PplWare Mobile

EDP: Conheça os preços de carregamento de veículos elétricos


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Carlos says:

    OK, mas falando de um carro comum, qual é o valor de um “tanque” cheio?

    • Bruno M. says:

      Depende…. 50lts gasolina: 80€ Dependendo do carro dá para uns 600/700Km! Talvez mais.

      • Rafael Encarnação Cardoso says:

        Para uuns 600/700km quanto vai ficar, por exemplo num tesla?

        • Rafael Encarnação Cardoso says:

          Encontrei agora num site português um teste que fizeram com um Tesla P85D. Mencionam um consumo de 26,4 kWh/100, na viagem de Lisboa ao Porto.
          Por isso faz um consumo de 132kWh em 500km, ou seja gasta 30,36€ nos postos, sem desconto, da edp.
          Também não vai variar muitos dos custos que uma pessoa gasta nos diesel.

          • Nuno says:

            Esqueceste te de mencionar que estes preços são para postos de carregamento rápido no normais não se paga assim como o carregamento em casa fica cerca de 7 euros para os mesmos 500km. É pelo menos eu não faço 500km com 30 euros

          • Carlos says:

            Era esse mesmo a minha duvida, obrigado.

          • MarioM says:

            ahahah
            Um gajo gasta 100,000 mil euros para poupar no combustível.
            É de gente inteligente.

          • Luis says:

            7€??? Nuno, preciso que me expliques as contas. Aqui vai a minha visão:
            O preço kWh que a EDP cobra em consumo doméstico ronda os 0,1568€+IVA, o que dá 0,193€. Para carregar um carro com 132 kWh serão necessários aproximadamente 25,47€.
            Estarás a falar em consumo bi-horário, no período vazio? É que mesmo assim, o valor será cerca de 15,72€ por carregamento completo. Não entendo os 7€. Nem sequer estou a considerar possíveis perdas que possam existir no carregamento, que existem.

          • Luis says:

            Mais um pormenor. O carregamento até podia ser gratuito (tirando o investimento inicial) se os senhores do poleiro não tivessem precavido os interesses da EDP com a treta da legislação do autoconsumo (https://www.portal-energia.com/deve-saber-autoconsumo-paineis-solares-fotovoltaicos/). Até para gerares energia com investimento teu tens que pagar a porcaria de uma taxa. Podes gerar energia, mas pouquinha, porque o resto tens que comprar aos meus amigos… que triste mundo este

    • Paulo says:

      Se tiveres um carro com uma bateria de 60KW e se fores cliente EDP não te fica por mais de 11€ a carga completa da bateria (0-100%). Um carro com bateria de 60KW, em autoestrada e a 120Km/h tem um alcance de 300 a 350Km. Claro que se carregares em casa também, o custo diminui. Não há ninguém que carregue totalmente uma bateria (0-100%) nesses postos.

  2. Je says:

    pelo que entendi, cobram por kw 0.23 + a taxa do posto ( +-0,50 ) + taxas e impostos ?!?!?…
    aos 0.23 ainda falta o IVA ?

    carrisssimo a meu!

  3. Luis Almeida says:

    Quem não tem hipótese de carregar o carro em casa ou paga os preços dos postos rápidos ou fica umas horas nos gratuitos.

  4. User Pplware says:

    Quando esses preços levarem 60% de imposto como os combustíveis fosseis acaba o mito dos carros elétricos.

    • MarioM says:

      Claro, ainda existem muitos a acreditar no Pai Natal .
      Quando forem muitos aquilo vai ser uma mina para a EDP, GALP .
      O que é preciso é existirem muitos carapaus de corrida.

    • rui says:

      porquê? os outros carros que levam com os impostos dos combustíveis fosseis acabaram? os carros a gasolina acabram quando apareceram os charutos dos diesel?

      • alguem por ai says:

        primeiro ha muito carro a diesel que nao é charuto,segundo devias informar te antes de largares disparates,depois com as medidas da uniao europeia,os carros a combustiveis fosseis vao acabar lentamente de ser vendidos,tens varios casos, dou te o exemplo da frança Até 2040 acabam os carros a diesel e a gasolina

        • Louro says:

          Tenho de concordar que carros a diesel nao sao charutos… sao tractores e como tal deveriam de ser usados apenas no campo ou entao para puxar grandes cargas.

    • AJ says:

      A diferença é que podes gerar eletricidade em casa mas não podes gerar gasolina em casa.
      Era isso que o Tesla (o inventor) queria dar às pessoas.

  5. Bm says:

    Vou esquecer os electicos mais alguns anos!!!dass..paga-se mais pelo carro…demora a carregar…faz menos km….

    • CB says:

      Fazes mal. Faço condução normal e o meu Leaf faz 16kWh/100km, como carrego em casa, fica-me cerca de 2€/100km.
      Mesmo que eventualmente faça viagens ocasionais com ele (o que não faço porque felizmente tenho 2 veiculos), ficaria sempre mais barato que um carro a combustivel.
      A diferença de preço? em poucos anos está pago o que paguei de diferença entre comprar o Leaf ou outro carro equivalente a diesel.

