Quantcast
PplWare Mobile

Inédito: Venda de carros elétricos supera os a diesel em agosto de 2021

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Imf says:

    So em Portugal é que os carros a diesel tem o peso que tem…
    A porcaria das políticas do ambiente… que no fundo fumentam a comora de carros a diesel, que depois se torna um problema porque o adblue, o filtro de partículas é extremamente caro, e metem directo e a passar por fora na inspecção.
    E assim vamos em portugal durante uma vida inteira, quando falam do ambiente neste pais, é so ridículo descabido, para não chamar outros nomes, e quem acha correcto os impostos do ambiente mais valia vestirem logo a roupa de palhaços, e pintar a cara.
    1• importar um carro ” os impostos, sao ridículos, principalmente nos a gasolina ”
    Não admira termos uma frota de carros velhos e poluentes em Portugal
    2• o IUC para a gasolina é 4x mais que para um diesel
    3• a diferença os impostos da gasolina sao mais caros

    Ps: isto é assim nos pelos menos últimos 30 anos ( ainda nao havia eletricos)

    Sabendo isto tudo parece que nos últimos 30 anos estiveram a incentivar a compra dos carros mais poluentes ( velhos e a gasóleo) que o resto da europa quer despachar, somos a sucata da europa

    Mas sempre a carregar nos impostos “bons” do ambiente, mas estão a enganar quem??

    Pelos vistos muitos… peloa votos da para ver que temos o que merecemos.

    Ja so faltava o PCP ganhar para ficarmoa como a Venezuela 94% de pobres.

    • TugAzeiteiro says:

      E mais grave ainda… a maioria dos países desenvolvidos da Europa está a dar incentivos para a troca de carros a combustão para elétricos… incentivos diretos no preço de aquisição inclusivamente para particulares, que fazendo bem as contas, faz com que um elétrico até faça sentido financeiramente! Por cá? Pois.. temos um fundo ambiental qualquer para empresas, mas que não chega sequer para as encomendas… para o particular, como os vencimentos em Portugal são altíssimos, paga o valor de tabela!

      • Imf says:

        Achas que se até agora as políticas sempre foram comprar o lixo da europa, alguma coisa ia mudar com os eletricos???

        Até agora isto esta bom…da para comprar carros eletricos em segunda mão por um valor junto.
        E ainda bem, ja se começa a ver muitos zoe’s, etc importados o que está a ajudar a renovação da frota de carros e a electrificação.

        Mas entretanto vão ter de ir buscar a receita dos impostos de importação a outro lada qualquer, vamos esperar para ver o que sai da cartola, mas que vem ai impostos vem.

    • Paulo Pissas says:

      No entanto é engraçado que o PCP é dos poucos partidos políticos que tem defendido o aumento do salário mínimo onde toda a direita partidária desaprova tal medida, afinal quem é que está mal?

      Leia mais sobre a Venezuela e ficará surpreso por descobrir que a probresa que se sente lá é uma consequência direta dos embargos, bloqueios e sanções dos “senhores do mundo” aka USA

      • Imf says:

        Pudera lol
        Imagina a tua empresa shell, BP,etc..
        De um momento para o outro ser “comprada pelo estado” por trocos, e porem la todos os boys….
        Achas que ia aguentar, não.
        O governo roubou as empresas, levam com um embargo, normal.

        Querem ter o monopólio

      • Miguel A. says:

        Porque o aumento de salários não se deve fazer por aumento do ordenado mínimo (há países com salários bem maiores que Portugal que nem ordenado mínimo tinham), mas sim por produtividade da economia, e isso passa por baixar impostos e fomentar a competitividade. Mas isso não se fala. O que acontece é que um técnico superior em 2010 ganhava mais do dobro do ordenado mínimo, agora ganha 30% a mais, porque não foram aumentados. O custo de vida vai aumentando em seguimento da subida de ordenado mínimo, mas cada há cada vez mais gente a receber perto do ordenado mínimo. A classe média passa a ser classe baixa. Ficamos todos mais pobres de um modo geral.

  2. Miguel says:

    2021, muitos pensavam que era uma utopia.

