Quantcast
PplWare Mobile

Mineração de Bitcoins aquece lago glaciar em Nova Iorque

                                    
                                

Fonte: NBC News

Autor: Marisa Pinto


  1. sayWhat says:

    Para quando o fim desta palhaçada?

  2. Jota says:

    É inacreditável como é que a mineração de criptomoedas ainda não foi proibido!

    • ervilhoid says:

      Porque incomoda a mineração?

      • Vítor M. says:

        Não pode incomodar a mineração e os sistema em si. Até porque desenvolveu-se tecnologia que um dia será amplamente usado no mundo, um exemplo é o blockchain. Contudo, quando se quer fazer deste tipo de atividade uma forma ilícita de transação de valor monetário, isso sim já tem de ser parado. Fora isso, é controlar os consumos de energia, a poluição que daí advenha e vamos tirar proveito de novos conceitos.

        • Rafael Mateus says:

          Então talvez seja necessário acabar com o dinheiro físico já que «se quer fazer deste tipo de atividade uma forma ilícita de transação de valor monetário, isso sim já tem de ser parado. »

          • Vítor M. says:

            Mas o bitcoin não é uma moeda reconhecida. Logo, não se coloca sequer esse assunto.

          • ze says:

            ilicito é trabalhar quase meio ano só para sustentar xulos isso é que tem de acabar e vai acabar por isso se é fisico ou não não interessa até porque o fisico cada vez é menos fisico alem de papel .
            O valor das coisas são aquele que lhes atribuimos se não houvesse nada trocariamos pedras , a diferença é que desta forma ninguem é explorado até ao osso como hoje acontece por parte de quem imprime papel e diz que vale tanto…

        • Cláudio Andrade says:

          quem está contra as criptomoedas é porque não sabe o que está por traz disso.

      • Trumpetas says:

        Porque é um problema ambiental absurdo, só um palhaço é que não vê. Não só desperdiça energia como aumenta temperatura para ganhares um moeda digital, que nem físico é, que hoje pode valer 40$ mil como amanhã pode valer 4$. Uma moeda fútil e inútil para a maioria da população mundial, extremamente volátil, uma moeda que a maioria usa para fazer lavagem de dinheiro e fugir impostos etc… E a mineração causa mais problemas do que propriamente soluções. Não só a pandemia afetou o mercado de hardware como também esses palhaços da mineração que deviam trabalhar em vez de desperdiçarem energia.

        • Redin says:

          Pondera pensar de forma diferente e vais ver que estás redondamente enganado.
          Fazer por fazer comparações, façamos mas de forma correta.
          Este processo só pode ter comparação com os processos financeiros atuais desde a Banca até ao que lhe dá suporte de valor. (ou dava, porque nenhuma moeda no mundo tem valor intrínseco no ouro – Ago 1971).
          A mineração do Ouro tem consequências ambientais e energéticas que fazem da mineração cripto uma gota no oceano.
          Pelo mesmo caminho temos o sistema bancário e todos os ramos de distribuição financeira. (e por falares em “moeda física” ela está a um passo de se tornar totalmente digital o que tem implicações de privacidade).
          Os gastos energéticos do Bitcoin têm um rácio de +/- 70% para renováveis e 30% fosseis e destas ultimas são aproveitadas nas que têm desperdício de produção que de outra forma se perderia.
          “Não negues à partida uma ciência que desconheces”.

          • NaM says:

            Ok, mas o ouro e a banca estão devidamente regulados, o que lhes dá uma relativa confiança e resistência a mudanças de valor bruscas.
            Em relação a outros mercados gastarem tanta ou mais energia, não discordo, mas isso não desvaloriza o impacto das criptomoedas, mesmo que inferior.
            Concorco plenamente com o que o Trumpetas disse, trás mais problemas do que soluções. Bom conceito, mas está a ser arruinado pelos utilizadores que apenas o vêm como uma forma de ganhar (ou perder) dinheiro fácil sem ter de declarar alguma coisa.

          • Samuel MG says:

            “A mineração do Ouro tem consequências ambientais e energéticas que fazem da mineração cripto uma gota no oceano” Uma frese que mostra uma falta de conhecimento sobre as alterações climáticas. Cerca de 40 milhões de mineradores são suficientes para aumentar a temperatura em 2 graus (valor não fixo) no mundo, este aumento acelera o degelo polar que cria um aumento em 0.20 graus (valor fixo). Isto tudo num mês x(

          • FreakOnALeash says:

            A mineração das matérias primas necessárias a produção dos equipamento usados para mineração das criptocoiso também não é nada poluente!

