Quantcast
PplWare Mobile

Radares de velocidade no IC29/VCI para “acalmia do tráfego”

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jane Doe says:

    Diria que este é um exemplo de boa utilização de radares. São bastantes na mesma via, numa via onde a ocorrência de acidentes o justifica, e devidamente sinalizados.
    Duvido é que isto melhore, de forma significativa, o fluir do trânsito, porque o problema de base é a incapacidade estrutural para o tráfego actual.

  2. R says:

    Se a intenção é “acalmia”, que até me parece bem, então deveriam sinalizar convenientemente os radares, algo que nos mais recentes não foi feito.

  3. Hugo Monteiro says:

    Eu sei que acalmia é pretendida €€€€€€€

    • Jane Doe says:

      Com a quantidade de radares que vai ter, e o trânsito habitual, pouco vão render, e assim é que deve ser, assim é que os radares cumprem a sua função.

  4. E---lectrão says:

    caça às multas 🙁 🙁 🙁

  5. JS says:

    So tenho pena que essas multas nas sejam para investir na melhoria das vias
    Apesar de termos,Arrabida,Infante,Freixo e futuramente Areinho o transito é sempre no para arranque multas deverão ser so de madrugada quando não houver grande transito

  6. xico says:

    Ai agora a desculpa é a acalmia. Já nao sabem mas é onde podem ir roubar mais dinheiro

  7. Rui Ferreira says:

    Em vez de se limitar a velocidade máxima deveria-se também subir a mínima. A partir do momento em que todos os carros andem num nível de velocidade semelhante, deixa de haver problemas no trânsito da VCI.

    • Jane Doe says:

      +1
      Não só na VCI, mas nas AE. Andar muito mais devagar que o resto do trânsito (sem motivo que o justifique) é tão ou mais perigoso que o excesso de velocidade.

    • Luis Borges says:

      Esse ‘e o “truque” para evitar o efeito “minhoca/onda” no transito. Todos na mesma velocidade. So tem vantagens.

    • gustavo says:

      vais aumentar a velocidade mínima numa estrada que tem 3 a 4 vias e que em hora de ponta, mal dá para andar a 40
      se tivesses dito multar ultrapassar pela direita e burros a dormir na via do meio, tinhas toda a razão…a velocidade mínima não faz nenhum sentido

  8. Ricardo says:

    Só faltou o slogan “seguro e eficaz”.

  9. Sigsegv says:

    Acalmia do quê? Poucos acidentes há nessa zona do ic29. É mesmo só para caça a multa. Parece me é um bom ponto para apanhar os incautos.

    • Eu sei lá says:

      Se fores dentro dos limites estabelecidos, não te multam. Quem cumpre, não tem que temer qualquer radar

      • Jane Doe says:

        Porque o importante é cumprir os limites… Ir a 70 num dia de chuva e muito transito é na boa, ir a 90, sem trânsito e com piso seco é perigoso, podemos atropelar algum rato.

        • gustavo says:

          lá está, parece que tens de voltar a tirar a carta amigo
          devias saber que a velocidade deve se adaptar as condições da via.
          velocidade máxima não significa velocidade obrigatória
          só faltou dizer que travar a 70 é igual a travar a 90

  10. terror nas estradas says:

    Se o povo se comportar de maneira minimamente civilizada/humana nem de tanta policia e radares precisavamos e poupavamos muito em impostos. Os chicos espertos labregos que por ai andam a espalhar o terror nas estradas merecem as multas.

  11. compro essa também says:

    A cada piso novo um radar ajudar o povo, noentanto o pato voa.

    Pato, amigo, o radar esta contigo !!

    Pato, amigo, o radar esta contigo !!

    😉

    🙂

  12. Vítor says:

    Os radares já foram instalados, contudo não sei se já servem de apoio para multar. Mas que já estão a funcionar, já.

  13. Pedro says:

    Mais uma forma de roubar o Povo, para alimentar um regime falido.

  14. José Fortunato says:

    Porque não desviar o tráfego de pesados nestas vias!! Radares resolvem apenas uma pequena parte do problema pois não são as multas que vão resolver o grande problema do movimento destas vias!!!

  15. João Ramalho says:

    Considero que quem toma única e exclusivamente estas medidas tem que ser no mínimo incompetente na sua função. Nas viagens diárias que tenho nestas vias constato diariamente falta de respeito pela via em que deve seguir.l, sinto que jogamos ao ‘floor is lava’ nas faixas da direita, mudanças de faixa sem o mínimo de atenção em quem segue na outra via, completa ausência de sinalização de mudança de direção. Gostava de saber em cada polícia da brigada de trânsito quem atende a isto. Mas os ‘especialistas’ concordam que os únicos problemas são velocidade e telemóvel (concordo) mas não são de todo os únicos. Apenas é muito fácil e cómodo apenas o controlo destes últimos fatores.
    País de brincadeira

  16. PedroFortunaGomes says:

    A ideia é acalmar o tráfego e realmente acalma de tal forma que chegamos a demorar 1h da Arrábida ao freixo. Mas já agora onde andam os ecologistas devem ter recebido uma grande pipa de massa para estarem calados a poluição subiu quase para o dobro com estas medidas. Mas isso não interessa para nada. Se ao invés de coçarem radares fossem construídas vias com qualidade e se levantassem contraordenacoes a quem anda a 60 na VCI e não impede o resto do código da estrada isso sim fazia com que a sinistralidade diminuísse

  17. João Ribeiro says:

    Alguém sabe se já estão em funcionamento e se sim desde quando? Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.