PplWare Mobile

Tribunal alemão ordena Tesla a parar de cortar árvores para a Gigafactory


Fonte: Reuters

Autor: Marisa Pinto


  1. Radamel says:

    um pouco triste que se tenha de abater tanta natureza para conduzir algo supostamentamente benefico para esta.

    • Miguel Ferreira Pinto says:

      As árvores que estão a ser abatidas foram propositadamente plantadas para serem utilizadas para a indústria de papel local. Não é uma floresta que está a ser destruída.

      Mais, a Tesla comprometeu-se a plantar 3x mais árvores do que as que destruir.

      Isto é uma parvoíce.

      • King Banido says:

        Promessas e mais promessas… Se for como os politcos de cá, prometem e não cumprem.
        Não acho uma parvoice… Eu ainda não vi nenhuma noticia de a Tesla andar a plantar arvores, tu já!?

        • Sujeito says:

          Ora aí está. Todas as empresas prometem o que for preciso.

        • IonFan says:

          Como sempre, falas primeiro e pensas depois. Demorei 10 segundos a encontrar isto: https://www.teslarati.com/tesla-giga-berlin-tree-replanting-zones-finalized/

          • King Banido says:

            Tens noção de isso não diz nada a mais que este post, certo?

            Mostraram uma imagem dos possiveis locais a plantar, mas ainda não fizeram nada… Enquanto não houver uma noticia que realmente estão a plantar, desculpa mas nao passam de promessas.

            Se és a favor de mandar abaixo uma floresta já “construida”, revela imenso os ideiais ambientais que a malta dos EV’s utiliza como desculpa… Vais dizer que não há espaços para construir a fabrica? Com tanta fabrica abandonada por este mundo fora? Claro que há! Não há é dinheiro da parte do Musk, então toca a ir pela solução barata, rebentar com uma floresta ja desenvolvida, prometer fazer 3x a mais de plantaçoes que aquelas que destruir, e o melhor é esperar outros 30 anos para que estejam em condiçoes, e depois voltar a mandar abaixo! Viva a hipocrisia ambiental de que todos falam, mas não fazem nada.

            Eu sou a favor do ambiente antes que digas o contrario, não sou é a favor da hipocrisia para gerar lucro sobre esse tema. Já parece o caso do Marega, ano inteiro de violencia contra professores, sendo que a maioria da violencia parte das minorias e depois nem um abracinho do nosso professor rebelo de sousa, ou um comment do nosso primeiro ministro… Não gera polemica? Não interessa para nada!

          • IonFan says:

            @King Banido, mostra que o assunto está prestes a ser resolvido. A Tesla está a cumprir, só não podem esperar que as árvores apareçam plantadas de um dia para o outro.

            E aquilo não é uma “floresta”, é uma plantação de pinheiros para corte. Já ia ser cortada dentro de uns anos para depois replantar. Qual é que é a diferença de replantar noutro lado. Além disso, as florestas capturam mais carbono na faze de crescimento, e não quando já estão desenvolvidas. Quanto estão desenvolvidas, o maior impacte positivo é o habitat que providenciam.

            Há muitos espaços para construir fabricas, mas aquele já tem as acessibilidades e infraestruturas de suporte. Caso não saibas, a BMW tinha planeada uma fabrica para aquele local e, inclusivamente, os estudos de impacte ambiental já estavam feitos. Só isso já poupa quase um ano.

            Não me parece que seja mais barato abater milhares de árvores para depois plantar 3x mais, quando comparado com fazer num local sem árvores…

            Todos falam e não fazem nada? O que é que tu já fizeste pelo teu planeta?

