Quantcast
PplWare Mobile

Desafio perigoso no TikTok leva criança de 11 anos a ser internada em estado grave

PUB

                                    
                                

Fonte: Worcester News

Autor: Marisa Pinto


  1. Barbatos says:

    Ou melhor, controlar o telemóvel do filho menor e não deixar ele acessar apps que não são adequadas para ele? Não sei, não tenho filhos por isso não sei do que falo.

    • AS says:

      O que são apps que não são adequadas? Tik tok, e crias uma barreira à inclusão dos teus filhos, porque os amigos vão estar a falar de conteúdos desta plataforma?
      Youtube, chrome, instagram, whatsapp, todas têm conteúdos perigosos. É preferível dar-lhes um Nokia 3330 que não tem internet.
      Diria antes o contrário, que os pais devem aceder também ao conteúdo que os filhos acedem para poderem discutir os conteúdos. O caminho não se faz por não permitir acesso a informação.

      • Há Cada Gajo says:

        Tu como pai/mãe, tens a obrigação de educar os teus filhos. AS novas tecnologias fazem parte dessa componente educativa. Mas é fácil de perceber que isso não acontece. O telefone, o tablet ou qualquer um outro gadget são hoje utilizados para “educar”. Por exemplo no restaurante o menino ou menina irrequieta é “acalmada” pelo telefone que lhe colocam nas mãos. E poderia enumerar uns não sei quantos exemplos…

        • AS says:

          Concordo que não se deve recorrer exclusivamente ao smartphone para se acalmar uma criança. Um smartphone pode conter desde conteúdos educativos até aos mais impróprios, tem que haver supervisão, daí sugerir que acompanhem as apps que os filhos frequentam.

      • Miguel Gomes says:

        Barreira de inclusão? O problema está mesmo aí, quem quer fazer as coisas bem acaba por ter dificuldades por causa de Pais que não têm consciencia das coisas!

        “O caminho não se faz por não permitir acesso a informação.” Há informação que não é adequada para crianças, acha sensato por crianças pequenas com acesso a imagens chocantes ou pornografia? Sabe como é fácil uma criança ser manipulada por pedófilos ?

        E deixa adivinhar, não deve ser pai pois nao?

    • jonas says:

      ” Não sei, não tenho filhos por isso não sei do que falo”
      Exatamente.

  2. T800 says:

    Este ano é a segunda vez que leio esta noticia, e no ano passado li uma!

  3. Just Me says:

    11 anos, não tem supervisão dos pais? Ainda vão dizer que a culpa é do aplicativo, ou da conexão à internet, ou…. Ou…. Enfim, lamentar a perda de mais uma vida

    • AS says:

      Com onze anos já deve andar na escola, já leva dinheiro. Nada a impossibilita de comprar esferas magnéticas e fazer esta perigosa brincadeira enquanto está na escola.
      Ainda vão dizer que a culpa é da supervisão dos pais…
      Em miúdo andava a brincar com 3 berlindes dentro de uma garrafa de plástico, meti na boca e lá foram os berlindes parar ao estômago. A solução do médico foi esperar “que saíssem”… e saíram.

      • Há Cada Gajo says:

        Sim, a culpa é da educação que lhes é dada pelos pais. Nasceram selvagens e assim irão continuar a troco do que lhes aparece pela frente. Com 11 anos, qualquer pai é responsável pela criança. Se não entendes isso…pois muito se explica (o que para mim não é novidade nenhuma).

        • AS says:

          O que argumentas é tão falível que nem merece resposta. Desde o “nasceram selvagens” até “ao muito se explica”…

          • Há Cada Gajo says:

            Não nasceram selvagens ? A sério que não ? Em que prateleiras do supermercado encontramos esses espécimes já educados e prontos para socializar ?

  4. Megadriver says:

    Obviamente que se uma criança de 11 anos anda a comer bolas magnéticas talvez não seja melhor dar-lhe um telemóvel para as mãos. Qualquer dia dizem-lhe para beber detergente… como certos e determinados ex-presidentes.

  5. David Guerreiro says:

    Esta juventude é uma desgraça, um bando de inúteis. Essa coisa do Tiktok é uma chinesice para criar uma sociedade de mentecaptos. A culpa é dos pais que não proíbem as crianças de usarem essas porcarias.

    • RPG says:

      Se tu sem usares Tiktok és pior que mentecapto, o Tiktok não veio contribuir grande coisa nesse sentido. Criticas tanto a China e depois tens a mesma linha de pensamento e políticas do PCC lol.. Algo que cria alguns problemas, solução? Proibir LOL

  6. Administra Dor says:

    “O meu filho faz coisas estupidas por casa de:_____”

    2020’s : TikTok
    2010’s : Youtube
    2000’s : Internet no geral
    1990’s : Televisão

    Engraçado é que a culpa nunca é dos pais.

    • É o burro sou eu says:

      A minha mãe sempre me disse que a educação das crianças, ou falta, e dos seus pais. No entendo culpam internet e amigos.

      Eu brincava as cartas Pokémon e Magic, apanhada, escondidas com outras pessoas e ao vivo

      Hoje crianças estão na internet a querer ser alguém com likes, a mostrar o corpo, com maquilhagem, 12/14anos com mini saias… e os pus contentes porque tem filhos bonitos ou ‘famosos’ porque têm likes

      Concordo contigo!!

