Quantcast
PplWare Mobile

Facebook poderá estar a planear uma mudança do nome da empresa

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. David Guerreiro says:

    Parece aquelas empresas que mudam de nome para limpar a imagem, quando já está muito suja

    • sergio says:

      também é verdade.
      Além disso, é estratégia de marketing e depois começam a cobrar dinheiro para acedermos ao facebook novo e restantes serviços da empresa.

      • Fla says:

        Não há interesse deles em cobrar.

      • Pgomes says:

        Tu ainda não percebeste que não pagas pelo Facebook, porque tu não és o cliente.
        Tu e os restantes utilizadores são o producto, que o Facebook vende a outras empresas.

        • sergio says:

          Percebi sim óh xico esperto. Não vou falar sobre mim, mas sou webmaster e programador há vinte anos, sei que nos produtos grátis e redes sociais e apps de gaming gratuitos nós somos o “produto”. Sei que o Facebook vende base de dados a empresas de marketing e tudo isso.

          Mas reparem, xicos espertos: O Facebook começou como rede social grátis, e aos poucos as pessoas começaram a pagar para anunciar (Facebook ads, posts patrocinados). Em breve vão haver mais serviços pagos.
          Quando vocês começarem a ter vários posts censurados pelo algoritmo do Facebook, vão começar a querer pagar para publicar posts.

          Os grupos de quem vende produtos no Facebook (há grupos onde as pessoas colocam fotos para vender carros usados, roupas etc, há quem faça lives para vender roupa), tudo isso começará a deixar de ser grátis.!

  2. Pgomes says:

    Muda o nome, mas é a mesma m*rda.

  3. eu2 says:

    O FB também queria inventar o teletransporte até 2020. Este projeto de 10 mil empregos na UE parece mais uma bajulação.
    Já a mudança de nome é para limparem os escândalos.

  4. sayWhat says:

    E que tal fecharem portas?

  5. sergio says:

    Preparem-se que a url (domínio web) do Face irá depois mudar, e possivelmente deixará de ser “grátis”.
    Quanto à realidade virtual a empresa Facebook que detém a “Oculus” é pioneira, os óculos virtuais standalone (sem fios, autónomos) da Oculus Quest 2 são os melhores do mercado e inclusive em resolução.
    Existem alguns óculos VR com fios, mas requerem um computador muito bom e boa placa gráfica para funcionar.

    O futuro da “rede social” será virtual sim, utilizando Oculus Quest (Zuckerberg já está a preparar um terceiro modelo, um tipo de Oculus Quest 3, com maior resolução, acima dos 4K e maior field of view).

  6. Tuga says:

    Aposto em FakeBook, olhando aos conteúdos a essa plataforma já nos habituou

  7. Cab_Sudo says:

    Sé se o novo nome vai ser marktingbook

  8. Gustavo Almeida says:

    É a altura certa para mandar tudo às couves.

  9. HB76 says:

    Para os mais distraídos. O que pode mudar de nome é a empresa e não a rede social.
    A rede social vai manter-se como Facebook.

    • poiou says:

      Pois, a google também mudou de nome para alphabet

      • sergio says:

        O Google continua a ser o nome da empresa e do motor de busca, Alphabet é o nome de uma de várias empresas que eles possuem. Mas a Alphabet é a principal sim, na verdade o nome oficial é “XXVI Holdings inc.”.
        A Google continua uma marca forte e detém cerca de 200 outras marcas e serviços (exemplo: blogger, Youtube, Doubleclick)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.