      • Luis says:

        Peço desculpa pela ignorância sobre o assunto, mas prefiro perguntar a quem de facto usa um carro elétrico e fez as contas:
        Como é em questões de manutenção? Quanto custa uma troca de baterias? Qual o intervalo de troca de baterias? Gostava de saber vindo de alguém que de facto usa um carro elétrico. Obrigado

        • CB says:

          A “revisão” de um carro eléctrico é extremamente barata quando comparada com um carro a combustível, basicamente é travões e uma coisita ou outra, em termos de números são revisões abaixo dos 100€.

          A substituição da bateria não é periódica mas sim se se justificar. Tem garantia da marca de 8 anos e se nesses 8 anos a degradação for superior a 40% a troca é gratuita, se após esse período necessitar de trocar a bateria (pode não o fazer se a autonomia restante for suficiente para os percursos habituais), o preço actualmente é inferior a 10mil€ com tendência a baixar se no futuro for possível trocar a mesma fora da marca (atualmente julgo que não existem empresas que o consigam fazer)

      • Sérgio J says:

        Agora vamos a contas. Se fizeres 33 km por dia, significa que gastas no teu Lead em contas redondas 5kwh/dia ou seja 1.8MWh/ano. Se tiveres 1 milhão de carros em Portugal daqui a uns anos terás 1.8TWh/ano. Então se substituissemos o nosso parque automóvel esses valores eram estratosfericos. É impossível produzirmos essa energia. Pior são os picos de energia para a qual a rede de distribuição está projectada. Os governantes, as empresas de energia, os engenheiros da area, os esclarecidos sabem que está é uma solução de nicho, que não pode ser à generalidade da população. Depois à muitos outros factores. Não é uma solução viável.

        • CB says:

          1. Grande parte dos carros electricos carrega em casa e em periodos de vazio (a energia é mais barata nessa altura hehe)
          2. Em casa normalmente o carro vai carregar a 10, 15 ou possivelmente a 30A, o que está muito longe de mesmo em volume sobrecarregar a rede
          3. A rede é constantemente redimensionada para suportar a evolução do consumo, em 2000 tivemos em PT um consumo anual de 38 bilioes de Wh e em 2016 de 47 bilioes Wh, ou seja, em 16 o consumo anual aumentou ~20% e a rede de certeza que foi dimensionada para isso
          4. A solução não é um nicho, a produção de energia é um bem infinito ao contrário dos combustíveis fosseis. Sim, pode-se argumentar que os materiais de produção de baterias é finito, mas existem várias alternativas em desenvolvimento que na próxima década vão com certeza apresentar resultados para o consumidor final.

          • Luis carreira says:

            O problema é que no simulador da renault, por exemplo, o zoe a 10A demora 25 horas a carregar…. é impraticavel… e depois se acontecer como foi este fim-de-semana que aqui em Coimbra houve pessoas 4 dias sem luz como vao fazer? Arranja-se um gerador a combustivel fossil para carregar o carro…

          • Louro says:

            Da mesma forma como dizes @CB, existem vários factos relativamente a tudo isto.

            – É mais barato andar com um carro elétrico que um a combustível fóssil,
            – Manutencao num Elétrico é mais barata,
            – Um Elétrico é mais amigo do ambiente,
            – Quanto mais Elétricos existirem a circular mais pontos de carregamento haverao,
            – Quanto mais Elétricos existirem mais baratos eles irao ficar e por consequencia o preco por Kwh terá de baixar tanto para os carros como para o uso doméstico,
            – Quanto mais Elétricos existirem mais a tecnologia se irá desenvolver e mais limpos e evoluidos irao ficar.

            Aguardo impacientemente por postos onde poderei ir e a bateria do meu carro será trocada por uma carregada em minutos e possa seguir viagem.

            https://www.youtube.com/watch?v=6_XEv2f_Uhw

      • Aj says:

        Quando a bateria precisar de ser substituída ė que vamos fazer contas.

        • ervilhoid says:

          Pior é quando existirem milhares a serem substituídas todos os dias, quero ver a pegada ecológica, vai ser pior que o fumo dos Diesel

        • CB says:

          As contas já foram feitas à muito tempo, basta pesquisar um pouco no Google e encontras diversos resultados, tens por exemplo aqui um simulador de valores:
          https://guiacondominio.com/pt/Eco-Condom%C3%ADnio/Simuladores/Ve%C3%ADculos-el%C3%A9ctricos

          Neste simulador apenas tens o factor de consumo energetico vs combustivel mas tens também que ter em conta os custos de manutenção e de selo automovel que no caso do carro eléctrico o selo é 0€ e as revisões a 1/3 do preço para os de combustível

        • Louro says:

          Tesla P85D aqui, mais de 200 mil km e quase 5 anos de carro…

          Bateria continua a 9x% da sua capacidade, isto tendo em conta que os primeiros tempos é quando se desgasta mais.

