Quantcast
PplWare Mobile

Smartphones Samsung também podem ser encontrados se estiverem desligados da rede

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. t.u.g.a says:

    adeus privacidade

  2. Rafael says:

    O da samsung só funciona se estiver perto de outro samsung, o da apple só funciona de estiver ao pé de outro equipamento apple, imagina se todas as marcas trabalhassem em conjunto num protocolo aberto para fazer uma cobertura muito maior, sei que estou a sonhar mas era bom.

  3. Luis says:

    Conseguem fazer isso (algo que os serviços secretos já faziam há + de uma década) mas não conseguem pô-los a despertar quando desligados (todos os outros fabricantes o conseguem). Foram buscar essa capacidade onde? À espionagem (sempre nos deixa muito descansados)?
    Treta de SAMSUNGS.

    • Luis says:

      É melhor andares a ser vigiado por telemóveis chineses…

      • Napoleão Bonaparte says:

        Ah! Ah! Ah!
        Esta foi mortal…!
        Mortal.

      • Filipe says:

        É melhor ter a câmara ligada e o micro 24h por dia, mesmo com o telemóvel supostamente desligado… *cough*apple*cough*.
        Deixem de ser fanboys e com teorias da conspiração da treta deitadas cá para fora por um maluco de capachinho que faliu TODAS as empresas em que tocou. Todas as marcas têm a sua ponta de espiar quem os usa e meterem nos EULA que é só para melhorar o serviço/produto.

        • oeuropeu says:

          É diferente ter falhas de segurança e criar backdoors para determinados governos. que podem espionar milhões de pessoa em tempo real sem esforço algum. Muito diferente de a cada aparelho que querem aceder tem de perder horas ou dias.

  4. Rúben Fernandes says:

    Boa medida, viole os dados que viole, mas para algumas pessoas isto ajuda imenso.

    • Artur Peralta says:

      Por essa lógica, posso roubar um supermercado para ajudar lares de 3ª idade, ou os mais pobres. Violo leis, mas ajuda muita gente…

      Isto é só um exemplo, mas poderíamos ter imensos seguindo apenas o teu “raciocínio”…

    • Wishmaster says:

      @Rúben Fernandes

      Isso não faz sentido, é permitir que façam tudo, depois não te queixes…

      O consumidor deve ter a possibilidade de escolher se quer a funcionalidade ou não quer. E isto nem devia ser discutível…

  5. Eu says:

    Isto diz tudo “Todos os restantes Samsung que estejam na vizinhança e que o detetem vão comunicar essa informação para o serviço da Samsung”, com a desculpa do perdido servir para o teu bem.
    “Those who would give up Essential Liberty to purchase a little Temporary Safety, deserve neither Liberty nor Safety” – Benjamin Franklin

  6. Krasy says:

    esta malta e as teorias da conspiração e da vigilância fazem lembrar aquela piada:
    O marido sussurra para a esposa algo; ao que ela lhe pergunta “mas tás a sussurrar pk? e ele responde “não kero que o facebook me escute.” Ela riu-se, ele riu-se, a alexa riu-se e a siri riu-se lol…

  7. HUGO ANDRE says:

    e sabe alguem de um localizador de imei ou serial number de qualquer marca para portatil ou smartphone?
    Roubaram portatil ou smartphone mesmo que tenha rastreador por software formatam o portatil e smartphone e la se vai o rastreo!
    Mesmo que se tente registar de novo, o serial number é único e se a pessoa desse dado como roubado as marcas deveriam ser obrigadas a rastrear os produtos! Para isso desenvolvem drivers com geolocalizacao (backdoors embutidos), que nas seguintes atualizacoes do Windows ou do Android vao poder enviar imediatamente a Geolocalizacao dos produtos roubados, com a triangulacao precisa por vezes de menos 3 a 15 metros, utilizando as redes moveis e wifi, assim como bluetooth… É uma ideia, nao, ja se faz isto, nao vou dizer marcas, porque nem todas fazem isto!… Por isso ladroes, nem mesmo que vendam as peças,… as autoridades vao ter convosco pela certa! É um Aviso! Quem comprar peças roubadas vai de cana também!… Porque os drivers enviam a info toda acerca dos componentes atuais de cada um e vai conseguir descobrir onde está cada peça! E se vos disser que as marcas todas conseguem mudar os serial numbers, imeis e macaddress dos dispositivos!? Os ladroes tambem conseguem?!?! Sim…. =(
    Entao como descobrir o Smartphone ou portatil roubado!? Ha o antes e o depois! Toda a informação é registada, nalguns é possivel substituir esta informação offline como uma simples pen com o update firmware, noutras tem que comunicar Online com a marca para poderem mudar esta informação!… Por isso o reaver de pertences é crucial ativar rastreo nas primeiras horas logo a seguir ao furto! Senao pode ser demasiado tarde!… A boa Noticia é que nem todos os ladroes sao funcionarios ou parceiros suporte das marcas! E enquanto nao se dirigem a uma ilegal ilicita, isto porque as que trabalham serio, todas as trocas de serial numbers por exemplo teriam que ser comunicadas a marca!,… alguns ate inventam serial numbers e assim tambem sao apanhados! Por vezes fazem a replica de um dispositivo inutilizado igual so que nao se lembram nos outros componentes,… assim é o que há oportunidade de apanhar-mos os bastar***. Pena que a Policia Forense Portuguesa nalguns distritos nao tenha estes protocolos diretos com as marcas, senão era mais eficaz no combate ao vandalismo e furto! Para se poderem safar terao que pedir ajuda internacional o que por vezes demora em atuar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.