Quantcast
PplWare Mobile

Rolls-Royce desenvolveu o avião elétrico mais rápido do mundo

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Secadegas says:

    Autonomia???

  2. Ivo Magalhes says:

    olha, não tem bateria, está a planar a 500km/h

  3. Tanso Mor says:

    532 km/h ao longo de 15km, portanto um voo inferior a 2 minutos… dá pra ir ali ao pão num tirinho

  4. O Pensador Critico says:

    Pessoal, “voou 15km a uma velocidade máxima”… Não podemos especular e dar as especulações como garantidas… Tive a ver mesmo no site e não diz a autonomia em lado nenhum 🙁

    Oh @Tanso Mor, essas contas até são capazes de bater certo, a distancia pela velocidade mas o tempo de voo, foi bastante mais de 2min! Vejamos, se ele bateu record de 3min a subir aos 3000mt, só aí já é quase o dobro do tempo que falaste

    Especulando assim de modo mais critico, se fez 3km em record mundial de velocidade a 555, + 3 min a subir aos 3000mt mais 15km em velocidade 532, contando com o arranque, a descida e o pouso, isto dará uma especie de 25min de autonomia a espremer o pobre coitado! Portanto, creio que aguentará uns 45min a 50min em voo normal! Ainda assim, não passa de uma especulação

    Concluindo, sim, é pouco! Mas é progresso! Quem sabe não veremos breve um redBull AirRace-e

    • Tanso Mor says:

      Mas queres que se desenvolva esta tecnologia para E-Races ou para eventualmente tirar do ar os milhares de aviões comerciais que diariamente libertam toneladas de CO2? se fizeres jus ao teu nome, sabes que com a actual tecnologia de baterias com relação “densidade energética/peso” muito inferior à dos combustíveis “tradicionais”, será simplesmente impossível! Desenvolvam combustíveis sustentáveis e deixem-se de tretas de aviões elétricos, a menos que consigam pô-los no ar com fios de carga…

      • O Pensador Critico says:

        ehehe Nem precisei de dizer nada para tu perceberes que nunca vais por um comercial a baterias

        Aliás, para reduzires a poluição a serio, não vais lá com os carros… Tens Aviões, Navios, Comboios, Máquinas industriais a consumir Toneladas e toneladas de combustíveis fosseis ao dia. 1 Navio rola quase 24h sobre 24h. Num dia emitem CO2 equivalente a 80mil carros…E nem falo de outros gases que, nalguns casos, podem equivaler a uma emissão equivalente a 1Milhão de carros!! Tens cruzeiros que consomem num dia o equivalente a uma cidade inteira! E esses nunca vão funcionar a baterias. Põe um navio a atravessar um oceano ou a passear pelo mediterrâneo em modo electrico ehehe Engraçado pensar…

        Portanto, um avião elétrico vai servir para quê? Apostaria numa Formula-e de aviões

        Na minha modesta opinião, isto vai ter que passar pelo hidrogénio e ainda assim, muito mais eficiente do que o actual… Ou não… Não sei, não tenho estudos para tal, sou um mero Eng. Elect que tirou o curso à noite

        +: https://marsemfim.com.br/poluicao-navios-carros-e-avioes/

      • Ricardo says:

        Nunca digas nunca!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.