          Nao estou a ver este carro a ter de trocar de bateria nos próximos 20 anos, e se tiver de trocar será apenas um módulo e nao a bateria na totalidade.

          • Pois é says:

            Grande máquina que aí tens. Muito bom

          • Rafael Encarnação Cardoso says:

            Mas a marca diz que as baterias devem ser trocadas a cada 10anos ou x km.

          • Louro says:

            @Rafael Encarnação Cardoso
            Da mesma forma que os carros “normais” tem manutencao diferente uns dos outros os carros eléticos também nao é diferente.

            Eu tenho neste momento dois Tesla, um Model S P85D comprado em 2014 e um Model X P100D comprado este ano.

            O Model S é o meu carro do dia a dia, e até agora foi usado também nas minhas viagens de férias.

            Por norma faco férias 3/4 vezes por ano e gostando de conduzir dispenso o aviao.
            Reflexo disso, o meu Model S tem neste momento a volta de 250 mil km e isto é tudo muito bonito mas há algumas coisas que se deve de ter em atencao na compra de um elétrico.

            1 – A degradacao da bateria é diária.
            2 – A degradacao nao é linear, por exemplo eu em 5 anos degradei a bateria menos de 10%, nao significa que os próximos 5 anos vou ter a bateria a 80% da sua capacidade.
            3 – Todos os dias os tesla enviam informacoes para os servidores da Tesla, uma dessas informacoes é relativo a degradacao da bateria, caso a bateria esteja a degradar substancialmente mais rápido do que é normal, a Tesla liga com o cliente e pede para fazer uma inspecao/subsituicao da bateria ou módulos da bateria. (Até agora nunca tive nenhum módulo trocado).
            4 – A tesla leva a questao de satisfacao e reputacao da marca muito a sério, se o cliente achar que a bateria está a degradar muito rápido se justificado eles trocam a bateria sem grandes problemas. (Sei de pelo menos um caso de uma bateria que degradou 5% em 1 ano e pico e fizeram isso).

            A questao de garantias e de quando a marca te diz que tens de trocar a bateria, na questao do resto dos EV nao te sei responder, pois nao tenho nenhum mas nao existe nenhuma data especifica para a troca de baterias, óbvio que se a bateria se estiver a degradar demasiado o carro vai ter menos autonomia o que irá obrigar o dono a trocar mas a marca garante a bateria por 8 anos, em algumas versoes com limitacoes do numero de km percorridos.
            Como é óbvio a garantia acaba quando um deles chegar primeiro.

            65kWh – 200.000km ou 8 anos,
            85kWh – 8Anos (Km ilimitados)
            100kWh – 8 anos (Km ilimitados)

            Percebes a razao para eu ter optado por um P85D?

            Quando se fala em trocar as baterias, no caso dos tesla, as baterias sao na verdade várias baterias interligadas entre sí, sendo que por exemplo a bateria de 85kWh tem 7104 células.
            Na altura de troca, podes como é óbvio apenas substituir um módulo, o que fica bem mais barato que substituir o pack todo.

            Por exemplo acabei de ver a bateria de um Tesla de 75kWh a venda, saída de um carro de 2017 por aproximadamente £1500
            .
            Podes necessitar apenas de trocar um dos módulos, é só trocar e continuar a fazer km.

            Porque razao optei por Tesla ao invés de outra marca?
            Primeira razao foi a questao performance, o carro que o meu Model S substituiu foi um M5 E60.
            Segunda, questao tecnologia, como faco muitos Km o piloto automático é um must.
            Terceira, carregamentos grátis nos Tesla Super chargers para o resto da vida (razao pela qual optei por antecipar a compra do Model X).

            Sao opcoes, mas o meu model S neste momento se colocar a questao de manutencoes + gasolina está a pagar-se a ele próprio.
            O Model X irá ser o mesmo.

            Outra coisa e isso já tem a ver com a questao sorte e é na verdade como investir na bolsa, quando decidir vender os carros, os carregamentos grátis irao com eles, tenham eles a bateria original ou nao.
            Fazendo com que por razoes que nesta altura me parecem óbvias irao valer mais/ser mais apeteciveis que os modelos que nao tiverem essa vantagem. 😉

  6. Pedro says:

    Ora 22kwh x 0.23€ = 5.06€…

    Sendo assim irei optar pelo Gasóleo para o Ano!

  7. Nonnus says:

    Pedro Pinto o artigo tem um erro: “e a oferta de 15000 KWh para usar até 30 de abril de 2019.”

    Não é 15000 é só 1500KWh.

  8. Louro says:

    Para aqueles que tem dúvidas acerca da degradacao de baterias.

    https://electrek.co/2018/04/14/tesla-battery-degradation-data/

    mais de 257000 km e a degradacao da bateria foi de menos de 10%…

    O que vai de encontro ao meu P85D…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.