          • Eu says:

            @FreakOnALeash Tal como as bufas que dás. Mete uma rolha aziado.

        • JR says:

          Espera até ouvires falar dos valores de poluição das minas para extração da matéria que dá valor à tua moeda atual que neste momento maioria da mesma existente nem valor real tem 🙂
          Sem falar na fuga de impostos que existe a partir da moeda atual 🙂
          Fala que x sistema é destrutivo mas o sistema atual já destruiu tudo o que havia :’)
          Enfim, hipocrisia 🙂

          • NaM says:

            Ah ok, então por já existir um sistema destrutivo, podem vir mais uns quantos atrás, que diferença faz? Já está destruído bora destruir mais.

          • Pedro says:

            Espera. Como o Ouro está regulado já pode poluir à vontade. És espero, tu.

        • ervilhoid says:

          Não vejo isso e ainda bem que não me revejo como um palhaço.

          a treta de fuga a impostos e lavagem de dinheiro já enjoa

        • ervilhoid says:

          E não veres os benefícios de algo não te dá o direito de chamar palhaço a ninguém

          ou se eu nao gostar de jogos vou chamar palhaços a todos os que jogam porque é um desperdício de hardware, eletricidade e largura de banda?

          • Zé Fonseca A. says:

            Lol.. Achar que existem beneficios para as cripto além do investimento particular é só ridiculo, é viver desfasado da realidade.
            O unico beneficio que as cripto trouxeram foram os DLCs, já está feito, já está a ser usado em 1001 situações, já podem morrer.

          • ervilhoid says:

            Se não existem benefícios para além do investimento, que raio de investimento é esse? podes explicar?

          • ervilhoid says:

            e se os smart contracts são 1 benefício então há benefício porque por essa lógica nunca teria sido necessário haver btc ou outra moeda para trocar por $ ou estou errado?

          • Zé Fonseca A. says:

            O beneficio é para quem investir e tira partido financeiro do activo que detem, igual em milhões de activos financeiros.

            Smart contracts sempre existiram em trading, só não existiam associados a cripto porque não existiam cripto.
            Chegaram ontem ao mundo dos investimentos e pensam que tudo nasceu nas criptos, além dos DLCs as criptos não passam de vaporware.

        • paulo says:

          a unica maneira dos estados fazerem frente ao bitcoin é lancar FUD sobre a mineracao que polui etc o mundo todo é verde so o bitcoin é que nao!

        • Jfbd says:

          Antes de passares vergonhas na internet lê e estuda o assunto. Repetir tretas ou balelas faz de ti um licenciado na ignorância

    • paulo says:

      rapaz tu nem sabes qual o propósito das criptos ! são contra os governos estatais que imprimem dinheiro e passam a divida inflação para a pulação!! o bitcoin é o que o ouro devia ter sido mas como é físico o estados podem meter a mão! a única maneira de devolver o poder do dinheiro as pessoa e desta maneira!!

    • iFernando says:

      Se um dia for proibida, não há ninguém para pagar o valor lá investido.
      É um jogo interessante.
      No limite, se não existirem interessados o valor passa a 0 (zero)

      • paulo says:

        amigo mas tu nao sabes eles podem tentar proibir que nao vao cabar com o btc!

        • Joao Magalhaes says:

          Acabar não acabam mas se não as conseguires usar…. Eu investi só para estar a brincar no binance , compro a um preço e depois há alguém que a compra mais cara e faço uns trocos mas no futuro já sabemos quem manda, a China já proibiu a mineração e o resultado é os Chineses a venderem as gráficas.

    • joao says:

      nem nunca vai ser. pra o bem e para o mal, esta para ficar.
      mais vale aceitar do que reclamar.

      mas pergunta, e antes do bitcoin nao havia aquecimento global?

  3. Blox says:

    Mais uma prova que isto não tem qualquer futuro e só serve para a lavagem de dinheiro e financiamentos ilegais.

