PplWare Mobile

ANACOM: MEO, NOS e Vodafone têm 50 dias para mudar tarifários


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

38 Respostas

  1. iDroid says:

    Isto significa que, por exemplo, se se tiver um tarifário RED com 5GB + 20GB para aplicações, deixando de existir estes últimos 20GB, a Vodafone terá que obrigatoriamente aumentar os 5GB gerais para compensar a falta dos 20GB?

    • Nox says:

      Sim isso também gostaria de saber, se vai ser só para novas adesões ou também para os atuais tarifários

      • EacHTimE says:

        Sim será para toda a gente. Mas para compensar eles deviam dar mais tarifário generico. Mas conhecendo como são as operadoras em Portugal já se sabe o que vai acontecer

    • Luís says:

      Eu até tenho medo que eles cortem os 20Gb das aplicações (5 no meu caso) e os clientes ficam só com os 5Gb do tráfego normal.

      • MegaDrive says:

        Depois disto até deviam ter tarifários ilimitados, se a internet é assim tão “livre” eu nem deveria poder ser limitado.
        (a internet)Ser objecto de controlo de tráfego de dados pelas empresas é estar preso à preocupação da utilização “normal” do meu telemóvel num mundo onde as transferências de dados são cada vez maiores (conteúdos 4k etc.).
        Não faz qualquer sentido ter limite, pelo menos não tão baixo assim… até os routers móveis que as operadoras vendem com internet “ilimitada” têm um limite de cerca de 50GB. Porque não o mesmo para o utilizador comum? No que toca a Internet e velocidade somos todos bastante exigentes.

        • Bob says:

          Internet livre, e internet sem custos, são coisas distintas.
          Os dados custam dinheiro às operadoras. E até o caminho que usam, custa mais, ou menos. Por isso de borla, não será.

          • MegaDrive says:

            Certo mas imagina a seguinte situação. Tens 2GB de plafond que já esgotaste. Como usas o GPS por ex? Não bastaria reduzir a velocidade para 128kb? E depois olha… para o mês há mais.

          • Marco says:

            @MegaDrive: GPS que se prese não precisa de dados. serviços extra usados nos GPS como trafego, localização de radares móveis, avisos de perigo, isso sim usa dados.

          • Anjo says:

            O gigabyte de tráfego deve custar às operadoras abaixo dos 5 cêntimos.

        • Manuel says:

          os limites existem por duas razões:
          1- ganhar + dinheiro…
          2- por limite da LB dos equipamentos CORE que asseguram o trafego até à antena “trafego móvel”.
          .:/ o ponto 2 será concerteza suprimido em breve

          • Manuel says:

            ainda há uma 3ª consequente da nº2
            3- Manter em média um bom nivel de velocidade para todos os utilizadores.

    • Hefesto,o Grande says:

      +1,”iDroid”,excelente pergunta.Estou na mesma situação do que o senhor.Queria obviamente saber mais sobre isto e qual irá ser a posição da Vodafone sobre a nova alteração das ofertas.

    • Balmer says:

      Er, não.
      O que dizes pode acontecer, mas, será muito mais pratico tirarem-te os 20GB e pagares o mesmo que pagas agora. E com todas as operadoras a seguir o mesmo esquema é uma perda para o consumidor, que quando se queixar as operadoras podem legitimamente dizer “Fomos obrigados” e “Pode mudar de operadora”, para outra que está a fazer o mesmo.

    • Ricardo Almeida says:

      Se eles vão mudar a parte dos 5GB não sei, mas tu como cliente que assinou um contrato ao haver modificações a esse contrato tens todo o direito em rescindir e optar por outro tarifário/operadora.

    • Dani says:

      O que vai acontecer é ficar apenas com os 5 GB o pouco mais em Portugal sempre para o mais pequeno ficar prejudicado Ana como está o serviço do consumidor está ao serviço de interesses isso sim

  2. Rodrigo says:

    Se tivéssemos uma entidade competente que soubesse passar multas a sério e não metesse o rabinho entre as pernas quando autua um operador, até acreditava que as operadoras cumprissem aquilo que a Anacom “exige”. Agora assim, com multas de 10.000€ ou 50.000€ que é o que a Anacom tem o hábito de passar por infracções a empresas que faturam milhões por mês, bem podem esperar sentados que alguma coisa se altere após esse prazo.