  7. Há Cada Gajo says:

    A culpa é sempre dos pais que não se adaptam às realidades e preferem ignorar e negligenciar o seu papel deixando que outros os substituam na hora da educar os filhos. Ter filhos passou a ser uma moda. A escola deixou de ter poder e autoridade. Um professor é enxovalhado diariamente pelos alunos e ao fim do dia pelos pais. Um polícia é desrespeitado. Um profissional seja ele qual for é desautorizado. Todos reclamam direitos disto e daquilo. Ninguém tem obrigações. Ninguém imagina o que está para vir, mas calculo que será pior do que agora.

    • jonas says:

      Isto é como nos acidentes nos aviões. A ulpa “nunca” é sempre de uma só coisa. Não sei porque se opina de forma binária sobre o tema, a culpa não é da educação que os pais lhe dão, nem é do tiktok, mas é de todos um pouco. Deve-se melhorar tanto quando possível em todas as dimensões.
      Digo eu… mas pronto…. é mais giro entrar numa de dizer mal, seja de um lado, seja do outro.

      • Há Cada Gajo says:

        Meu caro, a primeira “coisa” com quem a criancinha se depara quando vem ao mundo é a mãe e naturalmente o pai. O resto é-lhe dado por estas duas figuras por mais grotesco que isso te possa parecer.

  8. É o burro sou eu says:

    Triste como os pais de hoje em dia são estupidos. Em vez de passarem tempo com os filhos, preferem da computadores, pads e telemóveis. Depois da disto…Está estranha geração que está aqui e fruto dos pais da minha geração (90s).
    Vivemos a geração 90 e 00 que foi tao bom e passamos aos filhos informações totalmente diferente …

    • AS says:

      Também sou dessa geração. Essa generalização é perigosa, se também és pai/mãe então também serve para ti, se não és então são só bitaites. Na minha opinião vivemos na era da informação. É muito mais direccionada e isso faz com que um miúdo que comeu coisas que não devia noutra qualquer parte do mundo, chega-nos rapidamente até nós. Conheço montes de histórias semelhantes de altura em que não havia Tik toks nem telemóveis, só que eram coisas que aconteciam na minha terra e não no mundo.

  9. Tony says:

    Metade da culpa é dos pais.

  10. Figueiredo says:

    Já deviam ter acabado com o TikTok há muito. Não uso, nem nunca usarei.

    • Há Cada Gajo says:

      Não se trata de acabar com o que quer que seja. Morrem milhares de pessoas na estrada mas ninguém acabou com os carros. Tem de se ensinar a usar. Tem de se educar. Tem de se supervisionar. Mas tudo isto dá muito trabalho…

    • Just Me says:

      O “melhor” comentário que li até agora, extremamente “construtivo”, bastante “sapiente” e “profundo” na sua essência. Deve ter custado uns dois dias para se chegar à uma conclusão como esta. Simplesmente “admirável” até tenho os pelos em “pé” tal é a minha estupefacção por magnânima e impoluta inteligência.

      Como diria o maior filósofo que alguma vez conheci enquanto “varreiamos” uns shots de bagaço na tasquinha do Xo Manel: “FAÇA-ME O FAVOR!”

    • Just Me says:

      Não usas saiotes, logo…

  11. João Silva says:

    Ser pai é a mais complicada profissão dos nossos dias. Se o queres ser tens de ter as qualificações adequadas. Porque se não as tiveres esquece: ou paga o aborto ou compra um cão.

  12. jorge says:

    As redes sociais vieram estragar toda a sociedade, pois ela ja nao estava muito boa, agora quando ando na rua vejo mais pessoas com o smartphone nas patas do que sem ele, nem reparam onde metem as patas no passeio, nem olham para o transito, e depois de tempos a tempos la fica um com os cornos debaixo de um trem.

    • scp says:

      Por acaso tens razão. Ainda era mais ou menos antes dos smartphones, as redes sociais eram apenas usadas nos computadores e maioritariamente por adolescentes. Depois vieram os smartphones onde qualquer pessoa podia ter um computador no bolso. As redes sociais passaram a ser, graças à ferramenta de partilha de fotografia e segundo de opinião, o centro da vida das pessoas em todo o lado, seja no trabalho, nos transportes, em casa, na rua ou nos restaurantes com os amigos.
      Não só as redes sociais mas também apps de mensagens como whatsapp ou fb messenger, fóruns dinâmicos como o reddit. Estas também são uma forma de rede social.

      Basicamente as redes sociais controlam-te a vida, o teu estado de espírito depende do que vês ou fazes lá, de quantos e qual a resposta ao teu conteúdo.

    • FreakOnALeash says:

      I call that Natural Selection…and Darwin Awards nominees and it’s a good thing to trim the herd from the inept. Eu espero não falecer por uma parvóice!

  13. SANDOKAN 1513 says:

    TikTok’s,jogos da baleia,entre outros,é tudo um perigo para as crianças.Mas infelizmente já não há volta a dar.Estas gerações de há 30 anos a esta parte são as gerações que nasceram e cresceram com o advento e consolidação da Internet.O que se pode fazer é que os pais estejam mais atentos ao que os filhos andam a fazer,porque de resto não há muito mais a fazer.

  14. Vrael says:

    A culpa é óbviamente dos pais, na altira da pandemia até li um comentário de uma mãe no Facebook a dizer que o estado devia pagar um súbdito ou salario por ela ter que ensinar o filho na escola.. Claramente esta abominação de pessoa nunca devia ter tido um filho, os putos não pensam vêm outros a fazer “desafios” nas redes sociais e fazem igual, para ganhar audiências, os pais não deviam deixar um miudo de 11 anos ter um smartphone, aliás o próprio estado devia proibir o uso de smartphones, tablets até uma certa idade sob pena de multa para os pais. Usam o pc para trabalhos da escola e um telemóvel simples só para ligar aos pais. Isto pouparia imensos problemas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.