Quantcast
PplWare Mobile

Facebook admite que o Instagram tem impacto mental negativo nos jovens

                                    
                                

Fonte: Wall Street Journal

Autor: Marisa Pinto


  1. Hélio Musco says:

    Se fosse só nos jovens…

  2. Sardinha Enlatada says:

    A televisao tambem.

  3. CS says:

    Vinha cá dizer isso

  4. David Guerreiro says:

    Acho que o Tiktok ainda é pior. Estamos a gerar uma geração de jovens estúpidos.

    • João Cartaxo says:

      Uma geração que não quer saber.. Se pensam que vão viver desta maneira estão a enganandos.. Um dia vao abrir os olhos… Pode é ser tarde

    • Claudio says:

      Exactamente, estamos, nós, os pais dessas crianças. Porque convenhamos que se os pais estiverem com os filhos o tempo devido e os ensinarem a diferença entre o que é real e o que é plástico o problema fica mill vezes menor, vai ser haver mentes influenciáveis cabe aos pais influencia-las de forma positiva.

    • JR says:

      O que consideras jovens estúpidos?
      As redes sociais têm dois lados como qualquer ação que tenhamos na vida.
      Podem ser usadas para aprendizagem como lazer. O que é preciso, como em tudo, é ter consciencia e saber ter controlo de como são usadas.
      Se vamos por essa parte, desde o séc XX que a tecnologia geral está a criar gerações “estupidas”.
      Basta olhar para os programas existentes nos canais nacionais que se percebe bem que o problema não é só as redes sociais…

  5. Sardinha Enlatada says:

    Nao sei se e do vosso tempo mas na altura que passava o Dragon Ball, devido ao exito alcancado, depois alguem decidiu criar polemica que isso influenciava violencia nos jovens. Se e verdade ou nao nao sei, mas na altura fizeram ruido com isso. Nos anos 90 creio.

  6. Golden Arrow says:

    A verdade é que a maioria dos jovens já não utiliza o facebook.

    Pessoalmente pergunto-me porque é que as pessoas ainda o utilizam. Só as gerações mais antigas é que ainda utilizam o facebook dos 30, 40’s para cima. Eu tenho quase 50… estou a ficar velho em comparação com os mais novos mas consigo perceber que os jovens com menos de 20 anos são uma presença rara no facebook.

    Na minha opinião o facebook não vai durar muito porque lhe falta o tecido social da nova geração. O instagram com o impacto mental negativo nos jovens também tem a morte anunciada.

    A nova geração já encontrou alternativas a estas duas redes sociais.

    A verdade é que tudo é efémero.

  7. Anibal Assis says:

    Felizmente
    Não tenho nem um nem outro

    Até a bateria do telemóvel fica beneficiada

  8. Davi says:

    Impacto negativo, uma distração e uma fonte de maus exemplos e modos de vida insustentáveis. Pessoas escravas dos algoritmos, das marcas e das aparencias.
    Pergunto-me o que acontecerá a estas novas gerações, cheias de distrações online, sempre a olhar para o telemovel, sem interesse pela escola.

  9. wtvlol says:

    Conheço pessoas de 40 e 50 anos que descobriram o facebook e afins depois do início da pandemia e se já não tinham os parafusos todos agora ainda estão mais doentes e não é com o Covid-19. A quantidade de desinformação e grupinhos da treta é surreal.

  10. Joao Ptt says:

    Duvido que o maior impacto seja na percepção do seu corpo por comparação dos outros.

    O pior deve estar nos comentários que recebem.

    Se o Facebook quer acabar com o impacto negativo, é só não permitir receber interacções (gostos e isso), não mostrar números de nada (subscritores, amigos, seguidores, gostos, número de visitas às publicações, etc.) a ninguém incluindo o dono do perfil (sejam contas comerciais ou não), não permitir comentários nem mensagens directas. Basicamente só deixar meter fotos, vídeos ou textos e ninguém pode interagir com a publicação. Lá se vai grande parte do mau estar criado. A seguir desaparece do mapa, porque alguém vai oferecer tudo aquilo que faz as pessoas sentirem-se mal, e as pessoas mudar-se-ão para lá, para se continuarem a sentir mal… em outro lado.

  11. Já foste says:

    Todas as redes sociais

  12. caganotas says:

    A minha conta pessoal do Facebook já quase nem lá vou e quando vou depressa fujo. Só falta publicarem que estão a cagar!! Já não tenho saco pra isso. Uso sim uma conta criada para o meu lado profissional, porque é uma excelente forma de marketing e vendas. Instagram igual. O tempo é precioso demais pra desperdiçar aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.