  2. BP says:

    Estão a ver…
    Se a Tesla tivesse contruído em Portugal a fabrica não tinha este tipo de problemas…
    Não por causa da situação do abate de árvores, mas sim porque os tribunais em Portugal são lentos, quando o processo fosse para a frente a fabrica já estava contruida e a produzir…

  3. Jorge says:

    Falsos moralistas, estamos a falar de um país que fechou várias centrais nucleares que produziam montes de energia limpa. Depois abateram árvores em montanhas completas milhares de hectares e centenas de milhões de euros. Depois viram que tudo esse investimento só produzia 40% do que pensavam que ia produzir e por causa disso reabriram as centrais a carvão e centrais a gás natural.

  4. Rafael says:

    kkkk. Esses europeus.

  5. Pedro says:

    Em Portugal musk estava tranquilo. Começando a época dos incêndios não se tinha que chatear muito. 300 hectares pegavam fogo a 200 num instante para deixar algum espaço verde para a tecnologia “amiga do ambiente”

  6. Jorjão says:

    Então mas será que a Tesla não possuía as licenças necessárias para a construção da fábrica?? Deduzo que sim e as mesmas implicariam o abate das árvores.
    Estas ações em Portugal, as chamadas providências cautelares, também iriam interromper a obra por alguns dias (lembram-se das do Bruno de carvalho??). O mesmo deve ser o que está a acontecer na Alemanha. Os funcionários até precisavam de uns dias de férias para gozar o carnaval hehehehehehe.

  7. Técnico Meo says:

    Assim á homem era cancelar a fábrica já hoje lá no país da Merkel e fazer noutro país que precise

  8. Rui says:

    Não sou dado a comentários porque geralmente estes são lugar a trocas de acusações entre pessoas sem necessidade. Mas neste caso abro uma excepção…

    A Alemanha com isto só mostra a fibra de que é feita. Primeiro diz que os carros eléctricos poluem mais que os convencionais, agora boicotam a construção da fábrica da Tesla.

    Não não poluem mais, porque a sua construção é mais limpa, tem menos componentes, e nos consumos só é verdade que poderão poluir mais em países onde a produção de energia eléctrica seja baseada em centrais que poluem em detrimento das energias renováveis. Por isso, isto para mim só tem uma justificação: política. Protecção pura e dura da indústria automóvel alemã que andou a assobiar para o lado enquanto outros andam à procura de alternativas. Agora estão atrasados. Azar. Abrissem os olhos e não cedessem às pressões/comissões do petróleo. Agora aguentem-se.

    Pois que venha a GigaFactory para Portugal. Temos cá lithium. Temos não de obra especializada no sector automóvel, e a nossa energia começa a ser cada vez mais limpa, por isso são bem vindos. Pois que venham e criem cá riqueza pois é disso que nos precisamos…

    • Pedro says:

      Em partes concordo com a tese de disputa ‘ecofinanceira’
      Kkkkk

    • Sujeito says:

      O interesse da indústria automóvel alemã é um bom ponto. Certamente têm grande impacto nas tomadas de decisões, como em todos os outros casos. Contudo, a ideia das energias renováveis é mais complexa do que sugeres. E, principalmente, a ideia de extração de lítio em Portugal é perigosa. Vê o que acontece em TODOS os depósitos de lítio do mundo, quais os espólios e o estado em que é deixado o país após as empresas andarem a poluir tudo, com promessas de limpar, para depois declararem falência artificial e se pirarem sem limpar nada e deixa um tumulto ambiental. E dpeois diz se queres que vão para Portugal.

      • Rui says:

        fiscalize-se, legisle-se, criem-se regras. É para isso que servem os políticos e o que la andam a fazer. É das poucas riquezas naturais que temos no nosso solo além da agricultura, então que se possa usar como se usam noutros locais. Se noutros locais imperam problemas, pois que os vejamos como exemplo – mau – para que cá não se faça o mesmo.

        É como a extracção de gás natural na nossa costa. Não os ecologistas não deixam. É um crime ambiental. Não é. Não afecta fauna nem flora. Não há grande risco de contaminação porque é um gás, e se houver um acidente é um incêndio. Mas claro la vêm os ambientalistas fazer barulho, criar falsos alertas à população e claro, impeça-se o país de crescer sem ser à pala dos impostos que todos pagamos.

