PplWare Mobile

Hyper Truck, o camião de sonho da Bugatti para competir com o Semi da Tesla


Autor: Vítor M.


  1. Paulo Santos says:

    Mas afinal foi desenhado mesmo pela Bugatti ou por outra empresa mantendo as linhas características dum Bugatti?

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Isto é areia a mais para a minha compreensão.Enfim… 🙂

  3. George M. says:

    Idiotas e outro Tesla querem estar, onde está o trailer como dois componentes, como no semi, trator e reboque. Claramente curvas amplas e pontos apertados não são possíveis, este é outro brinquedo que faz de conta.

  4. Dani Silva says:

    A pequena diferença é que o “Semi” da Tesla já anda nas ruas (versão protótipo) enquanto este só existe em computador…

    • Vítor M. says:

      Verdade, aliás, tal como é referido, o Semi está em testes há anos. Os outros têm concepts e pouco mais.

      • Cortano says:

        “Os outros alemãs têm concepts e pouco mais.”
        Isto é falso.
        A Mercedes já tem camiões electricos na estrada em testes desde 2018.
        Dentro do mesmo grupo, através da marca Fuso, já tem camiões a serem comercializados desde 2017.

        Também a Volvo (não é alemã, mas é europeia), tem camiões em teste desde 2018 e acho que já existem alguns a serem comercializados desde o ano passado.

        • Cortano says:

          A gama Actros da Mercedes (que é a Estrela da Mercedes), vai começar a comercializar a sua versão electica eActros em 2021.

        • Cortano says:

          E esqueci-me da MAN que já tem camiões em teste na estrada há mais de 5 anos.
          Para o ano vão passar à produção.

          E mais importante, a empresa E-Force One AG tem camiões electricos de produção desde 2013. 🙂

          Lá por ninguém falar em mais nenhuma marca além da Tesla, não quer dizer que as coisas não existam.

        • Vítor M. says:

          Ali na frase não era alemães, a ideia era todos mesmo. No que referes, são concepts ainda, eventualmente pode haver algo em testes mas não ao nível do Semi. Nenhuma marca tem mostrado estar no mesmo patamar da Tesla, mesmo a Mercedes referiu que tinha dúvidas quanto aos números do Semi, o que mostra que não está ainda com o mesmo nível de desenvolvimento. Aliás, temos visto o Semi um pouco por toda a América, a Mercedes está muito mais recatada com o seu veículo. Já agora, quantos camiões elétricos têm?

          Quanto à Volvo, sim mostrou mas é como te digo, têm mostrado mais o protótipo que um Semi com muitas unidades, vários cenários, milhares de quilómetros já feitos e com muito mais aparições que qualquer outro. Mas não disse que não estão a fazer algo nesse nível, estão, até no segmento dos autónomos, mas muito mais atrasados que a Tesla. Até no que toca aos carregamentos, que é um ponto crucial. A Tesla até nisso tem já pensado e a funcionar 😉

          • Cortano says:

            Estão em testes da mesma forma que o Semi está.

            Como refiro, já existem camiões electricos a circular na Europa e a trabalhar.

            E-Force One AG não é concept! Já é comercializado há anos.
            Da mesma forma que as outras marcas (Mercedes/Fuso, Volvo e MAN), já têm camiões em testes na estrada. Já não são concepts de computador e estão no mesmo patamar do Semi – provavelmente até mais optimizados para o dia-a-dia, já que estas marcas têm anos e anos de experiência no meio, conhecem certamente muito melhor as necessidades das empresas que a Tesla (basta ver o design do camião para se perceber que não foi pensado para todas as situações).

          • Vítor M. says:

            Mesma? Onde vês isso? Aliás, a Tesla até tem os carregadores já adaptados, tem os motores em utilização, tem a tecnologia semi-autónoma testada. Onde é que os outros tê, isso? Nem penses. 🙂 muito longe ainda. Não é só meter um motor elétrico num camião, há muito mais para o chamar de elétrico 😉 Aliás, ainda estão a dar os primeiros passos nos carros, que fará nos camiões.

          • Cortano says:

            Autónomos e uma coisa que não vai acontecer tão cedo, e é uma frente diferente do electrico – uma coisa não implica a outra.

          • Vítor M. says:

            Já existe tecnologia em utilização. A Tesla tem já tecnologia para nível 3 de autonomia. O mundo não estará preparado para ela, mas ela já existe. Aliás, vemos já o nível 2 em plena utilização nos Tesla. Há marcas com assistentes de condução muito bons, mas ainda não estão ao nível dos da Tesla, tecnologia que equipa o Semi.

