Quantcast
PplWare Mobile

Afinal, Facebook paga para usar conteúdo jornalístico na Austrália

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. SuperSilva says:

    O que vai acontecer é que essas redes sociais devem começar a comprar os meios de notícias agora, para reduzir custos…

  2. nao says:

    Para mim o engraçado/ridículo desta Lei Australiana, é que os grandes jornais também “roubam” noticias aos jornais pequenos. quem é que paga a esses?
    qualquer pessoa pode confirmar o que digo, se pegar em 3 ou 4 jornais, e em todos eles vem a mesma notícia, com um pouco mais ou menos de texto, mas está em todos.
    O exemplo que me vêm à cabeça é sempre o mesmo, “chocolate emagrece”, para quem não sabe essa notícia foi criada pelo Bohannon, para mostrar a fácil vitalização de uma notícia. Todos os jornais de Portugal passaram essa notícia.

    Isto para dizer que este dinheiro, não vai para quem escreve as noticias (Bohannon), mas sim para o bolso do Rupert Murdoch (que é dono de basicamente todos os grandes jornais do mundo). mesmo que estejam a noticiar mentiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.