        Criar riqueza com os recursos é que não.

  9. George M says:

    Momento nokia / kodak, os burocratas sabem que os alemães são preguiçosos e tecnicamente incompetentes. sim, a tesla criará 8 mil empregos, mas a indústria automobilística alemã perderá 400 mil empregos. tesla vai humilhar mercedes, bmw, audi, porche no quintal deles porque estão 20 anos atrasados.

    • King Banido says:

      adoro a tua teoria da conspiração.

      Como é que a Tesla cria 8 mil postos de trabalho, e a industria automobilista perde 400 mil? Não é a mesma industria ou os EV’s são algo totalmente à parte? Fiquei sem entender

  10. falcaobranco says:

    Tanto mato naquele alentejo que podia levar a fabrica sem mandar abaixo arvores…enfim… portugal no seu melhor que não foi capaz de oferecer as melhores condições para trazer a fabrica para cá.

  11. alf says:

    Basicamente os ambientalistas dão um tiro no pé, quantas arvores são precisas para limpar o que os eletricos evitam ?

  12. King Banido says:

    Para uma empresa que quer ser 100% verde, andar a rebentar com florestas, sobre promessas de construir 3x mais… Belos tiros nos pés Musk!
    Mais valia abrires os cordões á bolsa e comprares um grande terreno pronto a construir, mas parece que o guito não existe por aqueles lados.

    • Dani Silva says:

      A “floresta” em questão é uma monocultura de pinheiro plantada numa zona que está planeada como sendo zona industrial.

      Para a próxima tente saber o que está a comentar…

      • King Banido says:

        Claramente que cai bem, andar a destruir uma floresta ja montada para construir uma fabrica.

        O homem prometeu plantar 3x a mais, mas e quantos anos levam a essas plantações crescerem? E para quê que voltam a “florestar”, sabendo que vão voltar a destruir?

        Eu sei bem o que tou a comentar, a morte de uma floresta já desenvolvida, para construirem uma nova fabrica, havendo tanto terreno inexplorado e sem ser preciso de rebentar com mais uma floresta.

        Estas ironias partem-me a rir, mas deixam-me a chorar por dentro. Uma empresa que quer salvar o planeta, destroi o ambiente para poder ter lucros. Troca o disco e toca o mesmo! Ja parecem os politocs de cá, paguem as taxinhas exorbitantes, mas é tudo pelo bem do ambiente!

      • Sujeito says:

        Dani Silva, todas as áreas estão ou serão planeadas com ozonas industriais. As que não são, passam a ser consoante os interesses e até as zonas protegidas são destruídas, não faltam exemplos disso.

        A ideia principal deveria ser sempre, sugiro eu, reutilização de locais. Tal como se deve fazer com os nossos hábitos a nível pessoal de reutilização de bens.

    • ficolixado says:

      Vão fazer a fabrica em cima dos pinheiros queres ver?!!
      Tudo interesses… Tesla é a forte concorrente as marcas alemãs, sendo que estas nem interessadas estão nos EV’s.

  13. Alguem says:

    Pelo que percebi, o problema deles não é as árvores, pois são apenas uma plantação de madeira que seria cortada eventualmente de qualquer forma, mas sim que a água que vai ser necessária deixará a canalização à rasca.

  14. Carlos Teixeira says:

    Os outros Países não podem fazer protecionismo ás Empresas Nacionais mas na Alemanha pode tudo. São os dos Paises que estão agarrados á Europa.

  15. George M says:

    eu não entendo, o conselho de zoneamento aprovou a derrubada da floresta. isso é protecionismo por um tribunal superior. A BMW foi aprovada para comprar o mesmo terreno há 10 anos. os alemães não estão interessados nos veículos elétricos e vai mordê-los no cu.

