Quantcast
PplWare Mobile

IONIQ 5: Chegou ao mercado um verdadeiro SUV elétrico com cunho Hyundai

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. IonFan says:

    Parece me uma excelente proposta. Se mantiver níveis de eficiencia semelhantes aos Ionic actuais, os 500km parecem me bastante plausíveis com 73.6kWh.

  2. Euéquesei says:

    Apesar de ter a maior simpatia por veículos eléctricos, por serem menos poluentes e de menor custos de manutenção, os preços ainda são escandalosamente altos.
    Esse modelo acima que pode chegar aos 60.000 euros.
    Com esse montante compra-se uma bruta bomba a Diesel.
    Ok não é a mesma coisa, mas o dinheiro não nasce na carteira, pelo menos na minha nunca nasceu nenhum.
    A manutenção é mais cara, é, mas fica-se com um veículo que bem estimado pode durar uns 20 anos ou mais e que além de ter prestações elevadas é tb confortável.
    Depois há a questão das baterias, que duram X ciclos e que para substituir é o que se sabe e há tb a questão dos carregamentos.
    No meu caso, que tenho garagem, poderia carregar em casa durante a noite, mas e quem deixa o carro na rua, que é a maior parte das pessoas?
    Vai encher as baterias como?
    Ah e tal nos carregadores, pois, como se meia dúzia deles chegassem para quando houver muitas unidades a precisar de serem carregadas…
    E mais, quando houver mais necessidade de electricidade, o preço vai subir disparado.
    Vai ficar ela por ela em relação aos combustíveis tradicionais ou pouco menos.
    Quem é o anjinho que acredita que a electricidade se vai manter aos preços actuais?
    Eles fazem a conta assim, ora bem, se as pessoas pagam 10 euros para terem uma autonomia de 100 km num carro a gasolina, podem muito bem pagar 9 para fazerem o mesmo num eléctrico.
    Vcs vão ver se não vai acontecer algo parecido.
    Depois ainda há a autonomia. Quero ir ao Porto e voltar, não há autonomia para isso.
    Meto a carregar, quanto tempo demora? haverá carregadores disponíveis?
    Complicado…
    Falta ainda o resto, que é os impostos que irão ser criados.
    É que se alguém pensa que o estado chulo, podre e corrupto que temos vai prescindir dos milhões que recebe através do ISP, que tire o cavalinho da chuva.

    Mas inevitavelmente chegará o dia em que automóveis movidos a diesel e gasolina deixarão de ser comercializados.

    • Abreu says:

      E carregar rápido nos PCR, as vezes fica mais caro que um diesel

      Mas em casa na tarifa bi horário fica a 11 cent por kW

      • Ricardo Gomes says:

        Neste caso não visto que o custo será de 29 CT por kWh. Depois temos daqui a pouco novas normas na UE que define um preço máximo por kW de 0.35ct por kW. Além do mais podes sempre carregar de borla em casa se tiveres painéis solares inclusive tens o painel solar no carro onde também carregas uns km por dia gratuitamente.

    • IonFan says:

      Começas logo mal no preço. O preço pode chegar aos 60.000€, mas começa nos 35.000. E na versão de 60.000€ tens mais de 300cv. Não é fácil encontrar uma “bruta bomba a Diesel” com mais de 300cv, que custe menos de 60.000€, que pague 0€ de IUC e que não leve um ordenado de cada vez que é preciso fazer uma revisão.

      Quanto aos ciclos é só fazer as contas. Uma bateria de um carro moderno faz mais de 1000 ciclos (pode ir até 4000 se for bem tratada) até perder 20% da capacidade original. 1000 ciclos neste carro com 500km são 500.000km.

      Quanto à questão dos carregamentos, é obvio que quem tem garagem tem a vida facilitada. Para os outros há cada vez mais carregadores na rua e em supermercados. 1h de compras e têm carga para mais uns 100km (em carga AC e dependendo do carro). É só acompanhar a página da UVE e todos os dias há noticias de novos postos a abrir.