  4. ervilhoid says:

    a bitcoin ainda vai ser acusada de ser responsável por todo o aquecimento global xD

  5. Tretas says:

    Os “residentes dizem”… mas nem sequer foram fornecidos dados. Apenas mais um dia de Bitcoin FUD…

    Fonte: https://twitter.com/level39/status/1412624791052472324

    • Vítor M. says:

      Interessante é que dizes que é FUD mas não dizes a razão. Ora na mesma ordem de ideias, os que têm o pescoço no cepo do Bitcoin atacam tudo o que eventualmente possa desvalorizar ou colocar em causa a seriedade das criptomoedas. Eu não tenho nada contra as criptomoedas, bem pelo contrário, sou um entusiasta pelo tema, mas acho que têm de dar tantas explicações como aquelas que pedem. Eles explicam que o arrefecimento de uma magnitude de máquinas daquela ordem aquece o lago. Então expliquem lá por que razão não aquece.

      É fácil, basta que tenham dados para o contraditório. Agora dizer que é FUD…. é conversa da treta. Argumentem, tragam dados que contrariem.

      • NotFUD says:

        Os dados estão no link acima no decorrer da thread no twitter, disponibilizados em http://fli-data.hws.edu/buoy/seneca/

        Em média, a temperatura desceu desde 2017 (passo a citar «2017 was so hot, it was off the charts»).

        Temos de ser razoáveis… Quando se trata de Bitcoin sabemos que há os dois extremos. Só não acho correto “atacar” a tecnologia porque o “residente” diz que disse.

        Não sou a favor do uso excessivo de energia dedicado à computação de Bitcoin, mas também sei que a energia gasta, em geral, durante o processo de mineração não é assim tanta como fazem crer. Acredito que bancos, sites porn, etc etc gastem muita mais energia do que miners de Bitcoin.

        O pplware como blog reconhecido de tecnologia devia ser mais “neutro” nestes assuntos, principalmente pela inevitabilidade do Bitcoin no futuro. É preciso saber discernir a informação.

        • Vítor M. says:

          Sim e o PPLWARE é sempre neutro, por isso é que deixamos sempre a hipótese do contraditório. Claro que neste caso há o levantar do véu face ao que está atualmente a acontecer. Estamos a falar de um cenário novo, e sabemos que o minerar consome energia desmesuradamente e sabemos que gera calor constantemente (24 sobre 24 horas, sem parar). Ao ponto de neste caso poder aumentar a temperatura das águas pelo necessidade de refrigeração que dizem estar a acontecer. Mais de 8 mil computadores (dizem mesmo mais de 10 mil), e tudo o que está por trás da refrigeração, não pode deixar de marcar o ecossistema do lago.

          Depois há várias entidades envolvidas a dizer que há aquecimento, não é só um habitante. E seguramente haveremos de ouvir falar disto. Segundo o que foi apurado, do riacho que passa pela estação de mineração, a água sai a 42 ºC e acaba no lago.

          Mesmo sendo a Bitcoin e outras criptomoedas algo que pode ser de futuro, não deixa de ter impactos que não desejamos para o ambiente e não só!

          • NotFUD says:

            Claro e concordo plenamente. Tudo em excesso é prejudicial, seja o que for. No entanto, e segundo os gráficos que foram apresentados na discussão sobre o aquecimento do lago, durante o ano corrente não houve nenhum registo da temperatura do lago a passar dos 35ºC.

            Já no ano de 2017, a temperatura estava tão alta que nem “cabia” nas dimensões do gráfico. Ora se a temperatura tem vindo a decrescer e a estabilizar com o passar do tempo, talvez por aplicarem medidas de forma a não prejudicar o ambiente, e optarem por outras opções energéticas mais viáveis (citando, «The plant is purchasing carbon credits to become 100% carbon neutral»), não entendo o porquê do alarido neste preciso momento.

            Sabemos que as pessoas estão/são muito desinformadas sobre este assunto, daí eu ter dito que é importante a neutralidade de opinião para não alimentar ideias incorretas. Também sabemos que há quem tenha grande “interesse” em não deixar que Bitcoin alavanque como tecnologia revolucionária sobre o sistema monetário como hoje conhecemos… Mas isto dava pano para mangas…

            Uma coisa é certa, como eu disse no comment anterior: o Bitcoin é inevitável.

