo, mas é muito lento porque difícil também este “desligar”! E entretanto eles lançam novas funcionalidades, como esta notícia, para complicar ainda mais a hipótese do abandono.
      Por mim mudava já, mas…..!! Ou então posso ser mais radical, desinstalar whatsapp e não instalar outra. Contentar-me com SMS e chamadas. Como diz o chavão: …é complicado!!

  3. Str says:

    A publicidade baseada em pesquisas já é normal e já ninguém estranha nem repara. Mas há umas semanas aconteceu me algo completamente novo, numa conversa com uma amiga no whatsapp, em que falamos de mobília de quarto mais especificamente falamos de colchão cama e banca de cabeceira, pouco tempo depois e para minha grande surpresa surgiu me publicidade no Facebook publicidade essa que era um quarto completo e vendido por uma empresa que tinha o sugestivo nome de cabeceiras.pt… Sei que não há privacidade e que estas aplicações estão sempre à escuta ao contrário do que o whatsapp diz, mas foi muito flagrante, nunca me tinha acontecido. Desinstalei a aplicação e não penso voltar instalar

    • Di says:

      Com certeza, as pessoas, grupos ou empresas só dizem o que é do seu interesse, e com certeza que não é do interesse deles dizerem que o facebook tem acesso às conversas dos utilizadores, seja por boots ou alguma inteligencia artificial, mas os factos provam o contrário.
      Não sou nenhuma especialista no assunto, mas pelo que pude pesquisar, o mais seguro é o Signal

      • TUGA says:

        Signal seguro?
        Faz o teste por ti e vê se as mensagens não passam num servidor.
        Para mim só vai existir uma aplicação de mensagens segura quando as mensagens não passarem por servidor algum, e mesmo assim…

        Não estou a dizer que há um que seja seguro, estou a dizer que todos são iguais e mal por mal vale mais utilizar o que tem mais utilizadores para poder comunicar com a maioria do pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.