      A questão do preço da electricidade não pode ser vista de uma forma tão simples. Primeiro, segundo a REN, um parque automóvel 100% representaria apenas mais 13% energia consumida (não esquecer que é gasta bastante energia eléctrica para refinar 1lt de combustível). Depois, ao contrário dos combustíveis, a electricidade é muito mais “democrática”, ou seja, é possível o cidadão comum produzir. Isto implica que o preço não possa subir sob pena de mais e mais pessoas produzirem a própria electricidade e as distribuidoras acabarem a ganhar menos dinheiro com electricidade mais cara.

      E há mais. Num eventual mundo dominado por EVs, onde o gasóleo é carregado de impostos por ser visto como algo nefasto e é vendido a poucos, perdendo assim as vantagens das economias de escala, quanto é que achas que vai custar 1lt de gasóleo?

      Carregar em viagem é mais rápido do que a maioria pensa. Um carro destes faz paragens de 10/15min a cada 250km. Tudo bem que não é tão conveniente, mas isso representa meia dúzia de ocasiões num ano de uma pessoa normal. O tempo e dinheiro que poupam no resto do ano compensam largamente.

      Ao falar nos impostos não se pode ignorar que os combustíveis são a maior fatia das nossas importações. Usar electricidade produzida em Portugal em vez de combustível vindo de fora, significam muitos milhares de milhões de riqueza distribuida cá e não pela OPEP. Não vai ser preciso cobrar os mesmos impostos porque há maior retenção de riqueza e impostos indirectos.

      Depois de discordar de ti em tanta coisa, no ponto em que era óbvio concordar, não concordo 😀
      Não acho que a comercialização de veículos a combustão vá acabar. Bem sei que há decisões politicas nesse sentido, mas acho que o mercado vai reduzir as vendas a quase 0 e nunca sequer vai ser preciso legislar para proibir. Essa tendencia já se começa a verificar. Acho que se vai tornar se um hobby ou algo recreacional, mais ou menos como o cavalo é hoje em dia.

      • Jorge says:

        Muito boa explanação da opinião.

      • Nuno José Almeida says:

        Alguns países, têm proibição de comercialização de combustíveis fósseis para 2040. Não é carros é combustíveis mesmo.

        • IonFan says:

          Eu sei. Eu acho é que quando chegarmos a essas datas não vai ser preciso efectivar as proibições porque a utilização de veículos a combustão já vai ser residual. Acho que não serão as leis mas sim o mercado que vai tratar de fazer a transição.

      • Abreu says:

        Grande a texto ionfan!!

      • Euéquesei says:

        Ionfan, Acho que não leu a parte em que simpatizo com veículos eléctricos…

        Já agora, Ion não é um Hyundai ou Kia eléctrico?
        Acho que é.
        Aqui na minha zona há um veículo desses.
        Zona com milhares de pessoas. Sabe quantos carregadores há?
        DOIS.
        Mais, nunca na minha vida eu daria 60.000 euros por um automóvel.
        Muito dinheiro, custa-me muito ganhar esse valor para depois o ir estoirar num automóvel em que por bem menos posso ficar igualmente bem servido.

        Em relação aos impostos…. mas vc não sabe o país em que está?
        Vc não sabe que neste país a estabilidade fiscal é nula, sendo esse um problema enorme para investidores, que procuram outras paragens por isso mesmo?
        O que hoje é assim, amanhã é assado e com retroactivos, que é para o ramalhete ficar completo.
        Alguma vez essa gente vai vender a X podendo vender a X+Y sabendo que não há alternativas?
        Não conhece os políticos tugas?
        Leva com impostos sobre imposto e mesmo assim ainda vem dizer essas coisas?
        Desculpe lá mas vc não conhece mesmo o país onde vive.

