PplWare Mobile

Problemas na aplicação deixa donos de Tesla trancados fora do veículo


Redator

Destaques PPLWARE

  1. Amilcar Alho says:

    “Tendo em conta que o smartphone é um objetivo que carregamos”
    Objetivo ou objeto…?

  2. Blackbit says:

    São coisas que acontecem quando se anda nas “nuvens” e temos problemas terra-a-terra 🙂

  3. me and me says:

    e velhinha chave mecanica, aqui, fazia milagres

  4. Martins says:

    confiar exclusivamente num telemóvel para abrir um carro revela muita ingenuidade para começar! o TM pode ser roubado, pode avariar, pode cair e ficar inop, pode estar sem rede ou sem bateria, ou existir um problema com a APP, ou no caso da Tesla terem os servidores em baixo… Enfim, prefiro o meu comando que inclui uma com chave física de socorro sempre no meu bolso. Para quê complicar?

    • Daniel Lopes says:

      Se perderes a chave de um carro qualquer, que só entres com a chave, não é a mesma situação? Não ficas de fora à mesma? onde é que a falha foi “tecnologica”?
      Complicar é o que a malta está a fazer LOL
      Eles tem 2 metodos de autenticação, APP e keycard, até aconselham a ter sempre o keycard contigo.

      Compreendo que não curtam de evoluir, mas falar mal só por falar, é parvo.

      • HA says:

        Num sistema convencional os pontos de falha são bastante menos: a chave, a fechadura e o mecanismo de abertura da porta. Neste caso são: o telemóvel, o software no telemóvel, a ligação à rede, o servidor, o software no servidor, a ligação do carro à rede, o software do carro e finalmente o mecanismo de abertura da porta. Basta um deles falhar e ficam do lado de fora.

  5. hmk says:

    carros eléctricos são uma porcaria

    • Carlos says:

      Guarda essa opinião para ti. Eu, depois de ter comprado um carro eletrico (o novo Nissan Leaf) não quero agora outra coisa, alem de ser muito mais silencioso é muito mais económico (não tem qualquer comparação com os carros a diesel e gasolina).

      • luis carreira says:

        tenho um vizinho que tb tem uma porcaria dessas… dizia maravilhas disso ate que esteve quase dois meses encostado num concessionario nissan para encontrarem o problema… Ainda teve que alugar um carro para poder se deslocar…. agora já mudou de opinião… Todos avariam mas o problema é que poucos mexem e não há peças em todo o lado

    • Jpp says:

      Concordo!!! Épreciso ter um QI superior a 50 para os utilizar…. Os outros é preciso mais de 70.

  6. Jose says:

    É a primeira notícia que vejo sobre pessoas que ficaram trancadas fora de algo. Normalmente ficavam trancadas dentro…

  7. Daniel Pinto says:

    Por motivos como esse é que nos aconselham a andar sempre com o cartão.
    Até no manual de instruções “Caution: Always carry your key card with you in your purse or wallet to use as a backup in case your authenticated phone has a dead battery, or is lost or stolen.”

  8. Pedro says:

    ……. AHAHAHAHAHAHAHHAHAHAH! Épico! 90 mil euros e não se pode entrar no carro porque a app está com falhas. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! TOP! Muito bom!

    • Daniel Lopes says:

      A gozar morre o peixe pela boca :p
      Espero que nunca tenhas um electrico, ja que falas tãooo mal deles….
      Já agora, guarda bem o corsa de 98, que daqui a 20/30 anos, não vai haver mais motores a combustão, vai virar um classico daqueles mesmo apetecivel !

      • Pedro says:

        “Espero que nunca tenhas um eléctrico” esperas tu e espero eu, quanto ao corsa, não conduzo lixo alemão! Sim daqui a 20/30 vão haver motores a combustão, quanto mais não seja os actuais e garanto-te que vou apreciar muito o carro a combustão que orgulhosamente conduzirei daqui a 20/30 anos! 😉

        • Daniel Lopes says:

          Vão sempre continuar a haver, mas e peças? vao continuar a ser fabricadas?

          Quando uma tecnologia fica obsoleta, começas a ter de migrar para a nova, mas isso é a minha opiniao, que não é grande coisa…

          Prefiro um bom GTR que um Tesla, mas algum dia a mudança vai acontecer, quer queiras a bem ou a mal… Se não concordas comigo, é um direito teu, mas acho que a historia já nos provou muitas vezes o que estou a dizer.
          Antes da chegada dos TDIS, nimguem era a favor… qual é a realidade de hoje em dia? “80”% do mercado é TDI.

          • AlphaB says:

            As Impressoras 3D fazem maravilhas

          • Pedro says:

            TDI’s são da VW e foram os trafulhas que estragaram o mercado, se quer falar dos diesel são 65% do mercado, peças não são problema, há carros com mais de 100 anos a circular! E nenhum é elétrico.

