PplWare Mobile

Galileo: O seu smartphone suporta o “GPS da Europa”?


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. David Guerreiro says:

    Isso deve durar muito tempo, a maioria dos satélites em órbita já tem 1 ou mais relógios avariados, e ainda mal começou. Daqui a uns anos, já não funciona nada.

  2. Chicosoft says:

    One plus 5, e o 5t?

  3. mendes says:

    E não há uma aplicação/navegador que dê para testar o nível de sinal e assim saber logo se o smartphone é compatível?

  4. Diogo says:

    OnePlus tem suporte ao Galileo em pelo menos 2 modelos, penso que são mais até

  5. Gimbras says:

    Não percebo a conta “… promete uma geolocalização dez vezes mais precisa, comparativamente ao GPS ou ao GLONASS o que significa que, quando toda a rede de satélites Galileo estiver operacional, o sistema conseguirá indicar qualquer posição na Terra com um desvio máximo de um metro..”
    O meu velhinho Garmin GPSMAP 60 (usando somente o sistema GPS) dá na maioria do tempo uma precisão de 4 metros, logo 10 vezes mais preciso seriam 40cm, certo?

    Tenho muita pouca fé no Gallieo, vamos continuar a guiar-nos pelos satélites americanos!

    • carlos says:

      O GPS pertence ao Exercito do Estados Unidos, eles dão te a precisão que eles querem, logo estamos dependentes deles. A UE quis ser independente, e sim é qualquer coisa com 30/40 cm

      • Gimbras says:

        Certo que o GPS é do exercito americano, mas foi esse sistema que nos guiou nas ultimas décadas.
        Antigamente eles induziam erro no sistema propositadamente.
        Pois no artigo diz um metro 😉

      • David Guerreiro says:

        Existe 2 níveis de precisão: para uso civil, e para uso militar. Para tudo o que seja aeronáutica, navegação marítima, etc, é a precisão civil, com uma margem de erro de alguns metros. Agora para forças armadas norte-americanas e aliados, incluíndo NATO, podem aceder a precisão militar.
        A questão é que sendo algo controlado pelos militares, pode ser desligado em certas áreas se assim o entenderem, para dificultar a vida ao inimigo.

        • Gimbras says:

          Sabes como funciona o Sistema GPS, certo? Podem induzir erro se atrasarem ou adiantarem os sinais de determinados satélites, os cálculos da posição são feitos nos aparelhos pela simples e velha técnica da triangulação.

          Para fins militares 4 metros de precisão é mais do que suficiente, para aplicações civis de simples navegação é mais do que suficiente. Quanto muito maior precisão só par fins industriais/ agro-industriais de automação.

          Como já disse, há mais de um década que o o meu velhinho Garmin GPSMAP 60 dá precisão de 4 metros /dependendo do número de satélites de que está no momento a receber sinais), uso-o mesmo para calcular área de terrenos sendo o erros desprezível.

          Achas que se a Europa estivesse em risco não desligava o sistema? Hoje não adianta os Americanos desligarem o GPS, pois há os GLONASS. teriam que agir concertadamente com os russos.

  6. Luis says:

    eu olhos para as estrelas e fico logo orientado, mesmo com nuvens ehehehehehe !!!!!

  7. Sergio says:

    Mas afinal, podemos já usar o sistema de navegação Galileo? ou temos de esperar até 2020 quando estiverem todos os satélites em órbita?

  8. Diogo says:

    Eu uso gps + glonglass e e perfeito a juncao dos dois.
    Fixa a posicao em 5s, enquanto que gps demorava varios minutos.

  9. António says:

    Muitos parabéns Europa, Rússia e USA pelos sistemas de localização. Eu tenho muito ajudado. por eles, e também gostei do A380. Fantástico.

  10. Diogo says:

    O asus zenfone 3 tem glonlass, gps e beidou e apanha gps em 5segundos

  11. Belmiro says:

    Todos vocês apanham GPS em “5 minutos” com as ajudas da rede. Metam em offline e viagem por exemplo para a Hungria, liguem só o GPS e vejam quanto vos demora a bloquear a posição lolol é só artistas.

  12. Correia says:

    Tenho um MT6750T, na lista esta MT6750, sera o mesmo?

  13. Gil M says:

    Tenho um Samsung S8, Como sei que estou a usar o Galileu?
    Ele trabalha com o GPS e Galileu em simultâneo?
    Posso escolher?

  14. PTO says:

    Se os smartphones mudam de modelo quase a cada 10 meses, é irrelevante saber se os de 2017 suportam ou não uma tecnologia GPS para 2020.

  15. Leandro Santos says:

    Será que podem actualizar o artigo ? O Mate 10 Pro não está na tabela do UseGalileo… Assim vao induzir as pessoas em erro. :/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.