          • NotFUD says:

            Só para finalizar, podemos ver que as notícias da NBC acerca de Bitcoin são praticamente TODAS negativas relativamente à tecnologia… Acabei de fazer uma pesquisa que confirma isso e demonstra que esse site é completamente biased.

            https://www.nbcnews.com/search/?q=bitcoin

            Sugestão: tentem encontrar uma notícia sobre o uso de energia vulcânica em El Salvador para a mineração de Bitcoin 😉

            (PS: eu sei que aqui no PPLWARE essa notícia já saiu e gostei muito de ler)

          • Vítor M. says:

            O que a NBC tem contra ou a favor das criptomoedas, isso a nós pouco importa. Até porque somos a favor de tecnologia e as criptomoedas são só por si um expoente máximo do desempenho e da evolução tecnológica. Agora, apesar disso, tal como temos vindo a falar, a mineração traz problemas ambientais pelo consumo de energia, entre outros. O caso de El Salvador, apesar de ser muito interessante, até ser uma realidade e ela ser aplicada à mineração, vai ser uma longa e dura jornada… se chegar a ser jornada. Esperemos que sim.

            No que toca ao consumo de energia, de facto tem de haver alternativas, mas por esse motivo, nos últimos tempos, alguns países, entre eles a China, deram uma forte machadada nas criptomoedas. E se outros seguirem o exemplo, depois de sabermos a posição do Banco Mundial, possivelmente as criptomoedas possam perder a atração que ganharam ano passado.

            Depois há a falta de segurança que em muitos casos fazem as pessoas perderem tudo o que investiram. Não sendo uma atividade regulada, quem vai cuidar dos interesses daqueles que querem minerar de forma “legal”? Aaa e tal roubaram-me os bitcoins…. vou fazer queixa a quem?

            Tudo isto tem de ser regulado de alguma forma. Tem de haver uma aceitação transversal ou nunca este tipo de “moeda” será aceite como segura e que traz confiança. Vem um faz um tweet e aquilo dispara a mais desconhecida das moedas, vem outro rouba os clientes e ninguém sabe do paradeiro de milhões de dólares em Bitcoins… isso mata a confiança.

            Felizmente que para nós o que está por trás da atividade, isto é, a tecnologia, é o que nos move a informar. É algo fantástico que tem de ser explorado, o Blockchain é algo que cabe na vida das pessoas em tudo e mais alguma coisa. A própria evolução do hardware para permitir minerar com maior velocidade é outro dos pontos-chave deste “mercado”. É isso que tem de ser mais explorado. E nós mostramos tudo, os vários lados da moeda 😉

          • Sergio says:

            Dar os parabens ao vitor e Notfud, foi bom ler os vossos comentarios!

          • NotFUD says:

            Vítor não creio que o motivo pela proibição de miners na China tenha, de todo, a ver com o consumo energético nem pegada ambiental :b

            A razão pela qual a China colocou Bitcoin fora do país foi pura e simplesmente a implantação do Yuan Digital (e-yuan).

            Sobre os tweets do Elon Musk, nem vou comentar porque apesar de ter grande influência e ser o “senhor” do carros a energia “elétrica”, na verdade a volatilidade do preço de troca de Bitcoin não está diretamente relacionada com o que ele diz ou deixa de dizer.

            Os acontecimentos de “halvings” na rede Bitcoin têm seguido um padrão de certa forma regular e esta “descida de valor” é completamente normal. Aliás, espera-se que Bitcoin atinja um mínimo de $20.000 como preço de troca até ao próximo halving e depois subir drásticamente.

            Posto isto, por último mas não menos importante, idependentemente da regras/regulações/proibições que possam vir a existir, qualquer pessoa é livre de utilizar a tecnologia Bitcoin por ser verdadeiramente livre & descentralizada. Não há nada que possa impedir a utilização deste sistema, a não ser que cortem a internet a nível mundial (e mesmo assim tenho as minhas dúvidas…)

          • Vítor M. says:

            Não, também acho que não será, mas o ponto não é esse, é mesmo a proibição e o impacto que tem. Sobre o ser livre e descentralizada, de facto é uma vantagem até certo ponto, mas “não é assim que a vida funciona”. E quando acontecer como referiste na China, outros países se sentirem ameados, não há dúvidas que irão fazer o mesmo. Mas, lá está, vamos acompanhar, com tudo o que envolve este “novo mundo”.

            É preciso é prudência, cautela e quem quiser apostar, que o faça, mas que tenha boa informação do seu lado. Os incautos depois são presas fáceis para “o lado negro” que muitas vezes está associado a esta moeda.

