PplWare Mobile

Ultra-compact BEV: Mini elétrico da Toyota mais pequeno que um Smart


Autor: Pedro Pinto


  1. Radamel says:

    Vamos lá toyota. Agora um gt86 eletrico para mim sff.

  2. joao says:

    isto é um empilhador ?

  3. Andre Antunes says:

    um verdadeiro papa reformas….

  4. kiridu says:

    E o preço do tamanho de uma Limousine ?

  5. Vitor says:

    Por ser toyota tem sucesso garantido?
    A ver vamos .pelo menos em portugal

  6. SANDOKAN 1513 says:

    Eh,eh,eh,qualquer dia uma pessoa nem num automóvel consegue caber.Imaginem um tipo com um metro e noventa e tal num carro destes.Ou outro que seja muito forte a nível físico.Foge !! 🙂

  7. Bianca says:

    Estranho os comentários são tendencialmente negativos mas depois vai-se a ver nas estradas, nas cidades no transito a maior parte dos carros com 4 ou cinco lugares com uma pessoa lá dentro. Que eficiência é esta?

    Mesmo com carros movidos a gasolina, provavelmente seria mais eficiente ter um carro mais pequeno, e menos pesado que ocuparia menos espaço nas vias e gastaria menos combustível.

    Percebo que nem toda a gente tenha dinheiro para um segundo carro, contudo parece-me que as pessoas usam o seu carro principal para se transportar sozinhas na maior parte das vezes.

    As pessoas mostra-se sempre contra carros pequenos, há sempre alguém que fala contra mostrando quase um desprezo “porque gostam é de monstros, quanto maior mais homem”, mas em termos de técnicos e de eficiência este tipo de pensamento é franco e pouco ponderado conseguindo no final de contas mostra que até pode ser “grande á home!”mas não é grande coisa. Falta-lhe aquele coisa chamada, bom senso.

    A velocidade é pouca 60 kmh num veiculo citadino? A maior parte das vezes nem deveriam passar os 40km.
    Muitas pessoas que conduzem não querem é ter uma condição defensiva, com ‘prudência com um dever cívico em mente. Infelizmente preferem ganhar uns metros a 60/70kmh pondo em perigo todos à sua volta e depois ficar parados no transito mais a frente. Sai algum de trás de um carro numa passadeira e pronto lá se foi a pessoa. Não existe tempo ou espaço para impedir um acidente a tal velocidade numa cidade.
    Mas muitos pesam que são pilotos (como se os pilotos não tivessem acidentes), mas isto não é nenhuma pista de corrida.

    Por favor tenham mais atenção na estrada.

    Este Toyota até me parece bem duvido é que os km de autonomia sejas os reais, provavelmente só serão atingidos carro se conduza a velocidades de centro de cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.