  16. Hugo Andre says:

    i kind of an environmentalist and in my opinion the expansion of Tesla cannot be quick enough to force legacy carmakers to transition to EV´s. I cannot understand these people, if it would be locals who are against a factory in their neighborhood, but environmentalists against Tesla is really absurd.

    It’s likely that they’re very poorly informed or that they’re not actually environmentalists.

    The Greens are sophisticated folks able to file a successful injunction in High Court. It is not cheap to hire high court lawyers, court fees, etc. They have to support with detailed environmental data that gives credibility to their claims. Somebody reputable, qualified submitted those studies. It is rare that a High Court would override a lower court and issue an injunction that is against the prevailing view of the local and federal administration. Not some hillbillies. Somebody must be backing them up, and it is not the Tooth Fairy!

    Big Oil is behind this, I think.

    It is definitely the most anti environmental thing to do to try an stop the construction of a BEV factory and prevent 3 times as many trees from being planted. Maybe they think Tesla is a coal mine operation.

    If Giga Berlin is sabotaged Germany need a 25% import tax on EU made vehicles imported to the USA. My best guess is that these Tesla sabotage attempts are orchestrated by someone in legacy automaker industry that do not want the Tesla competition.

    Thought about that too, it would be an easy try of big auto industry, big oil or Russia to delay a Tesla factory in Europe. It does not really cost much, just give them a little donation et voila……

    Germany is a big importer of Russian oil and gas. If the country switches to BEV a chunk of oil demand implodes. Worse is the drop in oil prices… could go to $35-40/barrel on 10% drop in global demand.

    I think NG consumption may increase with Nordstream 1+2. As it is, cost of electricity is quit hi in Germany. 0.28, 0.35 Euro per KWhr? A 75 KWhr “fill-up can cost 26-30 Euros if electrical losses are included. In USA, it costs 8 cents/KWhr. Who have Tesla S, X. With a 3, fill up would cost only $6!

    0.28 cents per kWh (Germany). Yes Russia is very dependent from oil and gas exports – thus the sometimes high amount of Russian trolls in EV forums. Some time ago was a period where the oil prices were relatively low which caused severe financial trouble for Russia. Tesla is attacking that in two ways, transition to EV´s and battery storage systems (combined with renewables), while the latter is at the moment relatively small it could become a thread for gas and oil exporters in a few years.

    Unfortunately we cannot have the perfect world where everything is created 100% ethical and 100% ecologic and fast… etc. There will be always an issue.

    We humans are the issue, quadrupling in hundred years to over 8 billion means that for other species is less space and that four times the resources are consumed. But at least we should strive for an as sustainable future as possible.

    Mais uma manobra para deixar escoar carros que ainda há com motor a combustão!
    Que eu saiba os eucalipto crescem depressa e a sua plantação não requer muita água e até dão outros recursos que não só para venda na industria do papel…

    energia, celulose e papel, laminação, serraria, e outras utilidades pouco conhecidas da sociedade em geral, como medicamentos, cosméticos, tecidos, alimentos entre outros…

    http://www.celpa.pt/melhoreucalipto/avaliacao-da-produtividade/

    O gênero Eucalyptus tem a sua origem na Austrália, Tasmânia e outras ilhas da Oceania. Existem cerca de 730 espécies reconhecidas botanicamente. Porém, não mais que vinte delas são atualmente utilizadas com fins comerciais em todo o mundo.

    Se a Tesla vender o que cortou, já está a ganhar alguma coisa!…
    Se plantar então o triplo das árvores mais depois ganha do solo Alemão!

    Os alemões devem estar todos fdxxxx por isso o fazerem isto!
    Mais uma dos EUA na Europa! Com a Russia a ajudar!

  17. Dani Silva says:

    Boas novidades para os amantes dos automóveis, o tribunal já deu ordem para continuar o processo de construção da fábrica da Tesla na Alemanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.