        Pode vossa mercê ficar bem ciente do que lhe vou dizer, quando o estado podre e corrupto que temos começar a ver pouco dinheiro a entrar via ISP devido ao consumo ser cada vez menor por haverem já bastantes eléctricos, garanto-lhe a si e a qualquer um que o mesmo estado vai arranjar uma maneira de ir buscar o mesmo valor ou mais.
        Não vai por um lado vai pelo outro.
        Eu fico abismado quando leio as pessoas a dizerem ah e tal e não paga IUC e as manutenções são baratas e a electricidade não pode subir porque senão cozinho alguma em casa.
        Pode cozinhar a electricidade que quiser, meu amigo.
        O que lhe garanto é que o estado irá buscar aos eléctricos o mesmo ou mais do que vai buscar agora aos normais.
        Não paga IUC agora? Muda-se a lei e passa a pagar.
        Pronto, problema resolvido.
        Mais, será um IUC bem carregado.
        Sabe, carro eléctrico tem baterias, baterias têm lítio e outras metérias perigosas e por isso devido a estragar o ambiente toma lá um IUC de uns milhares.

        Se não for desta maneira, é de outra.
        Não acredita? Deixe o consumo de gasolina baixar drásticamente e vai ver…

        Já cá ando há mais de 5 décadas e conheço esta gente de gingeira.
        Nunca, mas nunca, espere boas coisas desta gente, pois a desilusão será enorme.

        • IonFan says:

          Eu percebi que simpatiza com EVs. Apenas me limitei a dar a minha opinião sobre as questões levantadas, muitas delas pertinentes.

          A falta de carregadores não é algo que me preocupe. Agora que se tornou um negócio, eles vão seguir o mercado, como até já é claro que está a acontecer nos centros urbanos. Quando a adopção começar a ser significativa no interior, acredito que os carregadores vão aparecer. Mais ou menos como aconteceu com as bombas de gasolina há muitos anos.

          Não vou discutir politica. Mas sei que quem elege os governantes somos todos nós.

          Claro que quem pode vender a 100€ não vai vender a 50€. Mas é melhor vender a 50€ a 100 pessoas do que vender a 100€ a 20 ou 30 pessoas porque as outras fizeram contas e perceberam que pagam uns painéis solares em 4 anos. Além disso estamos num mercado liberalizado. Se passarem a vender a 100€, perdem os clientes que restam para algum fornecedor que continue nos 50€.

          Eventualmente os EVs vão passar a pagar IUC (que até concordo), mas quanto é que acha que vai ser o IUC de um ICE nessa altura?

          Até pode cá andar há 50 anos, mas isto é totalmente novo. Pela primeira vez deste há mais de 100 anos, a produção e distribuição da energia para os transportes pessoais vai deixar de estar refém de grupos restritos. Perceber esta parte é fundamental para se perceber o porquê de nos quererem fazer acreditar que o futuro é o hidrogénio. O hidrogénio é apenas mais uma forma de manter os interesses instalados. É uma “gasolina 2.0”.

          • Euéquesei says:

            Ionfan, quando fala em liberalização, em que os fornecedores oferecem o mesmo bem a preços diferentes e o cliente escolhe o que mais lhe convier, veja o que aconteceu com a liberalização dos preços dos combustíveis.
            Fornecedores viram que podem ganhar mais unindo se e oferecendo valores semelhantes não dando alternativa ao cliente, do que andarem às guerras de preços uns com os outros.
            Não vejo porque com a electricidade seria diferente.
            Peço desculpa mas não partilho dessa sua visão.
            Isso pode ser possível num país em condições, mas aqui, enfim, já percebeu onde quero chegar.
            Quem me dera estar errado mas basta olhar para o passado e presente para prever o que aí vem.
            Não se iluda, mas repito, sinceramente, que espero estar errado.

          • IonFan says:

            @Euéquesei, eu vejo bem o que acontece nos combustíveis. Há uma descarada cartelização.