  6. Toni da Adega says:

    Isto é pessoal que nunca foi a Sines

    • Zé Fonseca A. says:

      St Torpes e já está desligado.

      • Toni da Adega says:

        Como é que era possivel isso acontecer numa altura que não existiam bitcoins. E mais como é possivel terem desligado agora que existem cada vez mais carros electricos.

        • Zé Fonseca A. says:

          Facil era possivel porque não tinha impacto nenhum para o ecossistema, apenas aquecia a água uns miseros 6º, mesmo assim era mais frio que em certos dias no algarve.
          Depois foi desligada porque temos mais barragens, eolica e solar.

  7. Rita says:

    Engraçado que os comentarios negativos são de quem nunca investiu em criptomoedas
    Parece-me dor de cotovelo.. mas ainda vão a tempo, ha espaço para todos.

    Nao neguem aquilo que desconhecem.

    • PeterOak says:

      Bem dito! Concordo plenamente.

    • zé touche says:

      Os comentários negativos são que as criptomoedas são poluidoras e não são o futuro. A natureza fica em desvantagem para dar vantagem a alguns.

      E notar que ao consumir mais energia, seja gás, carvao, nuclear, petroleo, etc, torna a energia ainda mais cara para todos, ou seja todos acabamos por pagar a fatura. É o mesmo que tirar o dinheiro do bolso do Zé dos Frangos para dar a Rita das criptomoedas, sem que o Zé dos frangos ganhe alguma coisa por isto.

    • Redin says:

      Rita, não é por aí que se consegue cativar o interesse pelas criptomoedas.
      Eu quando aderi ao Bitcoin foi porque aprendi o significado e os seus fundamentos. Depois desta paixão pela oportunidade que me ofereceu de perceber melhor O MUNDO FINANCEIRO A QUE EU PERTENCIA, é que manifestei interesse. Daí até poder explorar as vantagens de investimento é que se tornou um objetivo, mas a longo prazo. Não faço nem aconselho ninguém a fazer trading.
      Nomeadamente o Bitcoin quando foi criado, não foi com o incentivo de criar riqueza mas sim de dar liberdade financeira e oferecer oportunidades iguais a quem dela necessitar.
      O fator investimento é só mais uma ferramenta de uso assim como também as oportunidades criadas para qualquer outro tipo de ilicitos pelo que não foram inventadas agora.

    • NaM says:

      Ah claro, então eu não me posso queixar de uma coisa que só está a trazer problemas se não a tiver usado.
      Se quisesse fazer apostas, mais rapidamente ia ao casino, ao menos não estava a prejudicar mais ninguém.

      • PedroLeal says:

        Só está a trazer problemas? então não traz soluções?

        Diz isso a milhões de pessoas que nem banco têm, porque o governo deles não emite documentos necessários para a criação de uma conta bancária
        Ou que não tem uma agencia bancaria a menos de 50km do sitio onde vivem

        Têm que separar as coisas, uma coisa é o que algumas pessoas fazem, que é irrefutavel, uso de crypto para pagamentos ilicitos, contrabando etc…
        Outra coisa é algo como o que a ZAP faz, que é um sistema de pagamentos em Lightning Network que qualquer pessoa pode utilizar que está a ser implementado em vários países da América do Sul e Ásia

        Nós não damos graças suficientes por ter nascido num país “desenvolvido” q.b.
        Pois verias crypto, neste caso em particular BTC, como algo bom para ti e para os teus

        Alguma vez fizeste transferencia pela western union?
        Se quem recebe e quem envia pagar 10% de taxas, foi uma transferencia de dinheiro que correu bem 🙂
        Para não falar em possibilidade de seres assaltado devido a receberes em numerário, visto que não tens conta bancária

        • Zé Fonseca A. says:

          Já tiveste em algum desses países? Já privas-te com alguma dessa população?
          Já vivi em alguns desses países e já passei muitas noites em casas a que cá chamaria de cabanas que o mais parecido que têm de um colchão são folhagens secas, com WC exterior e sem canalização. Deslocam-se a pé ou de bicicleta porque não têm carro e muitas vezes nem mota.
          Tipicamente essas pessoas nâo tem emprego ou quando têm ganham 50/100/150€, limitam-se a viver da terra, e no entanto têm computador, smartphone e internet via 3G que só querem para falar com os familiares que emigraram, e não precisam de uma conta bancária pois tudo se faz la loja do bairro, pagamento de contas, carregamento telemovel, etc. São pessoas mais felizes que nós e não estão interessadas em contas bancárias, nem nenhuma mordomia do 1º mundo.
          Se têm alguém que lhes quer enviar dinheiro é muito facil, enviam por um amigo que foi à terra passar uns dias, não precisam de taxas, apenas de uma relação humana.