          • Cortano says:

            Como é que consegues ter tanta certeza acerca das funcionalidades do Semi se este ainda nem sequer está a ser comercializado?

            P.ex., autonomia: a Tesla diz 500 milhas. No entanto, algumas das empresas que já o testaram dizem que no máximo dá para 300.

            O Tesla Semi provavelmente nem sequer pode vir para a Europa.
            A Daimler também já tem camiões electricos nos States e que nada têm a ver com os Mercedes de cá – lá a marca é Freightliner.

            O que quero dizer é que há muita coisa a acontecer neste mercado. Há marcas que já têm camiões a serem comercializados e a serem usados há anos.

            E não sei onde te baseias para dizeres que mesmo em condução assistida a Tesla está na frente.

          • Vítor M. says:

            Muitas das coisas que estão referidas são referidas na página do veículo, outra coisa que muitos nem têm para mostrar nem para prometer. Outras, são dados de quem já os conduziu, não faltam artigos com essas declarações.

            Sobre o vir para a Europa, não sei, depende, as regras podem ser adaptadas como foram com outros produtos Tesla, como vão ser em Portugal com os Supercarregadores, para as tecnologias de condução autónoma, etc… as leis não são rígidas. Até agora, com o nível de tecnologia que a Tesla colocou no Semi e prometeu para o mercado em geral, não vi ainda nenhum neste estado de desenvolvimento. Venham eles, e que venham rápido.

            Na condução assistida a tesla não está na frente? Eu digo que está, pelo que testei de vários carros, nenhum nesse ponto se aproxima da Tesla (em muitos outros prontos, como nos materiais e conforto dão 10 a zero), mas nisso, ainda não vi nenhum.

          • Cortano says:

            Existe mais tecnologia nos camiões que nos carros. Não podes comparar a tua experiência de conduzir carros e julgares que os camiões têm menos tecnologia, até porque na generalidade dos casos isso é ao contrário.

            Existem leis que são dificilmente adaptadas, entre elas está o comprimento dos camiões, por isso na Europa o aspecto dos camiões é sem frente, a cabine é em cima do motor.

            A questão dos supercarregadores é secundária.
            Uma das coisas que a Tesla diz é que os camiões podem carregar a bateria enquanto estão nas docas à espera de serem carregados… Mas, a realidade é que os camiões raramente estão nas docas. Os atrelados sim, o trator não.
            O trator pega no atrelado que estiver cheio e segue.

            O que tu vês na Tesla é de anunciarem ao público em geral os seus produtos, as marcas de camiões na Europa não fazem isso. Viste algum evento mediático da Volvo a apresentar o novo FH16 deste ano?
            Bem, eu não vi. Sei porque sigo os canais da Volvo.

            As marcas europeias fazem o seu marketing direccionado ao meio profissional e não ao público – ninguém do público vai comprar um FH16 só porque sim.

            Tu pelos vistos nem sabias que já andam camiões eléctricos europeus a trabalhar na Europa há anos.

            Do que me lembro das especificações da condução assistida do Semi da Tesla não me lembro de nada que outras marcas não tenham.

    • O pirata says:

      Nem o model 3 conseguem fazem sem defeitos e já se querem num camião…

  5. TSSRK says:

    Parece uma máquinas de barbear em tamanho grande

  6. Miguel says:

    Bom camião se o posto de entrega for em linha recta… tipo drag race.
    Tão futurista e nem se lembraram que tem de curvar.

  7. Xnelox says:

    O camião é grande demais, tendo em conta que depois é atrelada o reboque e semi reboque. Mas continuem a desenhar, tempo não lhes deve faltar

  8. João Silva says:

    Parece um daqueles aparadores de pelos para o nariz…

  9. Luis says:

    Ainda gostava de ver isso a passar uma lomba

  10. Vai-te catar says:

    “percebemos que este quebrou a barreira dos 480 km/h com uma velocidade máxima recorde de 490.484 km/h”
    Que utilidade é que isto tem para o dia-a-dia? Produzir assassinos como os 3 imbecis que morreram na Segunda Circular e só por mera sorte não mataram ninguém?

  11. JL says:

    Camião eléctrico que parece uma parede, provavelmente não olharam para a frente do semi, aliás, poucas pessoas entendem o que é realmente um tesla, mas pronto, vai competir com o semi tal como as outras marcas tentam competir com os restantes teslas, ou seja, ficam sempre a anos luz quando se trata de funcionalidade, eficiência e tecnologia, e ganham apenas em qualidade de construção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.