            Não acredito que possa acontecer o mesmo com a electricidade. É tão simples como ser muito mais fácil produzir e comercializar e não está dependente de 1 ou duas refinarias. Basta ver quantos comercializadores apareceram nos últimos anos ( https://www.erse.pt/eletricidade/funcionamento/comercializacao/#comercializadores- ). Depois há a tal questão da produção própria.

            Eu percebo o cepticismo mas prefiro olhar para o futuro com bons olhos 😉

          • rodrigo says:

            @Euéquesei
            Com a electricidade ‘e diferente porque TODOS nos utilizamos electricidade em casa..mesmo tendo carros eléctricos ou nao. Quem paga impostos nos combustíveis sao unicamente os donos dos carros.
            Todos moramos numa casa mas nem todos temos carro.
            Seria muito mais difícil subir o preço da electricidade (que produzimos em Portugal) da mesma maneira que se sobe o preço a outras coisas.

          • Marco says:

            Até posso concordar que podemos produzir a nossa energia mas o estado vai querer os seus impostos e no caso dos painéis vão começar a cobrar licenças para se poder instalar em casa ou qualquer sítio disso não tenho dúvidas. (Só para que conste tenho um ev de para já sempre carreguei em casa a ~0.9centimos)
            Também tenho a noção que à borla do IUC vai acabar é uma questão de tempo mas até vou aproveitando.

      • eu mesmo says:

        muito bem visto e explicado..obrigado

    • Fulano says:

      Quando juntas uma ‘BOMBA’ a ‘DIESEL’ na mesma frase, explicas-te tudo sem precisar de ler mais nada. Vai lá comprar essa tua ‘BOMBA’ a ‘DIESEL’ com trabalhar de trator, despesas brutais em manutenções e depois diz-me se compensou os 60k numa bomba de diesel.

      • Euéquesei says:

        Fulano, queira ler a minha resposta acima.
        Quais manutenções brutais?
        O meu actual carro é a diesel e pago 100 e poucos euros por óleos e filtros.
        Não me parece que seja uma coisa brutal.
        Preferia que fosse zero, lógico.
        Veículo com mais de 10 anos, quase 200.000 kms e é só mudar óleo e filtros todos os anos.
        Sim, não é um carro europeu e eu tenho muito cuidado com ele, mas Toyotas made in Japan são assim mesmo, com qualidade e feitos para durar.
        Sucata Germânica não a quero nem dada.
        Em relação ao barulho de tractor que fala, olhe só se for o seu, porque o meu tem um trabalhar bem suave, e até me ajuda a relaxar.

    • Ricardo Silva says:

      uma bruta bomba a Diesel…. só mesmo à tuga….

  3. MalicX says:

    Um A3 em feio. Veremos o preço a que surge por cá. Tem algumas ideias engraçadas e será uma montra do que os coreanos conseguem fazer.
    É bem vindo pois melhora a oferta existente. Curioso para observa-lo vivo

  4. Miguel says:

    Mania de fazer carros com design do futuro…

  5. silva says:

    O meu conceito de automóvel não se enquadra neste tipo de veiculo , parece um avião com rodas cheio de tecnologia para avariar e esvaziar carteiras.

  6. Leto says:

    Parece excelente proposta.
    A ponderar entre este e o Nissan Ariya.
    Veremos, em testes e na prática, como se comportam.

  7. Rui says:

    1 nota lateral sobre o sector. A Tesla que viu as suas acções a dispararem muito para além do valor real dos activos (olhando para as contas da empresa, o valor das acções deveria rondar os 100 dólares), chegou a perto de 900 dólares e…… estão a colapsar…… evidentemente! A cotação não tinha sustentação!!!!!!

    Não é o único activo sem base real para a euforia desmedida!!!!! É a chamada bolha, depois é sempre a descer!

    • Rui says:

      A bitcoin também está a colapsar!!!!!