          • PedroLeal says:

            por acaso já estive em alguns desses países
            “Se têm alguém que lhes quer enviar dinheiro é muito facil, enviam por um amigo que foi à terra passar uns dias, não precisam de taxas, apenas de uma relação humana.”
            Como na índia, que eles dão o dinheiro a uns fulanos tipo padres, e entre eles conseguem entregar no destinatario? esses tambem cobram taxas 🙂
            TU estás a dizer que eles nao querem mordomias de 1º mundo, eu digo-te que eles já vivem com essas “modormias” se fores a áfrica, consegues ver que eles já utilizam uma especia de crypto, e que toda a gente usa, pois tem logica e é facil de usar, basta o telemóvel 🙂

            Mas enfim, se leres o que eu disse acima, apenas estou a exemplificar que crypto não veio trazer só problemas, veio trazer soluções 🙂 abraço

          • Zé Fonseca A. says:

            Isso é confiar no bandido, já levei dinheiro para familiares de muitos colegas de trabalho e amigos em PALOPs e na ASIA e isso era veiculo comum entre muitas familias, e sempre chegava ao destino e ainda recebias uma refeição tradicional à chegada 😀

            Não acho que as cripto trouxeram soluções, quanto muito apontaram soluções, usar cripto nunca será uma solução.

      • JR says:

        Será sem duvida a moeda atual que é melhor…
        Essa mesmo já praticamente sem valor algum…
        Sem contar que neste momento o sistema geral usado para mineração encontra-se já acima dos 60% na base de energia renovavel.
        Quantas minas de extração de materia prima para a nossa moeda atual existem que esteja a ser utilizada energia renovavel?!
        A impressao de dinheiro que existe no mundo nem 10% de energia renovavel utiliza!
        Sem falar dos processos gerais bancarios e transações que exigem gasto energetico!
        O sistema atual é destrutivo, como disse anteriormente e em resposta ao teu comentário, o sistema de mineração atual em menos de x anos fez uma mudança radical a nivel de consumo que o sistema atual nao conseguiu fazer em seculos!

        • Zé Fonseca A. says:

          JR, esses 60% de energia renovavel não contabilizam que 70% da mineração é feita em países de 3º mundo com puxadas ilegais.

    • Zé Fonseca A. says:

      Errado.
      Eu invisto e posso dizer que já ganhei bom dinheiro em cripto (acima 50k em 7 anos), claro está que me tenho vindo a desfazer de quase tudo, principalmente bitcoin.
      Apesar de investir por saber que posso fazer dinheiro bom facilmente, nunca minerei, limitei-me a aproveitar o bom momento e investir, tal como faço com acções ou outros produtos financeiros.
      Não posso no entanto deixar de reconhecer o proposito para o qual as criptos são usadas, maioritariamente branqueamento, financiamento de armamento, entre N outras actividades criminosas e não posso negar o facto que 70% da mineração é feita off-grid, em países de 3º mundo com puxadas de energia ilegais que não aparecem sequer nas contas dos gastos do mining.

      Mais curioso ainda é que sempre que existem tópicos aqui e noutros forums sobre criptomoedas a existem opiniões negativas vêm sempre comentários com o primeiro nome feminino, hoje é a Rita, mas pode ser a Maria, Francisca, ou outro, a tentar puxar a brasa à sua sardinha. Serás tu algum youtuber manhoso que angaria carteiras de clientes cripto? Ou és só um mining fanactic que fica contente pelos 1000€ de lucro que faz por ano?

    • paulo says:

      rita o proposito do btc nao é o investimento!!

      • Zé Fonseca A. says:

        Pois não, é o ponzi, comprar barato e vender caro tão rapido quanto possivel. É mais que investimento, é aproveitamento, eu aproveitei enquanto a vaca deu leite, agora é tempo de matar a vaca e comer uns bifes.

    • Asbrubal says:

      kakakaka, este precisa que novos investidores entrem no “negocio” para manter a roda a rodar.

