Quantcast
PplWare Mobile

Cinemas da Rússia exibem filmes pirata de torrents após as sanções dos estúdios

                                    
                                

Fonte: TorrentFreak

Autor: Marisa Pinto


  1. Gervásio says:

    parabens os russos por serem pro consumidor

  2. Jane Doe says:

    Terceiro mundo…

  3. AP says:

    Filme, território… Apropriam-se de tudo.

    • Otioobvio says:

      Russos sendo russos. Se não conseguem roubar saltam para a guerra; e quando saltam dizem que a culpa é do vizinho que lhes “obrigou” a ir para a guerra.

      A questão é que a Ucrânia está a dar-lhes no pêlo forte e feio (ainda que no final desafortunadamente não chegará para ganhar…) e a Rússia queixa-se de que os outros países estão a ajudar e não deviam… mas ainda há quem os defenda…

      • º-º says:

        Quem te disse que a Ucrânia está a dar-lhes no pêlo forte e feio?

      • onurb82 says:

        Concordo que poderá não ser o suficiente, mas a resiliência do povo ucraniano mostra aos invasores que afinal o passeio no parque vai custar mais qualquer coisa…

        Os Ucranianos mostram ao mundo que em pleno 2022 ninguém tem o direito de querer mudar seja qualquer fronteira (perguntam os defensores do direito animal: então mas e aquele e o outro e ainda o outro país que viu as suas fronteiras violadas… pois bem meus caros, chegou às nossas portas…)

        Quanto ao quem os defenda sejam eles partidos políticos, ou cidadãos habituados ao conforto da paz, o futuro vai encarregar de os punir através da perda de influência política e através da inflação que se avizinha…

  4. MegaDrive says:

    Panem et circenses

  5. Eu says:

    É pra ver…
    Os filmes são piratas. Mas o que se pode chamar a um governo ou estado que usa esses conteúdos para sacar uns cobres aos seus cidadãos para consumirem algo que eles próprios podem fazer em casa?
    Pirata que rouba a pirata tem 1000 anos de prisata.

  6. pipapapigrafo says:

    Isto acontece também porque o cinema russo é reles, muito ao estilo de Boliwood, provinciano, cheio de efeitos especiais mas sem conteúdo. Eles estão viciados na cultura norte americana, faz lembrar antes da queda do muro de Berlin onde os alemães da parte soviética faziam tudo o que podiam para ver sitcoms americanas.

  7. B@rão Vermelho says:

    E agora apanham daqueles que se vê alguém a levantar no meio do filme para ir fazer um xixi.
    Ainda à dias no Youtube estive a ver entrevistas feitas nas ruas de alguma cidades Russas sobre os impactos das sanções, e é notório que os jovens falam abertamente sem receios, mas quando falam com pessoas um pouco mais velhas, ai nota-se o medo na cara das pessoas e a grande maioria diz que nem acompanha as noticias da guerra ai operação especial militar, ou então dizem que agora é muito mais fácil comprar produtos russos.
    Mas nota-se o desconforto das pessoas quando colocam as perguntas.

  8. Humberto Figueira says:

    Estamos perante uma Guerra Mundial, com armas e sem armas (guerra fria).
    O Ocidente envia armamento, assim a guerra não acaba. Guerra gera Guerra!
    Quem sofre é os países que dependem de outros, como o nosso!

    • Ricardo says:

      “O Ocidente envia armamento, assim a guerra não acaba. Guerra gera Guerra!” Claro, a culpa é da Ucrânia, um país livre, que devia deixar entrar as excelências invasoras russas… agora resistir não, malandros.
      À com cada um, era o que mais faltava um país livre não se poder defender de uma invasão com um único propósito de capturar o seu território e anexá-lo à força invasora…

    • AP says:

      Sim, segundo o am,igo Humberto devíamos deixá-los avançar por aí fora, baixar as calças sem oferecer qualquer tipo de resistência.

  9. PorcoDoPunjab says:

    Ai que escândalo…
    Quer dizer, se já em tempos normais, em que os cinemas e demais plataformas estão a funcionar em pleno vapor, a pirataria é que se sabe, então imaginem agora que os estúdios pura e simplesmente deixaram de lançar os filmes por lá.
    Estavam à espera do quê?
    Esta gente parece que vem de outra galáxia…

    Atenciosamente, PorcoDoPunjab

  10. secadegas says:

    Não estou na Russia e faço o mesmo… E agora?

  11. SANDOKAN 1513 says:

    Eu nem acredito no que estou a ler. 😐

    • PorcoDoPunjab says:

      Oh Sandokan, e se eu lhe disser que já não meto as patas de PorcoDoPunjab num cinema há mais de 15 anos e vejo tudo o que quero em alta definição e etc e tal?
      A trabalheira de ir ao cinema, arranjar lugar para estacionar, aturar gente a falar durante o filme, etc e tal, fez me desistir rapidamente de tudo isso.
      Assim vejo em casa, sossegado com a família e os meus cães e gatos, e por engraçado que pareça os animais estão sossegados a ver o filme.
      É verdade que após alguns minutos já estão de barriga para o ar a dormir mas isso não é culpa deles mas do filme, que não lhes diz nada.
      Acredita nisto ou não?

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab

  12. Memória says:

    Nest caso (pelo que podemos verificar) é em grande parte verdade

    Um reporter incrível e que por vezes tenho seguido é Patrick Lancaster
    https://www.youtube.com/c/PatrickLancasterNewsToday

    . . .Que não percebo por que milagre ainda está vivo, mas não me parece que vai sobreviver 🙁

    Ele faz reportagem onde os combates acontecem, com os soldados e atrás dos tanques, como em Mariopol.

    Hoje mostra os resultados de um ataque a uma fábrica de reparações de cabos (?) perto de Donetsk .

    https://www.youtube.com/watch?v=BLi1wLkesRI
    Ukraine – Russia War: Rocket Attack Hits Major Oil Plant Near Donetsk Killing At Least One Civilian

    • João Alves says:

      O Patrick, é corajoso, e a intenção é nobre.
      No entanto nada vai mudar, porque o nível da nossa propaganda é brutal, há sempre pessoas fracas da cabeça que caem no “conto do vigário”.

      Eu dou valor ao que ele faz, mas percebo que a ditadura está para ficar..só se todos levantassem a voz de uma vez é que isto acabava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.