Quantcast
PplWare Mobile

Afinal, a publicidade no Disney+ vai ter limites e não será para todos

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Joao Ptt says:

    É uma pena que estes grandes e variados conglomerados empresariais na área dos conteúdos audiovisuais não consigam juntar-se e ter uma única plataforma que permitisse ao cliente final ter acesso a tudo com uma única assinatura/ pagamento.
    Entendo que num mercado capitalista tal não é possível, mas para o cliente final seria muito mais benéfico e menos tentador procurar alternativas às vias oficiais.

    Acho que a única forma de tal ser sequer possível de imaginar, seria uma espécie de Netflix mas criada por um conglomerado de países (ex.: EUA e UE) onde as empresas fossem obrigadas por lei a disponibilizar os conteúdos, sem prejuízo de poderem ter as suas próprias plataformas, e receberiam um determinado valor por cada stream do seu conteúdo. E não, não acredito que vá acontecer, foi só assim a imaginar na loucura uma solução que pudesse agradar aos consumidores e aos detentores dos direitos de autor.

    • Henrique Nogueira says:

      Já existe, chama-se Torrent! 😉 ahah

    • :-) says:

      Esquece isso. Era preciso o governo criar uma plataforma de conteúdo e pagar pelas licenças e, como sabemos, nada que o governo controla é bem gerido (estou a falar de todos os governos no geral, não só o nosso).
      Deixa o capitalismo resolver o assunto que ficamos todos melhores servidos com a competição entre serviços. Quando os preços ficarem incomportáveis, as soluções começam a aparecer como esta dos anúncios nas subscrições mais baratas.

    • MCakaZim says:

      porque nao existe uma só marca de consolas? ou de sumos? ou de roupa? É preciso continuar para dar a entender a falha nesse raciocinio?

      • DANIEL says:

        O mercado funciona quando é regulado e fiscalizado. Quando deixado à rédea solta acontece como nas telecomunicações em que todos têm os mesmos pacotes, com as mesmas características e os mesmos valores. Pura coincidência …

  2. adbux says:

    Se fizerem um serviço de vídeo semelhante ao spotify, em que uma versão gratuita é suportada apenas por publicidade, aderia logo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.