      Um conselho, quando há muitas notícias positivas cobre um activo, é altura de vender, se pelo contrário existirem muitas notícias negativas e se acreditarmos que vai recuperar, é altura de investir no activo!!!! Nada de entusiasmo, apenas sangue frio!!!!

      • Euéquesei says:

        Eu sei de quem é a culpa da BTC estar a cair!!!
        É do Passos, do Bolsonaro e do Trump!!!
        Um deles ou até mesmo os três, são os responsáveis.
        Euéquesei.

        • Maria says:

          Até eu que não simpatizo com politicas do Passos, mas acho-o um homem inteligente e democrata. Colocá-lo no grupo das b.e.s.t.a.s. básicas toscas que não conseguem dar mais que aquilo, é um insulto.

    • Leto says:

      Colapsar é um exagero.
      Estão sobrevalorizadas, há tomadas de mais valias, novas empresas vão iniciar as IPO como a Rivian e Lucid, mas daí ao colapso…

    • Toni da Adega says:

      Este mes e principalmente esta ultima muitas acções das diversas empresas e áreas colapsaram. Isso quer dizer que as empresas estao na miséria?

    • Abreu says:

      Sempre disse aqui que o musk ainda vai criar uma crise mundial.

    • IonFan says:

      É geral. Queres dizer que quase todas as tecnológicas não têm uma valorização sustentada?

    • Fulano says:

      Tenta procurar um tema que saibas falar e expressa-te sobre ele, neste tema de vires falar em ações de empresas ou de BTC, só te enterras ó Sr.Rui.

  8. Euéquesei says:

    Para o Rodrigo e Ionfan, vamos imaginar, e imaginemos bem alto, que o preço da electricidade não sobe e nem o estado pode alterar isso.
    Quer ver como eles resolvem o problema rapidamente?
    Simples, vamos supor que o estado actualmente vai buscar em cada carro, via iuc e isp, 2000 euros anuais.
    Isto em média, claro, há uns que gastam mais e outros menos.
    Mas imaginemos que é esse valor, que não sei se é real ou não.
    Eu faço 8 kms para ir trabalhar e outros fazem 80 ou mais…
    IUC de 2 mil euros anuais e aí pode ter os painéis que quiser porque o estado vai sempre buscar a parte dele.
    Vcs não querem mesmo saber como esta gente funciona.
    E isto é só uma via, há imensas para explorar.
    Com as contas como estão e cada vez piores imaginar que o estado se iria esquecer de cobrar centenas de milhões é de uma fantasia sem fim.
    Veremos quem tem razão…

    • IonFan says:

      Mas porque é que continuam todos a fazer do Estado o bicho papão e continuam a ganhar as eleições os mesmos de sempre? Sinceramente, não consigo perceber…

      • Euéquesei says:

        Ionfan, eu explico-lhe essa disfunção.
        O povo Português, regra geral, é ignorante, pouco culto e invejoso do bem alheio.
        Não aceitar isto é ter um problema com a realidade e a realidade acaba sempre por vencer.
        Nestes últimos 20 anos, o PS esteve 15 no poder.
        Resultado? Neste momento, com excepção da Bulgária, que está ligeiramente atrás de nós, mas que rapidamente nos vai passar, somos o país mais pobre da UE.
        Todos os ex países de Leste, que estavam destruídos nos anos 90, já nos passaram à frente.
        Dívida pública? Marte é o limite.
        Uma das maiores dívidas públicas do mundo.
        Durante anos de crescimento económico devido a condições favoráveis externas, a dívida nunca parou de subir.
        Imagine agora então…

        Aqui nada funciona. Saúde é o que se sabe, educação, pior ainda.
        Carga fiscal é das maiores da Europa e do mundo e sempre a subir.
        Quem é esperto pira-se daqui para fora e vai fazer vida noutras paragens.
        Mas sabe a melhor? Quem nos está a levar ao desastre novamente merece quase a maioria absoluta, segundo as últimas sondagens.
        O que é que vc quer fazer com um povo destes, diga-me lá…

