Quantcast
PplWare Mobile

Porto: Já há operadoras para os 10 postos de carregamento elétrico

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Não se paga para carregar a bateria neste tipo de postos de abastecimento ?? Se alguém me puder elucidar agradecia.

    • Hugo C. says:

      Paga, existe uma tabela de preços a nível nacional e é sobre esses preços que se vão basear.

      • Ricardo Silva says:

        Não é bem assim.
        O preço do carregamento é composto por 2 parcelas, uma está afixada no próprio posto e a outra depende do contrato que cada utilizador tem com um operador de energia (CEME) à semelhança daquilo que todos nós temos em casa.

    • Jose Antunes says:

      Desde o dia 1 de Julho que passaram a ser pagos. Galp, Prio, EDP, e muitos mais agora têm o que se chama de mobilidade eletrica, onde podes pedir um cartao para activar os postos. Quase todos pagas por debito directo no final do mes

      • Jose Antunes says:

        os cartoes sao gratis e so se paga o que se consome ou por tempo em alguns contratos por isso vale a pena er varios cartoes e calcular qual o melhor

        • Ricardo Silva says:

          Convém explicar melhor, desde o dia 1 de Julho que começou a fase comercial, mas ainda não se está a pagar o carregamento na sua totalidade como nos postos rápidos, por exemplo.
          Os cartões são dos CEME e será a parte que é paga neste momento, o serviço de carregamento só será pago depois de estar afixado no postos.
          Nesta fase ainda são poucos os que têm esse preço, que só deverá ser cobrado em Agosto.
          Em comclusão, em Julho ainda só se paga a energia consumida.

          • Jose Antunes says:

            Pois, eu falei apenas dos Mobie.e e da energia consumida… não fazia ideia que estes vao ter um custo de utilização…

  2. Oscar says:

    1. Há estudos portugueses que comprovam que os carros eletricos ainda não compensam, talvez seja porque Portugal tem o preço da eletricidade demasidamente alto e estes operadores “roubam” ou abusam ainda mais!
    Acabando por não compensar comprar o carro eletrico.
    2. Será que estes operadores pagam por ocupar o passeio e a via pública, porque alguns destes pontos de venda estão em pleno passeio.

    • Ricardo Silva says:

      Esses estudos devem também dizer que o que compensa é o combustivel, pelo seu preço cada vez mais competitivo e sobretudo porque temos um ambiente cada vez menos poluido .
      Outra grande vantagem que esse estudo deve indicar é que com um carro a combustão facil mente se pode “abastecer” em casa, ao contrário dos VE’s.
      2. 1058€ + 1775€/ano

    • José says:

      Não compres elétrico. Senão quem financia o IUC que estou isento, o benefício na compra, e os carregamentos à borla que fiz desde 2017?

      Além disso como é que as marcas sobrevivem se não fores tu a pagar balúrdios nas revisões? E quem gerava o lucro para as refinarias de petróleo pagarem aos accionistas? Era uma tragédia. Esquece os elétricos. Compra antes fumarentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.