  8. José says:

    O que depreendo da notícia, é que a existência dessa instalação, permitiu a dita mineração. Ora, se para qualquer actividade este sistema, mesmo sem mineração, extrai 139 milhões, notem bem, galões de água, como foi possível uma autorização para tal? Façam as contas e vejam isso em litros – foi a primeira coisa que fiz e, fiquei estarrecido da forma de como se fazem certas coisas. Quem nos garante a qualidade dessas águas após o processamento noutras actividades? Não houve desastres ambientais anteriormente e com consequências terríveis antes? Pois, é vivemos num mundo onde se procuram respostas fáceis apenas procurando essas respontas para o local onde o nariz aponta. Se o dito lago é tão importante, deve-se perguntar antes se qualquer actividade ligada ao mesmo terá efeitos negativos e nao como hoje é habitual, procurar apenas um culpado no meio de uma miríade deles, só porque sim. A começar, pela autorização de uma instalação deste tipo num local tão sensível. O debate pelo ambiente drmeve ser sério e não visar agendas privadas (ou até mesmo publicas) seja lá de quem for.

    • Zé Fonseca A. says:

      É muito simples, basta ver o negocio da água poluída nos US, onde empresas como a Nestle, PepsiCo e CocaCola é-lhes concedido direitos de exploração de águas poluidas por actividades industriais ou outras, que elas exploram, convertem em água destilada e depois adicionam os devidos nutrientes, depois é facil, vendem às camaras que por sua vez doam às populações que apoiam os politicos porque lhes resolvem o problema de falta de água que estão a passar… problema esse causado precisamente pela actividade industrial que eles proprios permitiram.
      Em troca vão sendo reeleitos e no final acabam com grandes cargos nessas empresas.

  9. online2020 says:

    Como é que sabem que é mineração de BTC? Só porque saiu numa noticia? Pode ser BTC como outra coisa qualquer. Eu tenho algumas gráficas, e sou pago pela hash rate das mesmas, e tanto pode ser ETC agora como outra coisa daqui a uns dias.

    Sobre os problemas da mineração, lavagem de dinheiro, fuga aos impostos, contrabando, etc etc etc, ainda bem que o sistema actual não permite isso… ou permite? Vamos lá a ver, Berado, Vieira, Salgado, Rendeiro, entre outros, usaram alguma cripto para fazerem o que fizeram? Não me parece. Os casinos como alguem aqui referiu, também não prejudicam ninguem, são todos muito ecológios, a exploração de ouro, diamantes, litio, petróleo, entre outros, também são muito ecológios pelos comentários que já li por aqui.

    Quem quiser aprender alguma coisa que leia melhor o que é a tecnologia blockchain, casos praticos de uso, que projectos estão a ser desenvolvidos, empresas que estão a apostar no blockchain, e depois pode ser que percebam que a mineração não é apenas obter uma moeda digital.

    • Zé Fonseca A. says:

      É uma empresa com direitos de exploração, têm de identificar a sua actividade e pagar impostos sobre a mesma e sobre os seus lucros.
      Não é mineração no 3º mundo com puxadas ilegais e graficas da somalia.

      • online2020 says:

        Identificar a actividade é uma coisa, é mineração, outra é que algoritmo está a ser processado. A menos que tenham maquinas asic, varios algoritmos podem ser processados. Só perguntei como é que sabem que é bitcoin porque actualmente fala-se do bitcoin como o mal na terra e existe mais do que bitcoin.

    • Sergio says:

      Mas repara, e não sou contra as cryptos, não é valido colocar-mos em causa a adição de mais uma tecnologia que ajuda à pratica de crimes?
      Para mim, esse argumento de que o velho dinheiro já permite branquear certos crimes, não pode validar a criação e uso de algo que também ajuda os criminosos.
      Como já foi dito noutros comentarios, a tecnologia blockchain e afins veio para ficar e tem coisas boas. Mas começa a estar na hora de pegar numa balança e pesar os pros e contras.

      • online2020 says:

        Epa, a internet tambem ajuda o crime, é por isso que vais por em causa a existencia de internet???? Santa paciencia!!!
        Existem projectos bem interessantes e que não tem propriamente a ver como crime., basta pesquisar um pouco.
        Vamos olhar para o dinheiro tradicional e é usado a toda a hora para crime.

