Quantcast
PplWare Mobile

França acusa a Apple de limitar o funcionamento da sua app StopCovid

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Samuel MG says:

    Só Portugal é que tem o bom senso nesta pandemia.

  2. miguel says:

    O meu telemóvel não tem bluetooth.
    Até assusta tanto atropelo aos direitos das pessoas por esse “Mundo Fora”, muitos estavam a espera de uma pandemia para impor os seus ideias de uma sociedade “vigiada”.

  3. Dark Sky says:

    “França acusa a Apple de não se esforçar para que a sua app [a francesa, não a da Appp+Google de que se está a aguardar] funcione melhor”.
    “Nesta terça-feira a França apontou o dedo à Apple, dizendo que esta não se está a esforçar no combate do coronavírus, adianta a Reuters. O motivo apontado é que a empresa de Cupertino se está a recusar tornar os seus iPhones mais compatíveis com a app de monitorização francesa, designada StopCovid.”

    Mas afinal quem tem razão – a França (com a abordagem centralizada PEPP-PT) ou a Alemanha que abandonou o PEPP-PT e espera pela app/APIs Apple+Google (com uma abordagem descentralizada e protocolos descentralizados como o DP-3T)?

    “O secretário de estado francês adiantou que a aplicação StopCovid deverá ser implementada a 2 de junho, independentemente da posição da Apple. ”

    A app (ou APIs para apps) Apple+Google para Android e iPhone há de estar disponível antes e o assunto fica resolvido.
    https://pplware.sapo.pt/informacao/covid-19-alemanha-vai-monitorizar-cidadaos-com-app-que-guarda-dados-no-telemovel/#comment-2576768

  4. Rui says:

    bluetooth
    duas desvantagens:

    1 gasta imensa bateria
    2 os iphones bloqueiam o acesso ao bluetooth

    • Dark Sky says:

      Não é bem um questão do Bluetooth sempre ligado e consumo de bateria – ando com iPhone com o Bluetooth sempre ligado e não ligo ao consumo adicional de bateria.

      A app francesa (e qualquer outra PEPP-PT) exige:
      1- o iPhone sempre desbloqueado
      2 – o Bluetooth sempre ligado e com acesso sem restrições
      3 – a app a correr em 1º plano.

      Para o permitir, a Apple tinha que alterar as definições do iPhone – e a Apple recusou-se (e com isto creio que matou o PEPP-PT e daí as lamentações do governo francês), por:

      – Razões de segurança – não é seguro andar com um smartphone desbloqueado. O acesso sem restrições por Bluetooth também pode trazer inconvenientes (como anúncios)
      – Consumo excessivo de bateria por ter sempre a app em primeiro plano.

      Acrescem outras questões, como a centralização/descentralização dos dados (quanto mais os dados forem centralizados e menos anonimizados – menor a segurança, quer por ataques, quer por utilização abusiva) e também os protocolos para a comunicação dos dados (PEPP-PT vs.DP-3T e outros).

      De modos que … cá estamos à espera da app (ou APIs para apps), da Apple+Google para Android e iOS, anunciada para maio. Não tenho qualquer dúvida que a app (ou as apps) de contact-tracing em Portugal se vão basear nas app/APIs Apple+Google. A França … ainda vai a tempo de se juntar à Alemanha … “Se não podes vencê-los [a Google e a Apple] junta-te a eles”.

      P.S. Quem é que falou em apps de localização dos telemóveis, por GPS ou antenas dos operadores? 😉

    • rjSampaio says:

      O teu ponto 1, Já ouviste falar de BLE?

  5. Mina says:

    A APP portuguesa tb se baseia em bluetooth

  6. Joselito says:

    É só produzir seu próprio telemóvel, fácil!

  7. Zé Duarte says:

    Eu não gosto dos produtos da Apple mas neste caso estou do lado deles. Agora vão reduzir a protecção de TODOS os iPhones só para uns quantos franceses andarem com uma app duvidosa instalada?
    Façam os vossos próprios dispositivos ou desenvolvam só para Android. Quem estiver realmente preocupado em saber se o vizinho tem covid compra um Android de 20€ para instalar a app.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.