Quantcast
PplWare Mobile

Volkswagen ID.5 é o um SUV coupé elétrico que traz 520 quilómetros de autonomia e 300 cv

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Jota says:

    Estes preço dos carros eletricos em Portugal, são uma autêntica vergonha, vai ter que haver intervenção do governo e quem quiser fica, quem não quiser…mundo!

    • Mitra says:

      lol a intervenção do governo é boa, os preços são assim porque o governo é dos países da Europa que mais impostos tem sobre tudo incluído automóveis.

    • Zé Fonseca A. says:

      Os preços não são assim apenas nos EVs, são assim em todos os carros, desde sempre, basta ires comprar o mesmo carro a França ou Alemanha para ver a diferença avultada, relacionada apenas com impostos.

    • Tonheco says:

      Lol, já agora também pedimos intervenção para o prço da electricidade e do gasóleo! Mas já que é para pedir também não se perdia nada com uma intervenção no preço das portagens e das casas. Quem não quiser….mundo!kkkkkkkk

      • Luis says:

        Tudo precisa de intervenção do governo. Não descansam enquanto não transformarem este bocado de terra na Venezuela da Europa.

        Fico á espera da intervenção do governo no preço das bifanas e das entremeadas, estão carissimas! Ah, e das farturas também, que os miudos estão sempre a pedir.

    • Luís Costa says:

      Realmente é como o outro diz, este forum abunda e cheira a comunas que doi.. já agora, mete o governo a ditar que 100% dos lucros são para o estado.. tapados que doi

  2. ALC says:

    Há que começar é a fazer as contas (além do preço do carro, claro), aos carregamentos… Galp’s e Edp’s já descobriram o filão…
    ( energia+tempo de carregamento+taxas), daqui a 1 ano está ao preço dos combustíveis!
    … Ah e tal, carrega-se em casa. Ok, para quem utiliza o carro todos os dias e que faça uns 150km, se quiser ter 80/100% de carga, de manhã, terá que ter uma box 22 ou 32kw e ter baixada trifásica (já viram o preço desta?).

  3. Zed says:

    Não percebi nada dos preços. Corrijam isso sff

  4. wtvlol says:

    EV de qualidade!

  5. Tiago Ferreira says:

    Continuo a não entender por que razão e quais as limitações técnicas para permitir por exemplo colocar um sistema de receção solar no teto do automóveis, de forma a que durante o dia seja possível os automóveis elétricos carreguem as suas baterias através da luz solar e desta forma não seria necessário recorrer aos carregamentos por energia elétrica.

  6. Fernando says:

    Esteticamente chamaria “Volkswagen Arkana”.

  7. Rui says:

    Um pormenor, os felizardos proprietários de veículos eléctricos, já sabem quanto vão pagar para carregar o carro uma só vez, por exemplo?

    https://www.facebook.com/100001497349914/posts/4641560882570444/?d=n

    Mais de 50€ para fazer 200km! O eléctrico é mesmo quase de borla!!!!!!!

  8. Duarte says:

    Uma coisa é certa , já existe a tecnologia certa há muito tempo MAS não dá dinheiro ….. hidrogénio .
    Era só adaptar os postos atuais , os consumos e potências são iguais mas isso não dá dinheiro hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.