Quantcast
PplWare Mobile

Smartphones estão cada vez mais caros e já se sabe a razão para o aumento do preço

                                    
                                

Fonte: Counterpoint Research

Autor: Pedro Simões


  1. Pereira says:

    a verdadeira razão dos preços aumentarem é haver quem pague por eles, logo as marcas não têm razão de os venderem mais baratos.

    • SSD says:

      Subscrevo, não vale andar a criticar apples, samsungs ou huaweis e depois vamos a ver e o volume de vendas é o que é.
      E sinceramente vemos isso por exemplo com a maioria dos telefones gama media em que a ditas marcas conseguem grandes vendas apesar de serem mais caras e de muitas vezes nem apresentarem melhorias substâncias para esses aumentos. Acho que telefones como o SE (lançado 160 euros mais caro na Europa em comparação com o preço dos EUA e contínuo a dizer que o a13 foi uma bela propaganda pq o resto do telemóvel nunca vai potenciar por completo esse processador), o Nord (100 euros abaixo e estava na gama certa), a51 (mesmo que o Nord, excelente em muitos aspectos, mas estamos a pagar e muito a marca), entre muitos outros mas estes em específico acho que demonstram o pq das marcas continuarem a puxar pelo preço

    • AqueleAmigo says:

      +1
      E o ridiculo é que a vasta maioria das pessoas não precisar de processadores flagship para nada. Para redes sociais e fotografias um smartphone de 200€ chega perfeitamente. As marcas vendem pq sabem que há quem compre.

    • Woot! says:

      O que vou dizer pode parecer brincadeira, mas não é. Ouvi eu vindo de um casal na Fnac do UBBO!

      Estavam eles de volta do Note 20 Ultra, tinham ambos aspeto de barraqueiros, roupas assim largas, mal vestidos, português pouco correto mas pensei que estivessem só a ver. De repente chega o senhor da Fnac que lhes diz que não tem aquele modelo disponível só na Fnac do Colombo Bla Bla Bla.

      Long story short, passado um bocado o homem vira-se para ela e diz “Entao vamos ao Colombo buscar?” Ao que ela responde, “Sim, mas tens a certeza que depois temos suficiente para a escola e comida?”

      Ao que ele responde “sim, deve dar, se não der despedes-te e ficas com em ele em casa”.

      Ou seja, pela conversa tinham um filho pequeno na escola, não tinham possibilidades para comprar o telemóvel e estavam a equacionar passar/fome e/ou despedirem-se para ficar com o miúdo em casa.

      Surreal!!! Além de não percebo como fica mais barato uma pessoa se despedir a não ser que pague mais do que o ordenado mínimo pela escola…

      Enfim…

      • Eu says:

        “Roupas assim largas, mal vestidos”
        Epah ainda existe mentes assim em 2020!?
        O que é bem vestido para ti? Fatinho? Ah sim, esse já era um gajo fixe, inteligente…
        Esse episódio q contas, custa-me acreditar q eles tiveram essa conversa, logo a tua frente, além disso, estavas bem vestido!!!

        • Woot! says:

          Roupas largas, mal vestidos são roupas que claramente não são o tamanho deles, pareciam que tinham ido buscar a lojas de segunda mão. Deixa de ser hipócrita pq sabes tão bem como eu o que é uma pessoa mal vestida. E eles não tiveram esta conversa à minha frente, eu estava ao lado a experimentar outro telemóvel e eles estavam a falar baixinho, posso ser mentiroso mas não sou surdo.

          Acredita se quiseres se não quiseres não acredites.

      • art says:

        faz-me lembrar um casal que eu conheci , que andava sempre com os modelos mais caros de tel. , mas passavam a vida a pedir dinheiro emprestado a toda gente e estavam enterrados em dívidas

      • Luis says:

        Essa história hummm, o que são roupas largas?
        Mas não deixa de ser verdade que há muita gente a pensar assim, mas neste caso concreto iria comprar a crédito.
        Como pensam que a maioria das pessoas compra os seus iphones?

        • Woot! says:

          Vou explicar o que expliquei ao outro caramelo. São roupas que não são o tamanho deles. Vestes supostamente um 40 de calças e andas com um 48, é ridículo e ficas mal vestido. Isso são roupas largas. Via-se que eram pobres.

          Desculpa não posso dizer que as pessoas são pobres que ainda aparece ai outro gajo a dizer que tenho mentalidade retrograda. São menos ricos, pronto.

          Quanto ao crédito não sei, eles entretanto acabaram por sair, n sei se desistiram ou se foram à Fnac do Colombo comprar mas não falaram em modalidades de pagamento.

      • BA says:

        Muita gente vai pensar que estás a inventar a historia de tão surreal que é, e eu tambem pensaria o mesmo se não tivesse assistido a algo similar. No natal assisti a uma senhora cujo pagamento fracionado foi recusado e a senhora decidiu dar espetaculo na loja. Durante a cena triste disse varias vezes em alto e bom som “Nem que tenhamos de passar fome mas o meu filho vai ter a playstation!!”.