        Um escândalo como o de Pedrogão num qualquer país civilizado era logo tudo posto a andar a pontapé.
        Dispensaram técnicos competentes da Protecção Civil para lá meterem boys que não percebem nada daquilo depois deu o resultado que deu.
        Reconstruir as casas depois dos incêndios, outro escândalo.
        Casas de férias de políticos foram arranjadas e casas de habitação de pessoas comuns, todas ardidas.
        A melhor parte? Reconstruídas com o dinheiro que pediram em doações.
        Mas sabe ainda a melhor? Esses mesmos políticos que enganaram e roubaram as pessoas, as pessoas depois foram votar nos mesmos LOL LOL LOL.

        Repito, o que é que vc quer com um povo destes?
        Um povo assim é o sonho de qualquer político, digo-lhe já eu.

        E nem vale a pena adiantar-me mais…
        E falo do PS porque são eles os responsáveis, porque se fossem outros diria o mesmo.

      • Seal says:

        @ion
        Os mesmos de sempre são o PSD, CDS, PS.
        Não estás a dizer que queres Comunas a governar ?!
        Em pouco tempo nem eletricidade tinhas pra passear no Tesla… loll
        Essa gente só sabe taxar – confiscar – nacionalizar.

        • Euéquesei says:

          Seal, comunas são os melhores amigos dos pobres, onde mandam fazem pobres aos milhões. LOL…
          Alguém me diga um país onde essa gente trouxe desenvolvimento.
          Só peço 1 exemplo…
          Não há? oh pá, que chatice.
          Pergunte a um comuna porque não manda os filhos emigrar para a Venezuela ou Coreia do Norte…

          Em relação ao nacionalizar, fazem como o Chavez fez na Venezuela, nacionaliza tudo.
          Depois vai buscar impostos ao Totta.
          Como é que um país que era um dos mais desenvolvidos do mundo e o melhor da América Latina, de longe, ficou na situação em que está?
          Simples, povo que se deixa enrolar em histórias dos amanhãs que cantam.
          Não tenho pena nenhuma deles.
          Têm o que merecem…

        • IonFan says:

          Há muitas alternativas e, se nenhuma agradar, é só entregar 7500 assinaturas no TC e formar uma que agrade.

          • Euéquesei says:

            Ionfan, vc sabe que uma pessoa honesta e que realmente queira construir algo de bom, não tem lugar na vida política portuguesa, pelos menos nos maiores partidos?
            Sabe disso, obviamente, não sabe?
            Vc nunca achou estranho que um indivíduo tão capacitado e tão competente como o Horta Osório nunca tenha sido ministro das finanças português?
            Conhece alguém mais qualificado que ele?
            Vá lá perguntar-lhe porque é que ele não quer ser nada disso, pelo menos cá.
            E conforme falei do Horta Osório posso falar de muitas mais pessoas com o mesmo perfil, que não querem ver políticos por perto, pelo menos políticos tugas.
            Resumindo, somos governados por medíocres.

          • Seal says:

            @ion, Muitas ?! Só formar um Partido e já está ?! Continua a comentar EVs, que do resto percebes pouco.

          • IonFan says:

            @Seal, às eleições legislativas de 2019 concorreram 15 forças politicas. Mais de 80% do votos válidos foram para quem já tinha assento parlamentar. O que me parece é que o pessoal se queixa muito mas, ou não vai votar, ou vota nos mesmos.

            E não, não é só formar partido. Formar partido é o primeiro mas essencial passo.

          • Seal says:

            Aí é que está o engano.
            O problema da qualidade política não se começa a resolver na AR, S. Bento ou Belém.
            Começa em casa.
            Temos o que somos.

  9. hackerpower says:

    Parece uma mistura de lancia integrale com golf 1, muito retro, tudo menos moderno, não acertaram no design exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.