Quantcast
PplWare Mobile

Emissões de gases estão a encolher a estratosfera da Terra

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Samuel MG says:

    A humanidade lixou-se e isto não vai ficar por aqui!! Só com uma nova era glaciar é que isto se safa!!

  2. J.C.Lopes says:

    “Lembram-se” que Marte também já teve atmosfera digna desse nome e hoje…

  3. Filipe says:

    Tretas. Sempre o mesmo alarmismo e que nós é que somos os culpados e blá blá blá. Como o Lopes disse, Marte também já teve atmosfera antes. E agora é praticamente nula. Também fomos nós? Acho que é altura de acordar. A Terra está em constante mudança. Temos de nos adaptar e mudar também com ela, ou sair daqui.

    • AzeiteTugaLandia says:

      Temos cientista .

    • Tadeu says:

      uau! Será que nos vamos esquecer do efeito que o Homem teve e ainda tem na camada do Ozono, só porque Marte não tem camada de Ozono? Será que querias que se tivesse ignorado o efeito das emissões humanas de certos gases capazes de destruir o ozono?
      Essa incapacidade para perceber que o Homem é capaz de transformar o planeta é ridícula. Mesmo que haja outros factores envolvidos não se pode ignorar a contribuição humana se quisermos compreender, adaptar e lutar contra as alterações climáticas, já que será bem mais barato, fácil, ético e humano, ajustar os nossos comportamentos agora, do que no futuro termos que realojar milhões de pessoas, abandonar áreas costeiras, perder zona agrícolas, e ver milhões de pessoas a morrer à fome…

  4. Pedro V says:

    Na dúvida, a culpa é dos gases com efeito de estufa e do sars. Ponto.

  5. Vasco says:

    Perto de 8.000.000.000 de seres humanos, a consumir recursos não renováveis de forma irresponsável (e de forma altamente desequilibrada, de acordo com níveis de vida diferentes), só poderá dar muito mau resultado. E dentro de poucos anos seremos uns 10.000.000.000… Quase todos queremos ter “direito” a férias, a fins de semana, a casas de férias, a roupas novas, gadgets, etc. A menos que o padrão cultural mude, e mude profundamente, dentro de poucas décadas compraremos água potável numa loja de produtos gourmet.

    • RM says:

      Se continuarmos como até aqui, dentro de décadas poderá ser complicado em alguns sítios!
      Infelizmente muitas pessoas não conseguem ver isso, ou não querem ver.

    • Elektro says:

      Não há motivo para preocupação, já não existe retorno, as grandes fortunas são usadas para gerar mais riqueza e não diminuir a pegada de poluição gerada por nós, quando chegarmos ao limite morremos e finalmente o planeta conseguirá prevalecer em todo o seu esplendor sem a humanidade como obstáculo. É triste mas é a vida.

  6. Hugo says:

    Se a atmosfera tivesse sempre o mesmo tamanho, ainda se entende, mas, tal como as subidas dos mares, estamos a falar de valores variáveis ainda não compreendidos na sua totalidade… em caso de duvida o problema é do Homem! Recomendo a esses senhores da narrativa que quanto mais impostos melhor para o “clima”, que deixem de usar carros, que não comprem mansões perto do mar, que não comam beluga, que deixem de usar os jatinhos, que não usem roupas com fibras naturais, que simplesmente não existam para não danificar o “clima”!! Esquecem-se é que para pagar esses impostos, as pessoas têm que produzir cada xs mais, que têm que viver cada xs pior e como consequencia, poluir mais ainda! Preocupem-se em reciclar, despoluir o mar e os rios…etc…

  7. Bugs Bunny says:

    Nos últimos 100 anos a quantidade de co2 aumentou 60 % e a temperatura só 1ºC, na idade média o nível de co2 era 3-4 vezes superior à presente… Tivemos idades, variações dos polos magnéticos e em nada tivemos interferência para isso. Toda a Narrativa do texto é treta visa criar um problema onde não existe, CO2 é o gás da Vida!!

    Focar a proteção ambiental nos gases é uma hipocrisia e ignorância. O que temos de fazer é ter um sistema económico que não dependa do consumo, que procure a reutilização do maior número de recursos e a racionalidade da utilização dos mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.