  3. SRF says:

    Da maneira que estão os preços dos combustíveis, não admira. Estou para ver quando é que esses senhores de S.Bento se lembrarem de ir à fatura da eletricidade buscar os €€€ que vão começar a perder com o ISP.

    • Imf says:

      Nao sei se percebes te, mas isto é a nivel europeu, em Portugal a compra de carros eletricos ainda é muito baixa.
      E contra o resto da europa a fatia de gasóleo é bem, mas bem superior.

      Para ao falar que se somos um dos paises mais pequenos da Europa, e que os carros a diesel supostamente sao para fazer Km.

      Como é que um pais pequenino como o nosso tem mais carros a diesel que uma alemanha, França, espanha…
      Fazia todo o sentido ser o inverso.

      Ha ja sei temos políticos a incentivar a compra de lixo europeu. E a carregar em impostos, e uns palhaços a aplaudir os impostos sobre o ambiente.

      • Zé Fonseca A. says:

        O nosso país tem tanto carro a diesel porque é uma poupança grande face a alimentar um carro a gasolina.
        Fazendo bem as contas à vida, compensa a muita gente ter carro a diesel, eu sou um deles.
        Se tivesse carro a gasolina já tinha imigrado novamente só para não ver o fundo à carteira.

  4. AntiGrunhos says:

    Melhor segundo o governo os impostos sao o que sao nos ice “para incentivar a compra de carros menos poluentes” , e gosto especialmente de que um tesla model 3 de 50 mil euros nao paga iuc mas o meu 1.4 paga 120 euros todos os anos ,é tipo o gajo que tem o tesla é um desgraçado que se nao fosse pelo incentivo do iuc nao tinha hipotese de manter o veiculo enfim portugal no seu melhor

  5. joão says:

    gostava mesmo de saber é desses 21%, que percentagem representam os 100% electricos???

    é que honestamente acho Hibridos uma verdadeira banhada!!!
    Se é para não poluir, então é passar para um carro não poluente e não para uma “meia coisa” que continua a funcionar a gasóleo/gasolina…

    mas devo ser só eu a ter esta visão, claro…

    • Zé Fonseca A. says:

      És só tu a ter essa visão, até porque acreditas que EVs são não poluentes.. e que mesmo que fossem converter todos os carros do mundo a EVs (impossivel em praticamente 3 continentes) que 13% a menos de co2 iriam compensar alguma coisa, basta nascerem mais 500M de pessoas para esses 13% caírem por terra.

  6. Cicrano says:

    Foi por causa do subsídio de férias!!

  7. Luis says:

    Falam da importação e de só termos lixo, mas estive na semana passada em Lyon e o parque automóvel é bem pior do que o nosso!
    Há gente que comenta porque ouve dizer que…
    E já foram a Espanha também?
    Para comentar é preciso ter conhecimento do que se fala!

    • Imf says:

      Ja correi meio mundo, felizmente, e nao é preciso ir la para fora para ver isso.
      Tens dados reais, de que temos um parque automóvel velho, e a diesel. São dados reais, não a conversa do café, que é da boca para fora.
      Google it
      Se calhar fostes a lyon, a uma comunidades portuguêsa, nos chamados bidon vile

  8. Ru says:

    Onde é que se compra um eléctrico barato? É que compro um utilitário a gasolina em condições por 2500€. Não dá para mais.

  9. Bernardo duro says:

    Quem não tem dinheiro compra um zoe ou um twingo eletric sejam duros como eu e tenham dois empregos e poupem

    • Ru says:

      Mas porque raio é haveria de gastar o meu tempo com dois empregos só para poder comprar um carro mais caro? Prefiro ter mais tempo livre e um carro pior.
      Falo por mim…. Há quem prefira viver menos para ter mais bens materiais….

    • Há cada gajo says:

      Como se todas as soluções passassem por ter um veiculo da classe do Zoe… Também não tenho empresa do papá que me pague um segundo ordenado sem precisar de ir trabalhar.

