Quantcast
PplWare Mobile

ATgo: A nova aplicação do Fisco para gerir a sua atividade

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Rui says:

    Parece interessante, pena não permitir gerir actividades/empresas com contabilidade organizada.

  2. duvida says:

    E para PC fixo?

    • Miguel says:

      Pensei exatamente o mesmo, ferramenta super interessante, mas gostava de ver o mesmo no PC, é lá que passo as faturas-recibo. Como a possibilidade de criar o template, há anos que o “peço” no PC.

      • GM says:

        No pc já temos, é o acesso ao portal das finanças. Aí sim, a plataforma deveria ser evoluída no sentido de cada qual ter a base de dados dos clientes (com os dados de identificação) e os “templates” de facturas recorrentes.

        • duvida says:

          Pode explicar como funciona no portal das finanças para facturação de uma loja como um software da SAGE ou PHC ou outro?

          Não estará a confundir com a emissão de recibos dos independentes?!

          • GM says:

            Não estou a confundir com nada. Se o proprietário da loja for TI, com ou sem contabilidade organizada, pode utilizar o Portal das Finanças para emissão das Factura/Recibo ou Factura+Recibo, seja de prestação de serviços, ou venda de bens. O problema que se coloca é que no caso de uma loja que venda produtos, tem existências, e essa contabilização/gestão (stocks) não pode ser feita no Portal. Há obrigações fiscais decorrentes da existência de “existências” que não podem ser feitas no Portal. Irá sempre necessitar de um software oficial que permita fazer a gestão de stocks, de forma oficial, que permita cumprir as ditas obrigações fiscais. Certamente que está ao corrente da existência do “balanço” no final do ano, que de forma simples é a contagem dos bens existentes em armazém, que foram adquiridos num determinado ano fiscal mas não foram vendidos. Ora, ficam em armazém, e transitam para o ano fiscal seguinte. Este inicia o exercício já com “existências” em armazém. Portanto, se necessita fazer a gestão de stocks pelas razões acima referidas, faz sentido ter um software que faça, de forma integrada, facturação e gestão de stocks. Resuminto, oPortal das Finanças é óptimo para TI’s, com ou sem contabilidade organizada, que prestem serviços sem venda de bens (advogados, engenheiros, profissionais de IT sem vendas de bens, médicos, etc).

  3. Zé Fonseca A. says:

    Interessante para emitir faturas on the go.
    Mas seria mais interessante uma app para entrega do IRS.

    • Tiago Rodrigues says:

      Já existe!
      Procure na loja de aplicações do seu sistema operativo uma aplicação chamada: IRS 2020

      Pode ser do ano 2020, mas permite a entrega do IRS do ano corrente

      • Zé Fonseca A. says:

        Isso é para IRS automático.
        Só gente pobre tem direito a IRS automático, boa sorte a fazer isso trabalhando para contra próprio e por conta de outrem, tendo fundos de investimento, ações, propriedades, etc. Daqui por 20 anos talvez exista IRS automático para esses casos.

        • Tiago Rodrigues says:

          Sei que a má educação, arrogância e prepotência não são tidas em conta em termos fiscais, porque se fossem, eventualmente o senhor seria bem pobre. Mas deixe que lhe diga o seguinte:
          IRS automático não é para pobres. É para cidadãos até um certo nível de rendimentos e/ou condições.
          A boa educação não se mede por €.
          Cuidado para não cair em “ Default “…

  4. Oscar says:

    Uma medida positiva

  5. sert says:

    Boas noticias! Wuiipiiiiiii!
    Isto quer dizer que já tenho uma app que me vai dizer com graficos e tudo quando o estado me vai a carteira e diz que me vai devolver parte do dinheiro que já era meu se eu estiver a controlar as atividades de faturação dos outros?
    E que vai despedir uma grande parte de funcionarios publicos que já deixam de fazer falta ou que na mesma mesmo com a digitalização vai marcar o ponto na mesma?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.