        • V.T. says:

          Não conduzes lixo alemão, deixa lá, conduzes lixo japonês ou algo do género… acho uma graça a estes comentários cheios de fantasmas… Jasus!

    • Carlos Mendes says:

      Basta usar a chave física como em qualquer outro carro. Muito bom e top é a ignorância de algumas pessoas

  9. Daniel Lopes says:

    Porquê que o Zé tuga, é o unico capaz de falar mal dos produtos que não pode comprar?
    É alguma tentativa de se sentirem melhor?
    Não é por falarem mal, que os produtos se tornam maus. O que muda é só a pasmaceira que fazem nos foruns e blogues, que se tornariam em espaços bem mais amigaveis.

    Os electricos são a evolução e a combustão vai morrrer. Vai tudo continuar com os TDIS só porque não quer evoluir? Acho que não… acho que neste momento, os electricos são demasiado caros e é por isso que o Zé tuga não evolui. Mas custa admitir que é algo caro po bolso… é mais facil falar mal 🙂

  10. Jakim says:

    E os Renault e os VW e todos os outros que desprogramam e têm que ser rebocados? Pessoalmente já me aconteceu duas vezes…

  11. AlphaB says:

    É tão avançado ,tão avançado que nem obedece ao dono só ao criador.
    É tão avançado, tão avançado que precisa do servidor remoto.
    É tão futurista que em qualquer momento, em qualquer lugar alguém pode ficar apeado num carro de milhares de euros e um simples 2 cavalos passar por ele. e ainda perguntar se quer uma boleia.

  12. Samuel says:

    A tesla no seu melhor.

  13. Filipe says:

    Eu tenho a app mas levo sempre a chave (cartão) comigo e está sempre na minha carteira no bolso. Se perder o telefone ou avariar/ficar sem bateria a situação é exactamente a mesma. É uma questão de exposição ao risco de um evento acontecer. A Tesla dá as ferramentas, nós usamos como queremos. Ainda não necessitei do cartão nenhuma vez mas se precisar está no bolso.
    P.S. – Obrigado pela leitura de alguns comentários. Tenho um fetiche por ignorância alheia. hehehe

  14. Rui says:

    O que por aqui vai! Guerra TDI vs eléctricos! Não devo ter lido o mesmo artigo!

    O problema do acesso ou falta dele ao carro, tem a ver com o cuidado de cada um. Quem tem chave normal, de certeza que já andou aos papeis, assim como cartões de acesso, ou chave electrónica (tentem pedir uma nova chave e já vêem o que custa). Cada marca tem os seus problemas. Para mim é inaceitável por exemplo, haver marcas que permitam trancar o carro com a chave dentro do mesmo!?!?!!

    Já me aconteceu trancar o carro dentro da garagem, com as chaves da garagem e de casa lá dentro!!!!! Tive de forçar a porta da garagem para tirar a chave de casa. Mas a partir daí tenho sempre 3 chaves de casa em sítios diferentes, com os comandos faço também distribuição para que algum esteja sempre guardado para quando for preciso e o mesmo faço com as chaves do carro. Nunca mais tive problemas, agora sei sempre onde tenho a 2ª e a 3ª chave de reserva para desenrascar!

  15. RN says:

    Para que fique claro. Os Tesla permitem utilizar a aplicação para destrancar o carro, mas todos os modelos vêm com uma chave (Model X e Y) ou cartão (Model 3) que funcionam de forma equivalente a uma chave wireless convencional encontrada na maioria dos veículos hoje em dia, eléctricos ou não.

    A recomendação da Tesla – e do bom senso – é que se tenha sempre a chave ou cartão como alternativa ao telemóvel, senão algo tão simples como ficar sem bateria no telefone impossibilitaria a utilização do carro.

    O artigo é, então, tão relevante como um com o título “condutores de VW, ou de outra marca qualquer, ficaram sem conseguir destacar o carro por terem deixado a chave em casa”.

    É uma pena que o Pplware – sendo um blogue de tecnologia – não tenha aproveitado o artigo para esclarecer e informar, em vez disso propagando o tom alarmista de uma problema que não corresponde à realidade.

    Certamente terá sido por desconhecimento e espero que utilizem a vossa plataforma, também, para corrigir o lapso.

    Um abraço à equipa e continuação de bom trabalho.

  16. João Coelho says:

    Numa marca de automóveis seria sem dúvida um grande problema! Nesta empresa é tão só um upgrade! Um destes dias fui ultrapassado por um Tesla, magníficamente conduzido! O comportamento do condutor era tão ou tão pouco ecológico e urbano, que foi brilhante ver a forma como exibia a potência…

  17. censo says:

    Faltam aqui os meus cometários que o Pplware insiste em não publicar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.