  3. Júlio says:

    Segundo informações da NOS, no caso da WTF, a solução passa por aumentar o plafond mensal.

  4. André says:

    Serve para piorar a oferta do consumidor final. É lógico que as operadoras não vão desvalorizar o valor dos dados móveis, por exemplo, a oferta 5gb + 20 apps não vai passar a ser 25gb ao mesmo preço. Já foram feitas alterações e agora o pacote de casa com mais dados tem 10gb e começa com 70€ em vez de 60€. a ANACOM não está a fazer mais que piorar a oferta do consumidor final.

    • Miguel says:

      André, isto não se trata de proteger o consumir, trata-se de os operadores estarem a violar a lei da net neutrality.
      O que eu não percebo é porque é que depois de mais de 5 anos em que os operadores portugueses estão a violar a net neutrality é que a Anacom acorda! Ainda por cima, tendo em conta que a net neutrality já não existe nos EUA. O que quer dizer que não deve faltar muito até as empresas grandes conseguirem convencer a UE a também destruir a net neutrality.

    • Hugo Marafona says:

      Não serve, isto serve é para te preoteger. Se os operadores querem cativar clientes, que deem mais gigas mas que não digam que é para o facebook mas para a net em geral!

      Senão sai uma app boa e o teu operador cobra esse trafego, tu deixas de usar a app por causa disso. percebes? 😉

  5. DrFrankenDerpen says:

    Na Finlândia, os tarifários “normais” nenhum tem restricão quanto a gigas e apps e afins.

    Estou preocupado com a minha avózinha e ao que lhe vai acontecer. Subscrevi-lhe um tarifário yorn com uma quantidade X de gigas para whatsapp. O que será que vão fazer a esse tarifário?

  6. Filipe F. says:

    O segredo para os WTF, Moche e Yorn seria bem simples. Tarifários com tráfego ilimitado e diferenciavam nos preços pelo plafond de sms ou minutos. Nesta parte do tráfego ilimitado punham como já existe, uma PUA de uns 30 ou 50GB (para evitar os abusos). Era uma solução justa para quem estava habituado a ‘tráfego ilimitado’ em algumas Apps, sendo que esse ilimitado já tinha uma PUA geralmente de 15 ou 20GB

  7. Pedro Fonseca says:

    Pronto, lá se vai o Spotify em dados movéis…

  8. PeFerreira98 says:

    Não tenho problema nenhum em aceitar o trafego ‘ilimitado’ de apps para toda a internet mantendo os 9,80€ por mês. (Como se isso fosse acontecer)
    Já estou a imaginar a receber a mensagem de ‘o seu trafego está a acabar’ ainda nos primeiros dias do mês…
    No final das contas isto vai ser um ‘plus’ para as operadoras.

  9. Samuel says:

    Neutralidade da internet!! Onde é que isso anda?? Se é neutral então porquê é a comissão europeia está a tentar limita-la?? Falam do Trump mas eles são iguais a ele 🙁

    • Hugo says:

      Samuel, quando se fala em neutralidade, esta-se a querer dizer “direitos iguais para todos” para não haver concorrência desleal. Um ex: se amanhã aparecer um serviço melhor que o Spotify, ninguém que usa o WTF ou Yorn o vai querer instalar porque vai gastar dados móveis nesse mesmo novo serviço.

  10. Paula says:

    Pela lei a fatura e de graca para cliente porque que anacon nao proibi esteas redes de cobraten? Tem medo de comprir a lei?? Temos todos que pedir faturas para irs e porque comunicacoes sao unicas a cobrar o papel quem nao tem internet pessoas de idade isto e um roubo

  11. paula cristina almeida says:

    A edp a aguas o gaz e outros nao ha fedilicacao porque os redes tv tem que ter acabem com isso e cumulo nao estar satifeuita com servico e temos que ficar 2 anos agarrados anacom tem que agir acabar com estes ladroes

  12. jose Simões says:

    Olá .o que eu tenho a comentar.É o seguinte, em caso, que não estejamos satisfeito com o serviço por diversas razões deviamos rescindir,o contrato com qualquer empresa ,sem ter qualquer tipo de problemas de fidelização .O que era melhor ,para o consumidor ,e até para as empresas, com isto termino ,José Simões obrigado

  13. informado says:

    Preços mais baratos pela net … O resto não interessa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.