  10. Mac says:

    Interessantes falácias.
    Na verdade os políticos puxam as cordas e as marionetes obedecem à pauta.
    Com a verdadeira poluição, não acabam os governos, pois não lhes interessa:
    Indústria pesada, Industria produtiva, Indústria Naval, Marinha mercante e Aviação = Diretamente responsáveis por mais de 90% dos problemas da poluição mundial. Isso não interessa mudar pois é responsabilidade direta dos governos e dos governantes.
    É mais fácil manipular as mentes das formiguinhas, para converterem os seus meios de transporte familiar, para a mobilidade elétrica, pretensamente mais ecológica(x) e mais económica(xx), quando:
    x – Para fabricar esses veículos produzem poluição equiparável de 8 a 18 anos de utilização(segundo a quilometragem anual) de um Diesel/Gasolina >Euro 4.
    xx – Pretensamente mais económicos hoje, quando o seu custo está muito inflacionada na compra, mas ainda mais importante, quando toda a gente já sabe que os custos da eletricidade vão triplicar nos próximos anos.
    Béee, Béee, Béee, em fila para a tosquia.
    Continuem a comer gelados com a testa e a apoiar a “Racha” Ops! Gretinha.

    • Rodrigo says:

      isso ‘e tudo falso! E ‘e engraçado que falas em manipular as mentes das formiguinhas pq parece ‘es 1 dessas formiguinhas que acreditas naquilo que escreveste! Um pequeno exemplo para por a tua teoria pela santa abaixo.
      A poluicao mata pessoas – directamente ou indirectamente. Disso nao ha duvidas. Ora esta no interesse dos governos ter uma população ativa e saudável para poderem continuar a pagar impostos certo? Ora se a poluição mata mais, haverá menos gente a pagar impostos certo?

  11. alt.menino says:

    Documentário: lado negro das energias verdes. https://m.youtube.com/watch?v=stxkY2JelZ0 Acho que vai poupar muita martelada vossa no teclado.

    • Mac says:

      Subscrevo inteiramente.

      1 – Apenas estão maioritariamente a relocalizar a poluição.

      2 – A transição ecológica é acima de tudo uma transição económica e financeira.

      3 – Industria automóvel a reinventar-se pois cada vez estava mais difícil aumentar as margens de lucro unitárias.

      4 – Com a tecnologia over-the-air, passaremos a ser mais controlados e a fabricante conseguirá no limite bloquear o carro.

      e muito, muito mais haverá para expor…
      https://youtu.be/watch?v=stxkY2JelZ0
      Aconselho a verem apenas os 1ºs 5 minutos, depois fica ao critério de cada um assistir até ao fim.

      • Milhais says:

        Estao a evoluir. Nao entendo qual e o problema. Queres carros a gasoleo podes continuar a comprar. Agora eles estao a puxar pela mudanca porque tem de ser, a Europa esta nas maos de uns quantos produtores de petroleo.
        Tudo estava bem enquando a Europa colonizou estes paises e explorou os seu recursos, mas agora se te quereres aquecer no inverno tens de comprar o Gas ao preco que uma meia duzia de senhores querem.

        Estas com problemas na exploracao do litio, mas nao tens problemas na exploracao do petroleo? E que tal ires ver imagens do Delta do Niger e o estado que esta por causa do petroleo. Nada que o Homem produz e livre de poluicao.

  12. Mac says:

    Transição económica e financeira com a relocalização da poluição para dominar o mundo:

    Em pouco mais de 50 anos, a Europa será apenas uma colónia dominada integralmente pela XlNA(proposital).
    O domínio já começou há mais de 20 anos e os comércios XlNESES são apenas entrepostos de implantação, estudo e dominação que a XlNA fomentou com a sua estratégia de conhecimento(estudo-spy) e fomentação populacional.
    Quando nos tiverem dominado completamente no financeiro(o que está já a acontecer), pela compra das empresas base, distribuição energética, águas, gás, combustíveis, TVs/Mídia, seguros, finança, etc. colocam cá a sua politica definitiva e o seu povo excedente.

    Abram os olhos…

  13. Luigi says:

    É uma boa mudança para um futuro próximo, mas a mobilidade do futuro será muito provavelmente a hidrogénio ou mesmo nuclear…

  14. Maurício Silverio says:

    Aqui no Brasil o principal incentivador da compra do carro elétrico é a Pretrobras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.