  10. Miguel says:

    As praias do Norte de Portugal, pedem que venham montar isso aqui, um gajo para dar um mergulho é preciso ter toma… Em pleno verão 17 graus…

  11. helder11 says:

    Todos os sistemas de pagamento electrónico tem que ter sistemas a processar e a confirmar, não me acredito que a VISA ou Mastercard não possua centros que necessitem de mais electricidade que os equivalentes em Bitcoin.

    O Bitcoin como está de momento não é sequer alternativa ao sistema da visa , que tem capacidade de até 55000/65000 transações por segundo , comparado ao Bitcoin que valida uma transação a cada 4.6 segundos…

    O sistema blockchain é de facto o futuro em várias utilizações, mas não substituir a visa/Mastercard num futuro próximo.

    E sim já faço transações em Bitcoin desde que era possível pagar pouco por elas, e depois ethereum até que essa também já não se tornou viável usar como moeda de troca, sendo agora maioritariamente em litecoin e outras que são processadas rapidamente e com baixas comissões.

  12. paulo says:

    os comentario aqui sao reflexo da informacao que esta gente tem do sistema monetario actual e teem ideia que estado esta aqui para os salvar!

    • Zé Fonseca A. says:

      Nem o estado está aqui para salvar ninguém nem a anarquia que seria preciso para as cripto vingarem.
      Deves viver no mundo da internet, existe o mundo real lá fora, experimenta sair de casa.

  13. Vítor M. says:

    “O pplware deve ter ficado queimado com investimentos em bitcoin…” Hahah não, nunca, nenhum de nós. Nem queremos sequer ter nada a ver com isso. Sabemos o que é, sabemos como se faz (temos bons artigos onde testamos, e informamos sobre o assunto), mas não nos interessa qualquer investimento desse género. Nem temos interesse em apoiar ou desmotivar quem quer andar neste tipo de limbo.

    Mas também percebo que sempre que algo sai no mundo sobre o bitcoin e é de alguma forma negativo para quem colocou lá o seu dinheirinho, vêm logo tentar fazer pressão. Esqueçam, não há pressão possível, porque vamos falar sempre em tudo o que seja interessante sobre o tema, seja ele conotado de forma positiva, seja negativa. Se sobe o valor, nós informamos, se desce, informamos também. Quem não gostar… é vida!

    A tecnologia por trás disto tudo é o que nos interessa. Mas cuidado que muitos andam a tentar evangelizar, esses são perigosos, porque depois, como temos visto nalguns casos, muitos perdem para alguns ganharem. Isso sim, é preciso ter cuidado.

    Quando ao resto, desde que seja tecnologia… é TOP! As gráficas loucas, os consumos de energia, os sistemas de mineração, isso é que é muito interessante.

  14. PedroLeal says:

    Isto já foi deixado aqui algures, mas deixo novamente 🙂
    https://www.youtube.com/watch?v=iFDe5kUUyT0&t=375s

  15. Rui says:

    Claro é a Bitcoin, é por isso que quando a industria quase parou em 2020 devido ao Covid notou-se em todo o mundo o melhoramento do clima, do ar, etc mas a mineraçao da bitcoin nunca parou por isso quem faz mais mal?

    Ja sei que vao me dizer que a industria é um mal necessario, Bitcoin não é real etc etc mas não muda o facto que não é a Bitcoin que causa o verdadeiro mal ao ambiente, é uma gota

    Mas claro as industrias grandes que não querem admitir culpas têm sempre de arranjar uma desculpa e manipular a opinião das pessoas para esse efeito

    • Zé Fonseca A. says:

      Claro, vamos parar toda a industria a nível mundial, 70% da workforce mundial sem emprego, tudo o que são alimentos processados acabavam, acabava também o vestuário e todos os bens de consumo, acabava o material para construir casas, estradas, acabava a construção de veiculos..
      Será que pensaste bem no comentário que fizeste?

    • joao says:

      Epah, apaga ja o comentario antes que eles vejam e comecem a pensar por eles proprios!!!!

      E que depois ainda queimam um fusivel ou pior ainda… !!!

  16. ze says:

    A BITCOIN VAI MUDAR O MUNDO E O PODER PARA SEMPRE!
    AGORA É TARDE , O COLAPSO DOS DONOS DISTO TUDO ESTÁ A CAMINHO A PASSOS LARGOS .
    CASE CLOSED.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.