    • Joao Magalhaes says:

      Mas isso é em tudo, quem faz os preços são os consumidores, a mim não me apanham a dar 1000€ por um smartphone simplesmente porque não preciso de 95% das funcionalidades que ele tem, como eu estão milhões que não precisam mas lá está, cada um compra o que gosta e Apple e Samsung agradecem pois continuam a vender a 1000€ ou mais os seus equipamentos

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Como fico contente por ver que a Xiaomi não está presente nas primeiras 5 marcas que cada vez mais aumentam o preço dos seus smartphones.E não é pouco !! O próprio CEO da companhia afirmou já há um tempo que a Xiaomi só ganha de lucro cerca de 4 a 5 % em cada dispositivo que vende.Isto é que é,não há cá ganâncias para ninguém. 🙂

  3. Toder says:

    Nice logic, vendeste menos smartphones, ahh vamos aumentar os preços então looool típico de chulos tipo Apple Samsung e outros. Eu tenho um note 10 com exynos e sem 5g e foi quase o mesmo preço que um com snapdragon, ou seja eles só querem é ganhar, mas este para mim vai ser o último Smartphone da Samsung

  4. Miguel says:

    Não percebo os XIaomis estão sempre baratos e ainda tem lucro.

  5. Elkido says:

    Troca o Samsung Galaxy Note 10 pelo Poco X3 NFC 6Gb/128Gb de 220€ ,….. ficas melhor servido

  6. Sardinha Enlatada says:

    Acredito que essa historia seja real. Por essa razao que passamos por varias crises e a maioria das pessoas abriu os olhos, passando a ser os proprios gestores do dinheiro que se ganha. Se nao conseguirmos fazer isso e um passo para o abismo e de la nao conseguimos mais sair. Nao custa muito, se nao da para comprar hoje um telemovel vai-se juntando ate conseguir. Acho que ha outras prioridades (pelo menos para os mais pobres) com necessidades mais urgentes.

  7. Exodus says:

    A verdade é que somos muito vaidosos, gostamos de mostrar que temos o último grito só para alimentar o ego. Hoje em dia um telemóvel de 250€ satisfaz muito bem as necessidades, pelo menos para mim. Dou valor a marcas como a Realme, Redmi e Honor que tem bons smartphones no quesito preço/qualidade.

  8. Pedro says:

    Tou tão bem sem ligar a tendências… Flagship se nem gamer sou? Não obrigado! Marca A, B ou C…
    4 e 5 sensores em que metade são inúteis? Ou para dizer que tem? Não! Dos 4 sensores que o meu smartphone tem apenas um poderá não ter grande utilidade, o de 2 MP B/W que segundo a marca serve para profundidade e ajudar nas fotos noturnas uma x q é a preto e branco. Sensor principal com OIS, lente zoom e grande angular com autofocus e modo macro. O software processa imagem dos 3 sensores principais para dar híbrido de 5x sem perdas em foto e vídeo, a estabilização de imagem em video e a qualidade no noturno que pretendo, O lte do equipamento é cat 15, perfeito com contrato Vodafone até 1gb/s poderei em condições ideais fazer download até 800mb/s graças ao modem. 5G nos próximos 2anos para quê? Onde usam ou pretendem usar? Pagar mais por um modem 5g e antenas daki a 2 anos estão a trocar por outro equipamento… E pronto juntando os 8gb/256gb, o snap 730G e painel amoled está o smartphone perfeito para quem procura qualidade de ecrã, desempenho equilibrado, rápido q.b, muita memória para dezenas de gigas de fotos e vídeos que gosto de trazer comigo sem ser em clouds ou ter de andar a fazer backup e claro uns sensores capazes de dar resultados ao nível dos topo de gama sem pagar uma fortuna.
    Sem por de parte o design que gostos à parte para mim é lindíssimo e de grande qualidade de construção. E cumprindo o valor pré definido que era ser abaixo dos 400€. É uma ideia errada ser fan boy desta ou outra marca, entrar em guerras android vs IOS ou criticar o que o outro compra ou não. Cada um deve ponderar o que precisa, saber escolher, o ecossistema android ou IOS tem a ver com gostos pessoais questões profissionais ou até mesmo questões de segurança e privacidade, cada um opta pelo que mais lhe convém e confia.
    O problema de muitos é que evolução de processadores, qualidade de ecrã e sensores, velocidade de carga e capacidade de bateria etc etc é tudo uma grande enciclopédia universal escrita em mandarim que da alergia só de chegar perto!… Saber o que precisam naaa, é muita informação complicada para a massa cinzenta cerebral curta.
    E isto aplica-se a tudo que se possa exibir ao próximo, não só no campo tecnologico. Conforme o vendedor que apanham assim compram ou então se o vizinho tem já vai metido na cabeça que tem de ser igual ou melhor.

  9. POO says:

    “O primeiro é a redução das vendas e de redução de vendas”

    Qual é a diferença?

  10. POO says:

    “O primeiro é a redução das vendas e de redução de vendas”

    Qual é a diferença?

  11. Azoresparadise says:

    Cá por mim tinha um topo gama, em 2015, lg g4 h815 e estava bem servido, não fosse o ponto fraco do mesmo, bateria, qie subtitui por 3 vezes e, cansei- me. Graças a Deus podia comprar qualquer topo de gama e, estive quase a fazê-lo. Felizmente ponderei as minhas necessidades e comprei….um Samsung a31 por 249,99€. Chega e sobeja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.